Experiência com crianças!

Baby-Dog

(aposto que você fez “ouuuuuunnnnn” para as duas imagens…)

Depois do post PUNK de ontem, cheio de regras, frescuras e chatices, resolvi escrever hoje um texto mais alegre, cheio de fotos e de dicas legais! Espero que vocês gostem! :)

Todo mundo sabe que o principal pré-requisito para ser uma au pair é gostar de crianças. É muito fácil gostar de bebês, tão fácil quanto gostar de filhotes de cachorro! Desculpem a comparação infame, mas é verdade! O que NINGUÉM gosta é de limpar cocô de cachorro, da mesma forma que trocar fralda de neném não é mais legal do que jogar video game.

Para que você possa ser aceita no programa e, principalmente, por uma família, você deve comprovar horas de experiência com crianças fazendo estágios em creches, monitoria em hotéis, ONGs e demais atividades. O que não pode é comprovar horas de experiência com parentes, ou seja, cuidar do seu priminho de 1 ano NÃO VALE! O negócio é filho de gente desconhecida mesmo!

Para crianças de até 2 anos, são necessárias 200 horas, NO MÍNIMO. Com crianças maiorzinhas, você “só” precisa de 100 horas de trabalho. Durante seu “estágio”, alguém deverá te supervisionar para depois escrever uma recomendação sobre seu trabalho! Não acho tão errado mentir as horas nas referências, desde que a futura au pair se mostre realmente confiante para cuidar de bebês.

Como já contei no primeiro post desse blog, minha experiência foi assim: eu trabalhava com a Margô, uma amiga que tem filha pequena e que estudou numa escolinha aqui em Campinas. Comentei com ela que precisava desse estágio para pegar mais experiência com crianças. No mesmo dia ela ligou lá, me indicou e já comecei a trabalhar na semana seguinte! Fui muito bem recebida pelas donas da escola, a Mayla e a Érika, e pelas “tias” (professoras/monitoras), com quem fiz amizade rapidinho!

Como eu ainda  não sabia nada sobre minha futura host family e a idade das crianças que trabalharia como au pair, eu fiquei um pouco com cada turma da creche, mas como precisaria de mais horas com os bebês, ficava mais tempo no berçário! Foi uma DELÍCIA, me apaixonei! Eu sempre disse que não queria bebês, que preferiria os maiorzinhos… mas depois que comecei a trabalhar lá, gostei mais dos pequenos :)

Eu e minhas crianças na creche :) Essas são os maiorzinhos, claro…

As “tias” foram muito pacientes em me ensinar a trocar as fraldas dos babies, dar remédio para os que precisavam (as mães anotavam tudo que precisávamos fazer numa agendinha), dar mamadeira, papinha, colocar para dormir, dar banho, brincar, ensinar as cores e as formas geométricas, cantar musiquinhas… Foi muito bacana!

Eu larguei meu antigo emprego, onde trabalhei por quase um ano, para trabalhar na creche SEM REMUNERAÇÃO! Era bem cansativo e fiquei bem “pobre” essa época, mas a experiência que adquiri e o prazer que eu tinha de ficar com as crianças o dia inteiro não têm preço :)

Essas são as crianças de 2 a 3 anos! Foi um dia que almocei no Burger King e trouxe coroinha pra todas!

Portanto, fique ciente de que, se você não for estudante de Pedagogia, Letras, Educação Física ou qualquer outro curso que tenha licenciatura, será quase impossível arrumar um estágio remunerado :/ Eu sou estudante de Publicidade e Propaganda, não tem porquê fazer estágio com crianças, certo? Mas eu adorei… mesmo!

Motivada pelo trabalho na creche e pela “necessidade” de comprovar horas com crianças, acabei conhecendo uma ONG, a Sonhar Acordado, que está em vários lugares do Brasil, cuida de crianças carentes e faz trabalhos MUITO legais e divertidos com elas! Fiz alguns trabalhos voluntários com eles, mas nem precisando das referências de lá para o au pair, mas me apaixonei por tudo aquilo e recomendei a vários amigos para que fizessem a mesma coisa! Foram trabalhos bem diferentes dos que eu fiz na creche, pois além de serem crianças carentes, eram maiorzinhas. Mesmo assim, foi muito especial… e pretendo continuar fazendo isso sempre que possível! Se quiserem saber como foram meus trabalhos na ONG, vejam esse post aqui! Contei um pouquinho da experiência no meu blog pessoal :)

Festa de Natal na ONG Sonhar Acordado. Eu, as duas crianças que tomei conta e outro voluntário!

2 voluntárias, eu e as crianças em um dos trabalhos da ONG Sonhar Acordado!

