Opinião das ex-au pairs da família R.!

Sei que tô mandando um post atrás de outro nesse blog, mas é que nesse processo tem muita coisa acontecendo e MUITO rápido.

Bom, como eu comentei no post “O que perguntar numa Interview?”, uma das coisas que eu considero mais importante é falar com as ex-au pairs da host family, caso exista alguma. Minha opinião é que é MUITO FÁCIL a família falar bem dela mesma (duvido que você falaria mal da sua mãe, pai e irmãos), e outra coisa é a opinião de alguém que já passou exatamente pela mesma experiência que você pretende passar.

Como vocês já sabem, eu estou encantada com a família R. e quase fechando um match com eles. A host mom deixa tudo muito claro nos e-mails, já falei com o host dad ao telefone e está tudo ok. Eles já tiveram 3 au pairs, eu seria a 4ª. A primeira é da Alemanha e a segunda do Equador. Elas duas trabalharam lá quando os bebês ainda não haviam nascido (sortudas, HEHEHE). A au pair que ainda está lá é da África do Sul.

Logo nos primeiros e-mails, a família já me mandou o contato das meninas para que eu possa tirar minhas dúvidas com elas, achei O MÁXIMO ela se preocupar com isso.

Como comentei em algum post perdido por aí, mandei e-mail e perguntei até a cor da calcinha das meninas, praticamente. Já recebi resposta das duas primeiras au pairs, a que ainda está lá entrou em contato, mas ainda não respondeu minhas perguntas. Ela estava passeando pela Disney com a real family dela! Estou aguardando!

Vou compartilhar alguns trechos relevantes dos e-mails aqui, pois foram eles que me fizeram decidir quase 100% pela família R., mesmo tendo que ficar mais de 1 ano com eles (exigência da família):

E-mail da 2ª au pair da família, a do Equador (ah, como de costume, coloquei apenas as iniciais das pessoas por privacidade da família, ok?)

N. and T. are great! They are very chilled, they are young which is good, they like to keep the girls’ enthusiasm so you enjoy your year (…) They live is a small suburban area where there are around 50 aupairs (…) I had like 3 groups of friends over there so I had lots to do, I usually went out to house parties and bars, or we went to the city (Philadelphia) or even to New York city, but if you are not in a party mood you have the cinema as I told u before, malls, places to sightsee! (…) I went to Bucks County Community College and I took Italian, French, some drawing and photography classes. Its not expensive depending on what you want to take (…) You won’t regret it, they are an excellent family, otherwise i wouldn’t have stayed there for 18 months wouldnt I?”

FOFA, né? Ela foi super detalhista e sincera, pelo que parece. Gostei :)

E-mail da 1ª au pair da família, a da Alemanha:

“I’m glad to hear that you’re interested in becoming an au pair, especially that you are considering the R. family (…) First of all, the R. family is the best family you can possibly get, N. & T. are one of the most generous hostparents I know. N. was always there for me when I needed her and she also helped me out with lots of things, like insurance, doctors etc and T. is very cool, he showed me how to ride a quad, put up christmas decoration with me and lots of other stuffs. I really love both of them and I had an awesome thim there. I’m still in close contact with them (…) About J. and S. (older kids) you will immediately fall in love with them because they are sooo cute and happy kids. I know you will have lots of fun and wonderful moments with them, at least I had that. Thats why I miss them soo much and wish I could see them again soon (…) In my free time, I used to go out with my other au pair friends, we did a lot of thinks, like movies, gym, Starbucks etc (…) N. is very kind with that and it is important for her that you get in touch with other girls there so you won’t be alone (…) Believe me, you’ll never get bored with them, its always so much fun (…) I was so happy there and I really love this family and if you are willing to get those things back to them, they will treat you like a loving familymember.”

FALA SÉRIO! O e-mail não poderia ser melhor, né? Esses são só alguns trechos, ela escreveu outras (muitas) coisas bem legais. Fiquei bem mais animada e muito feliz. Adorei a parte que ela disse que vai ao Starbucks EEE à academia. É uma ótima combinaão, btw. E é um sinal de que tem academia lá perto, tô MEGA preocupada com isso, confesso.

Minha dica nesse post é: PERGUNTEM TUDO às ex-au pairs da sua host family. Já vi muita au pair por aí dizendo que desistiu de uma família que parecia ser AWESOME porque as ex-au pairs desiludiram as meninas.

That’s it!

Comentários

Comentários

4 Comments

  1. Carol Freddi   •  

    Nhoum que graças!
    Eu tive sorte, minha familia na Finlândia era bem bacana e faziam questão que eu me sentisse em casa. mas eles tiveram um intercambista ruiim antes de mim, então mesmo tendo cara de cu eles gostaram de mim! ahahhuha

    Só um comentário da familia "single parent":

    Sua chance de ter um Farmville real! ahuhauhauha
    NICE!

    • Beatriz Morgado   •  

      Você teve sorte mesmo, Kérols! Não é fácil gostar de você de primeira, HUAHUAHUAHUA! Tô brincando! ATÉ EU gostei de você… não de primeira, mas depois ficamos bem amigas :D

      E ó… seu comentário foi o melhor EVEEEEER pra família single parent.
      Será que a família da Farmville real joga Farmville no Facebook?

  2. Nique   •  

    AAAIIIII TO EMPOLGADA, ME FALA LOGO SE DEU CERTO OU NÃO.
    E GENTE, SUPER AWESOME A FAMILY, CONVENCE A MOÇA A TER MAIS UM FILHO E EU VOU JUNTO CUIDAR DA RENCAAAAAAA.

    • Beatriz Morgado   •  

      Deu ceeeeeeeeeeeeerto :)
      Falei com a host mom e com a au pair que ainda tá lá pelo telefone e ela disse que se eu quiser, o "job" já é meu! Ela disse que eu não preciso dar a resposta agora, mas eu já decidi. UHUL!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *