Desanimando e reanimando com as famílias…

HELP ME, PEOPLE!

Como vocês já sabem, estou em processo de matching com duas famílias.

A primeira, a família B., eu praticamente já desconsiderei. Pensei bem e vi que há grandes chances de eu me dar mal lá. Não porque eles são chatos e tal, mas acho que vai ser MUITO monótono. Os pais trabalham fora o dia inteiro e, se a mãe não tirar licença (a licença maternidade americana não igual aqui no Brasil, né? As grávidas aqui ficam na maior mamata…) eu ficarei sozinha em casa O DIA INTEIRO com dois recém-nascidos. Provavelmente não terei carro pra sair e nem ninguém para conversar. A cidade, Marlton – NJ, não tem absolutamente NADA pra fazer e nem NADA perto. Vou morrer de tédio :(

Enfim, ainda não falei com eles direito para tirar essas dúvidas (como a do carro, por exemplo). Conversaremos hoje pelo Skype depois das 20h (my time). Estou nervosa, pois já que desanimei dessa família, não quero deixá-los com esperanças, mas também nem sei como dispensar. FUEDA!

Já a família R., a de 4 crianças de Sellersville – Pennsylvania, me encantou. Eu sei que é criança pra dedéu e que terei um trabalhão quadruplicado, mas gostei. A mãe é advogada e BEM sistemática pelo jeito. Os e-mails dela são ENORMES, cheios de recomendações e tudo muito bem explicadinho, parecem contratos. Eu prefiro assim do que uma ilusão, sabe?

O e-mail dela de hoje veio com 3 fotos da casa anexadas. Uma da casa no inverno, outra no outono e mais uma do inverno. Ela disse assim: “Você está ciente de que aqui nós temos 4 estações distintas? Eu sei que no Brasil a temperatura é muito mais alta, portanto pode ser que você se adapte melhor na Califórnia ou no Texas, caso não goste do frio. Mas nossas ex-au pairs amaram ver neve pela primeira vez. Aqui faz muito calor no verão, é quente na primavera, mais leve (não sei como traduzir “mild“) no outono e bem frio no inverno, neva bastante“. Achei fofa ela se preocupar com isso, quer ter certeza que não tô esperando um calor tropical lá na terra do Tio Sam, né.

Enfim… o que tá pegando de confuso nessa família é que eles fazem QUESTÃO que eu fique mais de um ano. E a renovação mínima é de 6 meses… Isso é imprescindível pra eles. Eu fui super sincera e disse que só ficarei mais de 1 ano se eu achar algo para estudar na minha área. Não dá pra ficar tanto tempo em outro país como BABÁ, né. Tenho que pensar um pouco no que vou fazer quando voltar. Pensei que quando eu mandasse esse e-mail, ela já fosse desanimar de mim, mas não! Me mandou o site de dois campus perto de Sellersville que as au pairs dela estudaram! Eu tô dando uma olhada com calma e parece ter MUITA coisa bacana, inclusive na área de marketing. Se vocês quiserem ver, os links são esses:

Bucks: http://www.bucks.edu

Montgomery: http://www.mc3.edu

Ela, inclusive, foi super sincera sobre o preço dos cursos. Ainda neste e-mail, ela me mandou o contato das ex au-pairs para que eu possa entrar em contato o mais rápido possível, pois eu disse que o fato de haver ou não cursos na minha área perto da cidade será decisivo para eu aceitar ficar mais de um ano ou não.

Eu realmente espero que o match com essa família dê certo! Remarcamos a interview para amanhã às 16h (my time) para não ficar muito tarde hoje. Ela disse para eu ter perguntas preparadas para que não reste nenhuma dúvida.

Tomara que eu esteja fazendo a coisa certa! Essas decisões são muito difíceis! :/

Beijos!

7 Comments on Desanimando e reanimando com as famílias…

  1. Kamila
    Friday, January 14, 2011 at 16:36 (4 years ago)

    Olá Beatriz (de novo, rs)!
    A segunda família que apareceu no meu Au Pair Room, eu tive que recusar, e o fiz da melhor forma, que é sendo direta (e educada, claro). Porque os americanos são assim, diretos, então apreciam quem age da mesma forma. Se a família Rose que despertou seu interesse, diga à família Brown fechará com outra família. Mesmo porque, você não gostou da cidade e da rotina deles, e isso é ponto importantíssimo, afinal será 1 ano no mesmo lugar. Bem, espero que eu tenha te ajudado de alguma forma. A família Rose parece ótima. Estarei na torcida por esse match!
    Beijos ;)

    Reply
    • Beatriz Morgado
      Friday, January 14, 2011 at 16:53 (4 years ago)

      Oi, Kamila!
      Obrigada pelo seu comentário, foi uma dica e tanto!
      Acho que enviarei um e-mail aos Brown antes da conversa pelo Skype. Não quero nem que eles liguem com esperança, sabe? É uma situação muito estranha!
      E torça pelo meu match com a família Rose mesmo! haha
      Beijão e muito obrigada!

      Reply
  2. Carol
    Friday, January 14, 2011 at 17:36 (4 years ago)

    Ai que casa linda!!!!
    Vc tem que consiferar que daqui um ano talvez vc queira ficar mais tmb né, sua cabeça vai ser outra e as vezes la vc consegue ter ideia melhor do q fazer. Olha as cidades vizinhas também.

    Torcendo aqui. Quero ver as fotos das crianças!

    Reply
  3. Gui Trento
    Friday, January 14, 2011 at 18:30 (4 years ago)

    bibica, faz o que o teu coração manda.
    Mas acho que você vai acabar escolhendo a familia Rose.
    Alias, puta casa animal !!!

    boa sorte na escolha !
    tenho certeza que vai te fazer bem

    bjaooo – gui

    Reply
    • Beatriz Morgado
      Friday, January 14, 2011 at 18:49 (4 years ago)

      Obrigada, Guizito!
      Eu praticamente já escolhi a família Rose :) Espero estar tomando a decisão certa!
      Beijão!

      Reply
  4. Mariana R.Del Mastro
    Sunday, March 6, 2011 at 13:57 (3 years ago)

    Olá Beatriz tudo bem?Estava lendo seu blog e achei muito legal suas dicas e conselhos,eu estou com meu profile on faz 1 mês e tive contato com 4 famílias; dessas 4 gostei apenas de 2, pois as outras não tiveram paciência nenhuma com minhas dúvidas,nem precisei falar q n queria pq elas já n retornaram o contato.

    Mas o que está me desanimando é a rapidez com que elas falam,meu inglês é nivel intermediário mas estou sentindo dificuldade nas conversas.Você passou por isso?as vezes até pensei em desistir,pq como vc sabe é um assunto que requer muita calma para decisões e se vc n confiar na host fica difícl tb!e na hora do visto é regra eles falaram em português?fico no aguardo Obrigada!

    Reply
    • Beatriz Morgado
      Sunday, March 6, 2011 at 14:48 (3 years ago)

      Oi, Mariana!
      Não desanime por isso. A maioria das meninas tem inglês bem básico tb e no fim dá tudo certo!
      Eu considero meu inglês bom pra falar, ler e escrever… mas pra entender 100% o que falam são outros 500!
      Minha primeira entrevista foi ok, a host mom era jovem (28 anos) e falava super devagar! E antes da nossa conversa no Skype, ela me disse por email para eu não ficar nervosa, pois ela estava ciente de que meu inglês não era fluente. Foi SUPER tranquilo!
      Minha segunda entrevista foi com a família que fechei meu match! Foi PÉSSIMO! Falei com o host dad ao telefone e a ligação estava HORRÍVEL. Eu não entendia nada do que ele falava e tb não conseguia puxar assunto, pois até então eu só havia conversado com a host mom por email!!! Não sabia o que falar com ele.
      Eu entendi 30% da conversa e fiquei muito chateada, pois tinha muitas dúvidas que gostaria de esclarecer e não consegui. Eu avisei o host dad que não tinha entendido muita coisa e enviei minhas dúvidas por e-mail!
      No dia seguinte, a host mom respondeu TODAS as minhas dúvidas e disse que compreendia o fato de a ligação estar ruim, mas infelizmente eles não usavam Skype (que considero melhor). Ela queria conversar comigo e fiquei desesperada… mas foi uma FOFA de pedir para a atual au pair deles "emprestar" o Skype pra falar comigo!
      Aí nos falamos por lá e foi tranquilo. Ela falava MUITO rápido pq acreditava que meu inglês era muito bom. Eu fingi que entendi tudo, mas na verdade fiquei boiando em algumas partes…
      Eu me preocupei em tirar as principais dúvidas por email e deixei a ligação pelo skype/telefone ficar "responsável" pela empatia e tal… e deu tudo certo!!!
      Não é fácil MESMO, mas tb não é nenhum bixo de 7 cabeças :) Don't worry!!!
      E no visto eles falam em português… aí perguntam se você fala inglês e passam a falar inglês.
      Se quiser, leia meu post sobre o visto <a href="http:// (http://aupairnoseua.com.br/2011/02/i-got-my-visa/)” target=”_blank”> <a href="http://(http://aupairnoseua.com.br/2011/02/i-got-my-visa/)” target=”_blank”>(http://aupairnoseua.com.br/2011/02/i-got-my-visa/). Lá eu detalhei tudo sobre minha entrevista, mas cada caso é um caso, não tem regra!!!
      Se você não souber inglês, isso não atrapalhará sua entrevista do visto!!! É normal, vc tá indo pros EUA pra estudar inglês e eles sabem disso!!!
      Boa sorte :)))

      Reply

Leave a Reply