Eu tenho uma priminha de 5 anos e costumo dizer que com ela eu fiz FREELAS (trabalhos autônomos) como au pair! E ela tem a idade da menininha que irei cuidar nos EUA, então já tô treinando bastante :) Se você tem primos ou vizinhos pequenos, não perca a oportunidade de passar um tempo com eles… dá pra ter uma noa ideia de como serão as coisas!

Eu e minha prima de 5 anos, com quem faço meus “freelas” de au pair! :P

Acho que isso é tudo que tenho pra dizer num resumo sobre a experiência que precisamos ter com as kids! Estejam cientes de que criança não é só festa e brincadeiras! Elas choram, fazem birra, cocô e xixi, rs. Se você tiver vocação e paixão por elas, tirará de letra! E eu espero estar certa sobre a MINHA “vocação”, viu! :P

Uma dica importante: se você acha que não aprendeu o suficiente durante os estágios e não se sente segura sobre diversasa tividades que fará com os bebês, nada que o Santo Google não te ajude. Eu recomendo MUITO o site BabyCenter, tem várias dicas bacanas e muito úteis pra gente :) Leia o máximo de artigos que puder, aproveite que é tudo em português!

That’s it, girls! Para variar, termino meu post desejando sorte a todas as futuras au pairs! :)


Comentários

Comentários

33 Comments

  1. Roberta Figueredo   •  

    Oi Bruna, estou aos poucos descobrindo seu blog… Eu também quero muito ser au pair nos EUA, (na verdade queria mesmo era Inglaterra mas na Europa não tem visto de au pair pelo que eu sei. Desde o ano passado eu comecei a procurar infomrações sobre esse tipo de vida lá fora, eu até conversei via email com vááááárias famílias ( e foram várias mesmo), a grande maioria pra lá mesmo, eua, mas algumas também da Dinamarca, Holanda, algumas de Londres e afins, a que eu mais cheguei perto de fechar foi uma de Washington que aparentemente parecia ser uma família de classe alta e uma de Londres mas que depois essa família de Londres quis que eu assinasse uma série de papéis, em nome do advogado deles, quiseram fazer toda uma burocracia e que eu depositasse um valor X na conta deles, aí eu cai fora. Essa de Washg tava tudo dando certo, mas na hora H bateu o medo de chegar lá sozinha, num país que eu não conheço, sem dinheiro, sem falar muito bem inglês… deu nervosismo e eu coloquei na minha cabeça que eu só faço au pair se for por agência…

    se vc quiser me adiciona no msn pra gente se falar melhor e trocar ideias: robertace85@hotmail.com

    bjo e boa sorte!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Roberta, você fez direitinho! Eu não teria coragem de ser au pair se não fosse por agência! Querendo ou não, é uma segurança a mais!
      Achei estranho essa coisa de mandarem depositar na contra um valor X e ainda assinar uma papelada!
      Boa sorte nas suas próximas decisões! Vou te adicionar no MSN!

  2. Camila   •  

    oiii… adorei seu post, também fiz trabalho voluntário, mesmo pouco tempo, mas foi muito bom, porque tive noção de como é muitas crianças juntas!!
    E cuidei e cuido do meu irmão, além de filhos de amigos!!
    Muita cooooisaaa, mas tudo são experiências novas!! =]

    Amei as fotos, lindas!!
    http://milaaupair.blogspot.com/
    Beijos!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oii, Mila! Que legal! O trabalho voluntário é muito gratificante, né? :)
      Adorei seu blog, já estou seguindo. Beijão!

  3. Gabriela   •  

    Oi Bia! to adorando seu blog! Acho que li tudo já hahaha!
    Parabéns e boa sorte!!
    Beijos!

  4. Nayara   •  

    Oi Bia (posso te chamar assim?!)
    Adorei o seu blog.
    Vc escreve muto bem, e encanta a cada linha. Parabéns.
    Estou te seguindo também.
    Sou da STB e estou em rematch no Brasil.

    Tudo de bom pra vc, e sempre estarei aqui!
    Bjo!!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Nayara!
      Muito obrigada pelos elogios, de coração! Fico feliz em ler isso :) Adoro escrever, é uma das minhas maiores paixões… portanto, quero fazer desse blog um dos meus projetos como au pair! Espero ter sempre leitoras por aqui :)
      Boa sorte no seu rematch, não deve ser fácil!
      Beijão!

  5. Thaís   •  

    Oie!! Embarcamos no mesmo dia!! Vc já agendou seu visto!?!?

    Beijoss

  6. Ludmila Lima   •  

    Ah, obrigada!!!

    Parabéns! Nossa… muita sorte pra vc (:
    que delicia deve ser já ter uma data de embarque *-*

    Ah, adorei seu post…
    semana passada fui convidada a voluntariar no abrigo municipal, fiquei empolgadissima, acho que vai ser ótimo pra mim

    Adorei suas fotos tbm (:

  7. Thaís   •  

    Vou pela CC… Tomara que a gnt vá no mesmo vôo! Com vc já somos 4 a embarcar no mesmo dia!! E o meu visto tbm agendei pro dia 23/02!! Vamos combinar de nos encontrar lá no Consulado!!!! Beijosss

  8. Megui   •  

    Nossa amiga…
    Mtooo legal esse post!!!
    Eu tbm fiz trabalho voluntário…mas quando eu era mais nova e nem pensava em ser Au Pair!!!
    Estou mtoo feliz que vamos juntas para o treinamento!!
    Bjos

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oiii, Megui!!!
      Eu também tô super feliz que vamos juntas… a Thaís (que comentou aí embaixo) também vai no mesmo dia, só que pela CC!!! Será que é no mesmo vôo???? Espero que sim!
      Que demais, não vejo a hora de chegar dia 03/4!!!

      Beijão!

  9. Thaís   •  

    O meu tbm é as 7:30… que horas vc quer chegar lá? Vc, eu, a Megui e a Josi tbm embarca dia 03/04!!! Aii, tô mais empolgada ainda!!!!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Acho que chego às 7h ou um pouquinho antes! E você???
      Eu também tô mais empolgada agora :D

  10. Kamila   •  

    Olá querida!
    Muito obrigada pelo incentivo, é sempre muito válido!
    As últimas semanas não têm sido boas, estou perto de completar 4 meses online, e como falei apenas com 2 famílias, estou com a impressão que nenhuma outra família irá aparecer. Mas enfim, este comentário não é para fazer mimimi (rs).
    Quero parabenizá-la pelo site, além de muito bem elaborado, será de grande ajuda para todas nós Au Pairs, pois dicas e compartilhamento de experiências é o que mais precisamos.
    Beijão :)

  11. carolfreddi   •  

    HAHAHAHA AMEI! Freela de au pair!

    Já pode ir pro currículo! hauhauha

    =***

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Curtiu, né? Huahauha! Toda experiência é válida!!!

  12. Rafaela Stoekly   •  

    Olá!!! Poxa vida que bacana seus trabalhos voluntarios, estou tendo uma certa dificuldade em relação a isso, pois estou no último ano de facul e tirando a carta fazendo cursinho de inglês, e ainda fazendo estagio fica meio complicadinho p/ os trabalhos voluntarios, mas eu precisooo muiitoo!!! ainnn que showw seu blog, lindo todo cada dia leio um pouquinho e fuço fuço mesmo, sexta -feira (11/02) vou participar da minha priomeira palestra na CC, vou p/ conhecer maiss e maiss o programa conhecer a agencia tirar as milharesss de duvidas q tenho e se Deus quiser 2012 estarei nos States rsrsrsr.. ainda falta um tempão mass estou muitoo muitoo ansiosa!!

    Bjinhusss Bia Boa Sorte p/ ti!!!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Rafa!!!
      Eu sei bem como é isso. Quando decidir ser au pair, minha vida tava cheia de coisas: trabalho, faculdade, o estágio na creche… foi complicado, tive que abrir mão de muitas coisas, mas até agora não me arrependi de nada! Tenho certeza que vai dar tudo certo!
      Aproveite a palestra da CC!!!
      A gente se vê nos EUA em 2012 ;)
      Beijão e obrigada pelo carinho!

  13. Karol Damasceno   •  

    Olá Bia!

    Nossa..muito legal a idéia do blog.

    As vezes eu acho que sou só eu que tenho este tipo de dúvidas, mas dai quando procuro encontro várias pessoas na mesma situação.hahaha..

    Queria saber se voce sabe algum lugar aqui em Campinas que receba voluntários para cuidar de crianças.

    Eu não tenho experiência nenhuma com crianças e , apesar de ter a intensão de ir somente em JAN/12, eu já queria ir me familiarizando com as kids…até pq segundo a agencia é obrigatório ter as 200 horas.

    Bom, se voce puder ajudar eu agradeço.

    Me add no MSN, pois vou querer saber dos seus dias de au pair la tbm.

    karolzinha_carioca@hotmail.com

    Obrigada!!

    Bjo

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Ah, não sabia que você era de Campinas, Carol! Respondi seu outro comentário de um jeito meio geral.
      Bom…
      Procure pela escola PREDUC, foi onde eu fiz o meu estágio. Elas já sabem o que é au pair e tal… e adorei o trabalho lá. Pretendo voltar pra visitar meus amores antes do embarque :) Lá tem berçário, crianças de 6 meses até 6 anos… então dá pra você trabalhar com várias idades.
      Vc tb pode trabalhar com a ONG Sonhar Acordado de Campinas. Eles fazem trabalhos voluntários toda semana com crianças carentes, é imensamente gratificante!
      Vc pode tb ir em algum hotel fazenda da região e oferecer monitoria infantil aos finais de semana… sempre explique o motivo disso e tal!
      Tem MUITAS escolinhas em Campinas… bata de porta em porta e explique o que vc precisa. É assim que se faz, infelizmente. Se você tiver alguma indicação, melhor ainda :)

      Ah, eu não uso MSN, flor!
      Só Facebook e email… rs
      Pode continuar lendo minhas aventuras de au pair por aqui, não vou deixar de postar. Mas tempo pra MSN eu já não tenho aqui… imagine cuidando de 4 crianças? hahaha
      Beijão e boa sorte!!!

  14. Carina   •  

    Oii Bruna, prazer!

    Meu nome é Carina (óbvio eu sei, já escrevi ali em cima) e vou para a Irlanda em setembro. Pretendo procurar emprego lá primeiramente como nanny, babysitt e au pair.
    ok não tenho experiência em creches… mas eu realmente cuido dos meus sobrinhos (rsrsrsrs e não é só freelas não hein) o meu sobrinho tem 1 ano e meio e eu sou praticamente o “pai” que ele não tem… Já a minha sobrinha tem 5 e é o mesmo caso…
    Até as roupas e material escolar, quem faz a lista sou eu =D
    Teria como arrumar documentação para servir de experiência comprovada?
    Obrigada
    Parabéns pelo site, it’s amazing!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Carina! :) Que bacana, a Irlanda com certeza é um país maravilhoso!
      Enfim… eu não sei como essas coisas funcionam para outros países, só para os EUA, que a agência de intercâmbio fornece toda a documentação para comprovar experiencia! Nao sei como te ajudar nisso :/
      Vc pode tentar pedir para as pessoas para quem vc trabalhou (suas tias hahaha) escreverem uma carta de recomendaçao e autenticarem… algo assim!
      Pergunte em alguma agencia de intercambio ,acho q eh o melhor a se fazer!
      beijao!

  15. Rane   •  

    Oi, Beatriz!

    Quer dizer então que para ser aceita no programa precisa comprovar essas horas?
    O melhor, então, seria trabalhar, conseguir as horas e depois procurar a agência?
    Eu achei que a gente já pudesse ir arrumando a papelada enquanto fosse adquirindo experiência.

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Não, você pode dar entrada no application e ir adquirindo experiência e horas, mas você só vai ficar disponivel pras famílias quando já tiver com td certinho!

  16. Noélle Perussi   •  

    Oii,tudo bem?! Primeiro, AMEI seu post e seu blog, esta ajudando muuuito rs. Eu sou de Campinas e pretendo fazer au pair depois que me formar na faculdade e gostaria de saber se vc teria o endereço ou um contato dessa creche que você estagiou, preciso muito dessas horas de experiencia.
    Desde já agradeço e parabéns pelo blog *-*

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Noelle! Obrigada!!!
      Já faz muito tempo que estagiei na creche, perdi o contato com o pessoal… sorry :///
      Mas tem várias por aí! Visite alguma e ofereça trabalho voluntário! Eles estão sempre precisando!
      Beijos!

  17. Isabella   •  

    Para tudoooo hahhah Comentei em outro post mas acabei de ler esse e tipo, tu faz/fez publicidade, mesma facul que quero fazer (e coincidentemente, também quero fazer PUCC!)

    Bia (intimidade supeeer hehehe), agora aguenta pq vou querer te fazer mil perguntas! A gente pode se falar por email???

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Isabella!
      Só não te passo meu e-mail porque sei que vou te deixar no vácuo por falta de tempo de não responder!
      Tenho uma caixinha lá chamada AU PAIR, cheia de emails de meninas que me enviam coisas e não tenho tempo de responder, pois quero caprichar!
      Fique avonts pra comentar aqui no blog e eu vou responder sempre que puder com o maior carinho! :)
      Pode tb seguir a página do blog e mandar mensagem por lá, que eu sempre respondo quando tenho tempo!
      Beijos!!!

  18. Stefani sabrine   •  

    E muito caro ser au pair.

    • Beatriz Morgado   •     Author

      É o intercambio com o melhor custo-benefício, Stefani :)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *