Quiqui tá rolando, Beatriz?

Cheguei!!! Eu disse que voltaria essa semana, minha gente! Aqui estou… plena segunda-feira pra atualizar vocês dos mais empolgantes (ou não) acontecimentos dessa minha doce (ou não) vida auperiana!

Fiquei feliz com os comentários positivos no post anterior em que a Paty contou um pouquinho da história dela aqui! Muito bom saber que tem gente que se dá bem antes e depois dessa experiência mucho loca, né? Foquem nessas coisas boas, pessoal. Façam o que eu digo, não o que eu faço… pois essa pessoa que vos fala agora está num negativismo que PELAMOR! Sai pra lá, mermão!!!

Eu disse que voltaria pra contar procêis um pouco sobre  como está minha relação com meus fofos no momento e como está minha vida aqui depois das minhas férias chiques na Europa com meu inglês bonito me paparicando com tudo que eu mereço (ou não) – agora chega de “ou nãos”.

Enfim, todo mundo já sofreu de depressão pós-férias uma vez na vida. É claro que é difícil voltar pra labuta depois de ficar acordando meio-dia e comendo o melhor da cozinha parisiense na Zoropa, mas meu desânimo, acreditem ou não, não tem nada a ver com isso :/

Antes de eu viajar, já tava meio de saco cheio… cansada de trabalhar tanto, de dormir pouco, de comer mal, de não ter tempo pras minhas coisas, de me sentir sozinha, de morar no meio do nada, de fazer sempre as mesmas coisas de fim de semana porque não tenho muita opção, de dirigir um carro caindo aos pedaços e morrer de medo que quebre no meio do caminho (mesmo que tenha um aquecedor potente), das regrinhas idiotas desse mesmo carro caindo aos pedaços, que não me permite dirigir pra cidade grande, onde tem coisa pra fazer, de iniciar uma conversa com a minha “famíilia” e não conseguir concluir porque eles não se interessam por uma palavra do que eu digo (mas fingem bem), de gastar horrores com gasolina, pois não tenho a opção de fazer nada à pé ou de bike, de ter que fazer malas pra me mudar todo fim de semana porque me sinto mais “em casa” e mais à vontade no porão da casa da minha amiga do que na casa onde eu moro há 10 meses, de ter que comer cada refeição em pé e engolindo pedaços inteiros porque não tenho tempo de agir diferente, de ter que forçar sorriso e disposição para os “chefes” mesmo quando acredito estar tendo o pior dia da vida (no tom mais dramático do mundo) e coisas do tipo… mas ISSO SÃO SÓ DETALHES. E não é toda Au Pair que passa por isso, acho que sou a única f*dida nesses quesitos, hehe. Então não se assustem e sejam espertas.

Fui viajar. Foi lindo!!! E voltei.

Tudo igual aqui. Tudo pior, acho eu.

A parte boa: fiquei tanto tempo fora que minhas kids estavam mais amorosas e morrendo de saudade de mim e ainda estão esses amorzinhos. Só.

Meus fofos não perguntaram nada das minhas férias. Quer dizer… perguntaram enquanto faziam outras coisas, sem o mínimo real interesse. Os avós perguntaram, adoro eles :)

Eu voltei pra trabalhar na quarta-feira e na sexta tive que ir pra NY fazer um curso de fim de semana pra completar meus créditos (lembram que comentei aqui???) Pelo menos não tive que fazer o de moda, só o de música. Foi péssimo!!! ODIEI. Nevou pra caramba, tava muito frio, o alojamento era horrível. Eram milhões de horas de aula por dia, não dormi nada e nem me recuperei do jet lag… foi a pior coisa que poderia ter acontecido. Conheci algumas meninas legais, pratiquei bem meu inglês porque só tinham 2 brasileiras no meio de umas 120 meninas, mas mesmo assim não valeu o esforço.

Cheguei em casa domingo SUPER TARDE, destruída… e segunda de manhã bora trabalhar de novo, né. Um saco de semana. Aí o pior aconteceu (leiam com atenção o post a seguir, pois provavelmente vou me arrepender de ter escrito e vou apagá-lo, haha)

Tava indo pra escola assistir minha última aula de francês na segunda à noite e tive um pequeno (e grave) conflito com meu fofo. Tô com um ódio que mal consigo olhar na cara dele, mas vai passar, porque não sou uma pessoa rancorosa, hahaha. Ele veio todo sarcástico analisar meu carro, disse que precisava mandar pro conserto e bla bla bla. Aí começou com uma conversinha de que ia precisar da minha ajuda porque estava saindo de férias no dia seguinte. Aí perguntei o que ele queria dizer com precisar da minha ajuda… aí ele começou a ficar bravinho e aumentou de leve o tom da voz. Disse que eu tinha acabado de voltar das minhas férias e que agora ele tava tirando a dele e precisava da minha AJUDA. Perguntei novamente o que isso queria dizer… aí ele disse meio entrelinhas que queria que eu ficasse trabalhando à noite pra ajudar minha fofa E a babá que vem à noite (sim, de segunda a quinta tem uma babá que fica aqui em casa das 5 às 7h30, que é da hora que eu fico off até a hora que meus babies dormem). 3 pessoas pra cuidar de 4 crianças… too much. Minha avó teve 4 filhos e nunca teve Au Pair!!! E meu pai e meus tios são muito saudáveis e bem criados!!! Americanos preguiçosos, viu… vô tifalá.

Aí eu falei super na gentileza e num tom mansiiinho, mansinho, quase um ursinho de pelúcia falante: “Mas eu já trabalho 9 horas por dia, 45h por semana… você quer que eu trabalhe mais à noite?” Aí ficou irritadinho de novo dizendo que queria saber se eu ia ajudar ou não! Aí falei que do jeito que ele tava falando parecia que eu não fazia meu trabalho direito. E ele: “O que você faz à tarde quando os bebês dormem?” Aí eu expliquei que ficava com minha kid quando ela não tinha aula e que vigiava as babás eletrônicas, no caso dos babies acordarem, porque não é todos os dias que eles dormem. Esse é meu sagrado break no dia, o único tempo que tenho pra fazer xixi e escovar os dentes, inclusive (mas não falei isso pra ele… deveria). Falei que apesar de ser um break eu não ficava OFF, eu tava trabalhando, não podia sair de casa pra cuidar das minhas coisas. Aí… irritadinho, veio falar “Eu conto com a sua ajuda nas próximas duas semanas em que eu estarei fora”. Aí falei que eu ia fazer o melhor possível, desejei boa viagem e fui pra minha aula AOS PRANTOS.

Fiquei com muito ódio, pois o jeito que ele falou comigo foi ridículo, foi explorador e me deu muita raiva! Eu costumava adorar meu fofo mais do que minha fofa, mas ele é muito folgado. Aposto que ela nem sabe disso e que provavelmente ficou puta porque ele tava indo tirar férias no momento que ela mais precisa dele. Foi bem o que minha amiga falou: Você tem 4 crianças pequenas e tira férias da sua família e ainda fode a vida da Au Pair??? Como assim??? Tire férias e fique em casa brincando com seus filhos. Tire férias e leve sua família prum resort já que você é tão rico… não deixe a mãe em casa sozinha com a babá e vá esquiar do outro lado do país (foi isso que ele foi fazer). Eu vi ele e minha fofa brigando quando ele tava saindo pra pegar o avião… certeza que tem um bafão aí no meio.

Enfim, liguei pra minha mãe e chorei as pitangas… TADINHA. Te amo mãe, brigada. Ela concordou comigo, eu tava super certa na história… e me deu uns conselhos pra manter a calma e ir guardando argumentos, pois o que eles tem feito aqui não tem sido justo.

No ano novo ELES foram viajar pra sei lá onde e disseram: “A gente tá indo viajar… você vai ficar aqui… pode tirar esses dias das suas férias ou a gente não te paga!” COMO ASSIM? Não tive opção… eles foram viajar, não me levaram e ainda descontam das férias? Ué… fiquei 4 dias em casa de dia de semana sem fazer nada (porque não tinha planejado nada pro final do ano) e SEM RECEBER. Isso já me acumulou ódio, mas passou. E passou ainda mais quando fui sofrer toda linda lá na Europa!!! Mas depois que voltei ainda dão uma dessas?! Ah, esqueci de contar que nesse dia do conflito com meu fofo, sabe o que fiquei fazendo à tarde enquanto os babies dormiam??? COLOCANDO MÚSICA NO IPOD DELE!!!

Pois é, minha gente. Minha fofa veio pedir pra eu colocar uns rock no iPod do meu fofo porque ele iria viajar e não queria ir ouvindo Katy Perry e Lady Gaga. Aí super montei uma playlist com o melhor do rock pra ele, fiz com o maior prazer… chegou à noite e me dá uma dessa??? E quando contei pra ele toda empolgada que coloquei as músicas, CÊIS ACHAAA que ele me mandou um thank you? No, no… nem fui agradecida (minha fofa agradeceu, pelo menos).

Anyway… anotei no caderninho e a vida continua!!!

Bom… outra coisa que tá me deixando mal aqui é algo bem pessoal e relacionado à minha saúde! Vou explicar direitinho, pois meus leitores estão comigo no amor e no ódio, na saúde e na doença hahahaha!

Há alguns dias percebi um carocinho (que descobri que significa LUMP em inglês, só para conhecimento geral da nação) entre meu olho esquerdo e meu nariz. Pensei que fosse uma daquelas espinhas internas irritantes que demoram séculos pra ir embora e doem pra caramba… mas aí os dias foram passando e percebi que não era nada disso, principalmente porque parou de doer (e espinha interna dói só de encostar) e porque o carocinho foi crescendo!!! Fiquei super encanada, mas esperei pra ter certeza…

ATÉ QUE… nesse sábado fui com a Kainara patinar no gelo (falo mais sobre isso a seguir), levei um capote maravilhoso (foto a seguir também) e tudo normal, todo mundo cai patinando, né… eu acho… até que comecei a ficar muito tonta e fui falar com a Kainara pra avisar que eu ia parar pra descansar um pouco. Nisso, senti que ia desmaiar, fiquei muito tonta, CEGA E SURDA!!! Não conseguia ouvir nada e nem enxergar… como se eu estivesse embaixo d’água, sei lá, foi horrível e me assustou muito. Aí a Kainara me guiou até a arquibancada e fiquei lá um tempo… depois de uns 10 minutos voltei ao normal, mas ainda sentindo tontura e dor de cabeça. MUITO ESTRANHO.

Eu achei que era porque a gente tinha comido muito aquela dia, tomamos um brunch enorme no iHop e depois fomos patinar… aí desencanei um pouco. Mas aí lembrei do carocinho e entrei em pânico, sei lá se as duas coisas tão relacionadas… enfim… tentei não pensar mais nisso, apesar da dificuldade, e segui meu dia normalmente.

Domingo à noite (ontem), cheguei em casa e minhas kids e meus fofos (SIM, até meu fofo que ficaria 2 semanas fora e ficou menos de 5 dias, ainda não entendi porque, mas acredito que a coleira da fofa puxou de volta, hehe) estavam na sala. Eu tava super chateada e preocupada com isso e logo chamei minha fofa de canto pra dizer que eu queria ir no médico essa semana, expliquei o que aconteceu e tal. Ela foi ok comigo, não fez uma cara de muita preocupação, não perguntou muito… aí sei lá, me deu um pânico de ver a indiferença dela, queria tanto que fosse minha mãe ali… essas horas a gente se sente imensamente sozinha no mundo, impressionante… aí dei uma choradinha de leve!!! Não teve como, né…

Mal olhei na cara do meu fofo (que só me deu oi e fez algum comentário tentando ser funny sobre a minha meia-calça que tava rasgada) e, ao mesmo tempo, fiquei super feliz em ver minhas kids… meus babies vieram correndinho me abraçar, muito fofos. E meus dois maiores pularam em mim, me beijaram, me abraçaram, disseram que miss me a lot… aí quando eu tava subindo pro meu quarto, eles ficavam gritando: “BYE BIAAA, BOA NOITE BIAAA… LOVE YOU MY HEART!!!” Aí fiquei feliz, pois tb amo muito essas crianças, apesar do trabalho que dão! E fiquei ainda mais feliz porque elas fizeram mil declarações DO NADA pra mim e na frente dos pais… é bom que eles vejam o quanto elas me amam e o quanto sou boa pra elas :)

Aí hoje cedo liguei no seguro saúde pra pedir a lista de médicos da minha área que o seguro cobre. Quando coloquei os babies pra dormir, minha fofa saiu com minha kid (o meu kid tava na escola) e eu passei a tarde ligando pra médicos. Fiquei desesperada.

Liguei pra uns 10 lugares e nenhum tinha vaga, só pra daqui 1 mês e meio ou mais! COMO ASSIM?!??!?! Aí teve uma mulher que liguei umas 3 vezes, pois tinham vários médicos na lista dela e não tinha me tocado que, apesar de ter telefones diferentes, eram todos no mesmo lugar… aí da última vez que liguei e ela disse “I’m SO sorry, dear. But we really don’t have any date… only in 6 weeks if you can wait…”

Aí eu, já em pânico, falei: “Moça, pelo amor de Deus!!! Eu sou Au Pair, tô sozinha nesse país e tudo que eu preciso é de um médico!!! Eu já liguei em uns 10 lugares e ninguém tem nada… escute a minha história… tem um carocinho no meu olho e eu não faço ideia do que seja… e sábado eu tava patinando e do nada fiquei cega e surda!!! Pelo amor de Deus, me ajuda!!!” E CHOREI MESMO!!! Não de soluçar, sabe… mas fiz uma de coitada tipo “NINGUÉM ME QUER E ESTOU MORRENDO”. Só assim pra tocar o coração desses americanos cold!!!

Aí ela “Oh honey!!! Ok then… vou ligar pra outros médicos que tenho aqui e ver se te consigo alguma coisa. Me dá seu telefone que te ligo em breve”.

Aí meu celular perdeu o sinal por um tempão, fiquei morrendo de medo que a mulher ligasse e não tocasse essa merda (desculpem o palavrão). Mas aí ela ligou uns 40 minutos depois (eu já tinha praticamente desistido) e disse que arrumou pra amanhã às 11 da manhã e que preciso estar lá às 10h30!!! PULOS DE ALEGRIA!!! YAAAAYYYYY!!! Agradeci ela como se fosse Madre Teresa sabe! Ela ficou morrendo de dó da minha pessoa, hehehehehe.

Fofa chega em casa e pergunta: “Conseguiu marcar um appointment no médico???” Aí eu… “Então, liguei pra duzentos lugares, só tinham pra daqui 6 semanas… mas aí implorei pra uma moça e ela conseguiu pra amanhã de manhã…”

Minha fofa fez uma cara de  COMO ASSIM AMANHÃ DE MANHÃ? Já fui me explicando que tentei mil lugares, mas era só esse mesmo que tinha… aí ela já entrou em pânico, pois o que ela fará sem mim de manhã??? Já ligou pros pais pra ver se podiam ajudar, já ligou pra babá que vem de terça… mas aí a babá que vem de segunda tava aqui e se ofereceu pra vir de manhã. BENZADEUS. Até agradeci a menina!!!

Isso porque antes de ligar pros médicos eu perguntei pra minha fofa (olha que boazinha eu): “Tem algum horário pra eu marcar que ficaria melhor pra você?” Aí ela “À noite, né…” (MEU TEMPO OFF, LÓGICO, pq a Au Pair se atreveria a ir no médico no horário do expediente???” “Ou então à tarde entre meio-dia e meia até umas 2h, 3 horas… mas só amanhã ou quarta, pois quinta e sexta tenho um compromisso.”

Eu não sabia que seria tão foda de achar uma vaga no médico… aí acabei marcando a de manhã, pois foi a única. Só que de manhã ela não vai estar aqui e no momento em que me falou isso ela fez eu me sentir mal, como se tivesse fazendo algo errado, sabe? Agora, depois que tudo passou, liguei o foda-se, afinal é minha saúde em primeiro lugar… mas pqp… que situação insuportável…

ANYWAY PEOPLE, amanhã vou ao médico de manhã, torçam por mim, pois tô com um desesperinho básico!!! Do mesmo jeito que jogaram energia positiva pra mim e pro inglês quando eu pensei que estava tudo acabado, mandem energia positiva pra minha saúde tb, pois isso importa mais do que amorrrrrrrr, né?

Agora vamos falar das coisas boas que ainda me restam…

Voltei da Europa e tô achando essa vida nos estazunidos bem entediante. Então, eu e Kainara estamos super engajadas em fazermos coisas diferentes e ousadas todos os finais de semana a partir de agora. Aí nos ocorreu a ideia de procurar um lugar pra patinar no gelo. Achamos um perto de casa no sábado e fomos!!! Só não vou contar que a Kainara convidou o DATE dela (um outro, não aquela cuzão que já contei a história num post anterior) porque ela diz que escrevo muito e exponho muito a vida dela aqui no blog… ops, acho que já falei demais! Too late!!! Mas depois a Kainara vai fazer um blog e vai contar os próprios bafões dela… enquanto ela não faz, eu mesma conto. Qual é a diferença, né???

Enfim… fomos patinar no gelo! Eu tenho um certo DOM, sabe? Sou até que boa na coisa para pessoas da minha idade que não praticam com frequencia… aí fiquei lá dando umas voltas… só que DETALHE: eu tinha esquecido que a gente ia fazer isso nesse dia e fui de shortinho piriguete E MEIA-CALÇA. Não podia ser mais inapropriado, fato! Tanto que no primeiro capote já fodi meu joelho de uma maneira… eu tava patéticaaa patinando de meia-calça, acho que tava todo mundo olhando!!! Quase tão patética quanto a Ká “patinando” segurando uma mão nas bordas do rink e a outra mão na mão do date dela!!! FUNNY THOUGH!!! HAHAHA A gente tem uma intimidade que já pode zuar a outra em público assim, então acho que ela não vai se importar de eu escrever isso aqui!!!

Outra coisa patética foi depois da patinação ficar sentada com OS DOIS NA MESMA MESA. A sorte é que o menino era bem legal, levava tudo na brincadeira… mas me senti a maior empata foda do universo, mas na verdade não tava nem aí!!! Ninguém mandou a Kainara combinar uma coisa comigo e depois do nada convidar o menino pra ir lá, fala sério! Agora aguenta eu na mesa, hahhahaha!!! Ainda fiquei super contando do meu inglês pro date dela e como era ter um relacionamento overseas. Olha que bacana!!!

Aí à noite fomos pra New Hope num bar que a gente sempre ia… finalmente encontrei a Jana, que saudade daquela guria!!! Aí o date da Kainara da patinação foi lá à noite também! Dois dates no mesmo dia! Mas dessa vez ele foi esperto… levou dois amigos pra conversarem comigo e com a Jana. Mas BEM DE BOA os guris!!! Curti muito, nada de americanos idiotas sabe?!?!! Bem feios também!!! Não que eu me interessasse, mas só comentando… a gente had fun demais lá! New Hope é uma das cidades americanas conhecidas por ter muitos gays e tal… mesmo com essa fama, eu nunca tinha visto nada demais em New Hope e olha que ia lá todo fim de semana!!! MAS MANOLOOOO nesse fim de semana foi tensa a coisa!
I mean, eu não tenho nada contra gays, super apóio casamento e adoção de filhos… mas a promiscuidade na balada (BAR, nem balada era) tava demais da conta. Tinha um casal de gays de meia idade se pegando fortíssimoooooo!!! Um colocava a garrafa de cerveja no bumbum do outro e dançavam como se não houvesse amanhã… coisa desse nível. Aí uma menina até chegou em mim, cêis acha??? Acho que eu tava bonita essa dia!!!

E foi assim… super fun. Tinha até prostituta DE PERUCA PINUP  com mexicano rico na balada, um freak show!!! Adorei! Super entrou pra lista de coisas diferentes para se fazer… fala sério, essas coisas você não vê todo dia!!! hahahahaha!

Ah outra coisa que aconteceu legal… antes de irmos pro bar, fomos jantar no Applebees pra colocarmos a fofoca em dia! Aí a garçonete que nos atendeu era brasileira!!! Brasileira que mora nos EUA desde os 3 anos, ou seja, o inglês dela é bem melhor que o português!!! O pai dela é português de portugual (errr) e a mãe é brasuca… mas ela foi alfabetizada em inglês na escola. MAIOR BONITINHO o jeito que ela fala, sabe?! Super se esforçando pra falar em português com a gente… meio que misturando o inglês, tipo: “Então girls, você vai querer water… and you???” haha Fofa. E tem mais…

Tinha uma família (uma senhora toda bonitona, um cara que parecia ter a idade do meu pai e um moleque) do lado da nossa mesa super encarando a gente (também, né… falamos alto pra caramba e em outra língua). Aí do nada o cara da mesa levanta e vem na nossa mesa: “Excuse me girls… vocês podem POR FAVOR me dizer qual língua vocês tão falando???” Aí a gente “Português!” Aí nisso o menino que devia ter uns 15 anos grita: “Eu sabia!!! Você me deve um dólar, vó!!!” HAHAHA eles tavam apostando entre eles qual língua a gente falava…

Aí pedimos desculpas por estarmos falando alto demais e tal… aí eles: “Por favor, continuem conversando!!! Muito legal a empolgação de vocês e sua língua é muito bonita, tem que falar mesmo, não parem!!!” Aí a senhora, o menino e o cara ficaram um tempão comentando da gente e ainda vieram nos dar tchau MEGA simpáticos quando estavam indo embora, perguntaram onde a gente morava, nos desejaram uma wonderful night. Ai, sabe??? Geralmente o povo nos odeia aqui… ganhei a noite com essa família :) Pensamos que os americanos ainda tem salvação… são poucos os que salvam, mas pelo menos estão lá, né??? Muito legal :)))

O que mais posso falar aqui (já que soube que vocês amam meus posts grandes)???

Ah, meu inglês voltou pro trabalho e ele tá morando numa casa nova… ainda não instalou internet e o sinal 3G lá é horrível, então tá difícil de a gente se falar toda hora como fazíamos antes, mas sempre damos um jeito de mandar uma mensagenzinha, um email ou qualquer sinal de vida. Hoje ele foi no supermercado e ficou um tempão sentado no estacionamento porque lá tinha sinal e ele conseguiria me mandar alguma coisa. Aí contei meio por cima esse negócio do médico e ele me deu maior força… eu tava tão chateada com tudo isso e é sempre bom falar com alguém que se importa, né? Aproveitei e também liguei na casa da minha avó pra falar com a minha tia… preferi em vez de ligar pra coitada da minha mãe e do meu pai que já me aguentam todo santo dia!!! Hahaha!

Enfim, tudo continua lindo entre a gente, apesar da saudade… essa é uma coisa meio que resolvida na minha vida no momento, nem sofro mais, nem me preocupo. Só tem me feito bem e mais feliz, isso que importa, né?

Enfim, agora vou parar de escrever porque preciso desfazer a mala que fiz pra me mudar pra casa da Kainara esse fds pra dar tempo de fazer laundry ainda essa semana… já tô ficando sem meias pra usar novamente!

Beijo pra todo mundo e me mandem energias positivas, mesmo que quando lerem esse post eu já tenha ido ao médico :)

Comentários

Comentários

54 Comments

  1. Paty   •  

    HAHAHAHAHAHAHA “Anyway… anotei no caderninho e a vida continua!!!”

    É o que eu falo! Até com essa minha história “linda” que vou vistá-los em Praga, os meus já conseguiram ser bem FDP tbm! Idiotas, né, pq ficamos o dia todo com as kids deles… eu trataria q nem rainha alguém que cuidasse dos meus filhos!

  2. Nil   •  

    Biiiiia te dou a maiooor força quanto ao mééédico !!!! Vaaaai siim e descobre o que é… mas eu acho que não tem nada relacionado esse carocinho com o episódio de tontura que vc teve…. mas mesmo assim vai ver o que é…!!!

    AMEI esse post, dos graaandes e que contam tuuuudo…. hahahaha, vendo seu roxo na perna lembrei de quanto eu caí de patins e quebrei a mão… imagina o dia que for patinar no gelo então…. hahahaha…

    Depois volte pra contar como foi o méédico !!!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Obrigada, minha querida :) Depois eu conto sim! Beijão!

  3. Jaqueline Lima.   •  

    Biiiazinha.

    Nao fica preocupada nao.. Fey em deus e pensamento positivo q essay bolinha nao sera nada viu?!

    Quanto ai seu host.. Paciencia e equilibrio.

    Beijinhoos ahhh e tenho novidades.. Daqui a poucos Dias to online. Atteh qinfiim rs.

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Obrigada pela força, Jaque!!!
      Beijão pra você e espero que as famílias venham logo quando você ficar on :)

  4. Lillian   •  

    Beatriz, adoro seus posts… estou só acompanhando pra ver como vai ser minha vida daqui a alguns meses… quarta irei entregar o restante dos documentos e terei já meu perfil online do Application… aí é só esperar o contato das famílias americanas.!!!!! Estou super com medo e ansiosa ao mesmo tempo!!! Eu realmente espero que eu tenha sorte em encontrar uma família boa pra mim!
    Muita sorte pra ti no médico! Não vai ser nada de grave, confiança que vai dar tudo certo!!! Tenha uma ótima semana!!!!! Beijos

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Muito obrigada, Lilian!
      Boa sorte pra vc em todo seu processo!!! Tô torcendo!
      Beijão

  5. Juliana   •  

    Oi Bia, fica tranquila e tenha fé que essa bolinha não vai ser nada grave. Torcendo por vc. Em relação aos fofos, ninguém merece né mas as crianças estão aí para compensar. Quando os fofos te chatearem lembre-se nas declações das suas kids.
    Escreva sempre, Bjos Juli

  6. Kelly Barros   •  

    Bia, torcendo pra não ser nada grave esse carocinho. Depois você conta pra gente. Eu moro em outra cidade, mas ainda é no Brasil. Tem dois anos que eu moro no Rio de Janeiro e nunca me aconteceu nada, até que depois desse tempo todo eu passei MUITO MAL, peguei uma virose feia! Não tinha ninguém pra me socorrer, o único pra quem eu podia pedir ajuda me deixou na mão, e nem ligou pra saber se eu estava bem [ex-namorado filho da p$#$]. Passei um perregue sozinha, não tinha plano de saúde e nem sabia onde tinha um hospital pra ir. Sorte que a senhora com quem eu moro me deu um Help. Conclusão, liguei pra minha mãe tadinha, ela saiu de madrugada de casa pra ir me buscar. Infelizmente você está muito mais distante e sua mãe não pode ir ai te socorrer, mas espero de coração que não seja nada e te entendo perfeitamente quando você diz que só queria alguém que se importasse com você.

    Sobre os seus host, é adoro os babados! hahahaha é uma forma de você desabafar também né? Com certeza tem algum bafão ai no meio dessa história, como assim ele tira férias da família?! Americanos! Se você descobrir você conta pra gente hein. Não deixa ele te explorar não!

    Beijos

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Kelly!
      Que história a sua, menina! Choquei!
      É difícil mesmo não ter papai e mamãe pra virem buscar aqui… mas a gente segue a vida e aprende a se virar sozinha até quando não devia, né?
      Muito obrigada pelo comentário, viu. Beijão!!!

  7. Emila Almeida   •  

    Oi Bia,

    nossa adoro os posts enormes, realmente são mais empolgantes e no final fica um gostinho de quero mais, mas irei dormir imaginando a sua grande aventura. Apesar das turbulações(que todos passam) a vida continua como vc mesma falou. É gracioso ver como você comenta sobre a sua vida, é uma comédia com tragédias atrapalhadas, romance mágico, amigos leais e momentos peculiares. Mas, em tudo vejo felicidade, mesmo quando você chora por carência e injustiças do seus FOFOS. Ah, é lindo também a maneira de como você fala dos kids…

    Espero que realmente não tenha sido nada de grave o carocinho e a tontura, estamos torcendo e orando por ti. Afinal sem saúde não há aproveitamento. BOA SORTE!

    Beijão, e estou aguardando aciosa por mais aventuras/desabafos seus. :D

    ps.: quando a kainara fizer o blog, posta no dia para nos avisar.

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Emila, que comentário lindo!!! Até emocionei!!!
      Acho que sou uma mistura de tudo aí que vc comentou hahaha que engraçado ver alguém analisando minha vida assim. Eu às vezes não tenho noção do quanto eu me abro aqui, né.
      Beijão e pode deixar que aviso quando a Ká fizer o blog dela!!!

  8. Alessandra   •  

    Olá Bia!!!!

    Espero que dê tudo certo, aí, honey!!!! =)

    Gata, acompanho seu blog desde o primeiro post, e acho mesmo ruim que a relação com a sua família tenha se deteriorado tanto…

    mas só queria ter um momento alcoólicos anônimos aqui, para que as futuras aupairs não achem que hostfamily é tudo igual:

    Sou aupair na Alemanha, e como todos sabem, o povo aqui tem fama de ser super fechado e mal-educado….talvez eu tenha achado a única família que foge à regra, sei lá…mas enfim, apesar de eu ser uma empregada aqui, eles me tratam até que relativamente bem como parte da família. Minha host sempre corre atrás de médicos ou qualquer outra coisa que eu precise, eu sempre tenho à disposição na geladeira QUALQUER coisa que eu queira (meu último “desejo” foram mangas brasileiras, que aqui custam 6 euros CADA)…e no Natal, época em que eu estava muuuuuuuito triste por estar longe de casa, minha host chorou junto comigo!!

    Enfim, eu sei que são países diferentes, mas encontrar uma família bacana é possível!!! Espero de verdade que as coisas melhorem por aí, Bia, afinal você ainda tem mais alguns meses to go….

    Beijão

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Alessandra! Obrigada por compartilhar sua história aqui!
      Minha irmã tb fez intercâmbio na Alemanha e não teve a mesma sorte que vc! Ela morou com uma familia horrivel… mudou de casa 3 vezes, mas mesmo assim aprnedeu mto e super curtiu a experiência!!!
      E concordo com vc que nenhuma host family é igual a outra!
      Tenham esperanças :)

      Beijao!

  9. Camila Firmino   •  

    Biaaa…não vai ser nada de mais!!

    Fica tranquila….entrega na mão de Deus!!!

    E as coisas vão melhor com o seus fofos!!

    Nossaaa ficou roxo o seu joelho…que dor!! kkk

    Adorooooo o seu blog e comento algumas vezes!!

    I have a match e vou para Richmond na Virginia e vou cuidar de 3 crianças (Girls 12, 10 e boy 2) legal néh!!

    Boa sorte Bia!!

    Bjos =)

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Camila!
      Muito obrigada, querida! Boa sorte pra vc tb!!! Quando você vem pra cá???
      Beijo!!!

  10. Flávia Lorenzatto   •  

    Bia do céu tem hora q seus hosts fod….com a vida hein pelamor=/ mais no final tudo passa e acaba dando tudo certo! e certeza q este carocinho tmb não será nada pensamentos positivooo!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Nem me fale, Flávia!!! Mas a gente supera, né!
      Obrigada pelo pensamento positivo! Sempre!!!!
      Beijo!!!

  11. Nathalia   •  

    Biaa fica bem, e tranquila vai dar tudo certo isso não vai ser nada tenha Fé!!!

    Tenho certeza que no seu proximo post que eu vou estar esperando anciosamente pra que chege logo, vc vai estar maravilhosamente BEM ;)

    Beijos e não demora =D

  12. Flávia   •  

    Tou sentindo que esse post vai bombar de comentários super positivos, então, fica tranquila Bia! hahaha

    Mas sério, não sou médica (of course, bem doida médica au pair né?) acho que o carocinho não tem relação com o teu mal estar, e acredito que pelo stress tu pode ter se sentindo mal… sei lá, algo assim, amanhã tu vai ver que tá tudo ok! Super te apoio a fazer coisas diferentes no fds e super também adoro tua novela amorosa também! Boa sorte em tudo, Bia!

    Beijo!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      E bombou meio, Flávia! Graças a deus foram só coisas positivas e tudo fez muito efeito! To bem :)
      Obrigada pelo comentario, flor!!!!
      Beijão!

  13. Bruna   •  

    Aii… tadinha de vc com essas pessoas chatas!! Aiiii… tadinha de mim que nem me imagino vivendo assim e daqui alguns meses estarei aii… rsrs Buuuut, ok!! A vida é feita disso né?! Problemas e soluções (ou não). uhauhauha Pareci vc agora*

    E Bia, fica tranquila!! Vai dar tudo certo!! Com fé em Deus, esse LUMP não vai ser nada de mais! =D

    Ahh.. dou altas risadas aqui no trabalho lendo seus posts… que loucura né!? rs Prometo que vou comentar mais. Pq geralmente eu só leiooo.. =/ Que egoista, né?! rs

    Bjos

    • Beatriz Morgado   •     Author

      FORÇA, Bru!!! Você supera… se eu sobrevivo aqui com 4 kids e mais esses problemas aí, qualquer uma sobrevive hahaha Eu era muito cagona e hoje em dia sou mais forte que o superman!!! Vem na minha que ocê brillha, cumadre!!!
      Não se preocupe em comentar, eu sei que dá preguiça… eu tb paro de escrever as vezes… ai vcs param de comentar em protesto! Uma greve de comentarios hahaha
      Beijo querida!

  14. Denise Ribeiro   •  

    Aaaai como eu gosto de ler seus posts! (num eh babação não, eu gosto mesmo hehe)… e os maiores sao mto legais mesmo eu passando horas aqui furando o meu trabalho kkkkk!!! Desejo tudo de bom e na saude tb! Força ai nessa fase chata com seus fofos!

    Tou orando por vc!

    Bjao!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Vai trabaiá, menina!!! Fica lendo fofoca alheia, que coisa feia!!! huahuaha
      Obrigada por orar por mim, querida! Toda energia boa é bem vinda :)
      Beijão!

  15. Lais Borges   •  

    Oi Bia!

    Seus posts estão maras e enoormes! Fazia mtoo tempo que eu não lia esse seu blog pessoal, por isso o meu espanto lá noSTB que vc estava namorando… ehueheue

    Mas agora já estou por dentro de todos os bafons… rsrs

    E queria te pedir desculpaaas por te add no face, hehe fiquei toda sem graça qdo vi q vc não estava curtindo toda essa popularidade de ser uma au pair famosa… rsrs

    Mas realmente me senti intima pra te add e a curiosidade tmb falou mais alto, eu dooida pra ver mais fotos… mas td bem. Quem sabe a gente não se conheça ainda esse ano, néé?!!

    E tudo vai dar certo com sua saúde, vc vai ver que não será nada de mais!! x)

    Bjs e muitissimas vibrações positivas!!

    \o/

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Laís!!! Nao se preocupe quanto ao Facebook! Bastante gente não sabia, fique tranquila :)
      Beijão e obrigada pelas boas vibrações! Com ctz fizeram efeito!
      Beijão!

  16. Scarlet   •  

    Biiia, bem tensa essa situação né… mexeu com saúde, e estando longe da mãe e do pai que sempre apoiam e dão colo nessas situações deve ser foda mesmo. Mas relaxa que não é nada, e continua firme e forte ai :D e lembre-se que é realmente MUITO dificil agradar todo mundo… mas pelo menos suas kids (que é quem voce aguenta o dia todo né) te amam e mostram todo esse amor por voce… afinal, amor de criança é puro, né? elas não tratam bem só pq tem interesse em alguma coisa (ok, pode até ser assim as vezes ahaha) quanto a esse lance do seu host dad, não esquenta.. ele pode muito bem ser grato por tudo que faz e estar só num mal dia, talvez tivesse brigado com a patroa, sei lá ahahah
    Beiiijo!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      AH, Scarlet! Obrigada!
      É bem isso aí que voce falou… saúde mexe com a gente mesmo! Dá um medinho de não ter colo pra chorar, sabe? Mas a gente sempre arruma!
      E graças a deus tenho minhas kids mesmo! Elas alegram meu dia, apesar do trabalhão que dão!!! haha
      Beijão e obrigada pelas palavras :)

  17. Ayra   •  

    Bia

    Espero que fique tudo bem com a sua saúde, estou torcendo por voce! E em relação aos hosts espero que passe, é bom saber que as crianças apesar de darem trabalho são bastante apegadas a vc!

    Vou tentar comentar em todos os seus posts, porque seu blog é mara e eu adooooro seus posts gigantes.

    Bjoss. Melhoras!

    Obs: ta tudo sem acento pq tava no celular.

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Obrigadíssima, Ayra!!!
      Eu amo muito minhas kids e sei que o carinho deles por mim é sincero, pois criança não finge esse tipo de coisa. É por causa deles que aguento tudo isso :)
      Beijão pra vc!!!

  18. Gabriela Milanez   •  

    Que gente esquisita esses americanos, DEUSOLIVRE eles não sabem conversar?

    Não abre mão de nada não, faz tudo que você precisar e puder, daqui menos de um ano tu vai ta longe daí mesmo!

    =****

    PS. Tu é guerreira hein?!?!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Não, Gabi!!! Não sabem conversar! É difícil, guria hahaha
      Muito obrigada, viu! E sou guerreira mesmo, cada dia sinto mais orgulho da minha pessoa hahahaha
      Beijão :*

  19. Talita   •  

    Bia

    *To triste por vc com esse seus fofos chatos,vc ja pensou em trocar de familia ??

    *Vai dar tudo certo com vc amanhã no medico,não vai ser nada de mais,vc vai ver !

    Amo seus posts ENORMESS….

    Bjos

    Boa sorte com seu Inglês .

    • Beatriz   •     Author

      Talita, não existem fofos perfeitos… todos tem seus momentos. E acreditem: apesar das histórias que eu conto, meus fofos são até que bacanas, tenho amigas que morrem de inveja da minha host family. Por isso até acho que os problemas aqui são até pequenos perto do que já vi por aí. Trocar de família não é uma opção! Eu amo MUITO minhas kids, seria horrivel deixa-los pra me acostumar com outras… o negocio é bem mais complicado do que parece!
      Enfim, muito obrigada pelas palavras positivas :)))
      Beijo grande!!!

  20. Thais B.   •  

    Bia!Se cuida guria!Não liga pros seus fofos pq eles querem mesmo é q a gente se f***!Como quase todos os patrões no mundo!Percebi isso desde que você chegou ai e sua garganta tava ruim, e sua fofa comentou para tomar cuidado com as kids!Sem sentimentos de verdade…Mas o importante é isso , q vc tem kids q te amam, uma amiga fofa (Kainara) q te acompanha em todas as suas aventuras e várias outras q te querem bem!Seu inglês q já fez td sua saga valer a pena mesmo q tudo estivesse errado!!E tem a gente!Q ta sempre torcendo para vc se dar bem nas suas situations complicadas do dia a dia auperiano!!!Volta para contar do médico e com certeza não será nada de mais seu carocinho!Só para costar novamente!Amo seus posts gigantes!Mas só os seus…rs…pq qnd acompanho outros blogs…não leio nem a metade !kkk

    Bjos Bia

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Thaís! Essa é a mais pura verdade, viu!
      O que me conforta é saber que no Brasil ainda tem gente que me ama e que tá me esperando e que aqui eu tenho as melhores amigas do mundo. A Kainara é um anjo na minha vida, achei super válido vc citar ela no seu comment, pois não sei o que faria aqui sem essa guria…
      E tb sobre meu inglês! A experiência valeu mesmo só de tudo q a gente passou junto… compensa qquer momento ruim! Então não me arrependo :)
      Obrigada por amar meus posts grandes hahaha Ainda nao acreditam qdo me falam isso. Minha mãe não gosta :P
      Beijos!!!!!

  21. Larissa   •  

    Oi Bia,

    Resolvi ser au pair o ano passado e na busca para tentar entender um pouco mais sobre a vida desse lado encontrei seu blog e desde então sou uma leitora viciada nas suas confusões auperiana.

    Além de me tirar inúmeras dúvidas o blog também me trouxe muito divertimento, é importante entendermos como realmente funciona o programa não só o que é legal, mas os problemas, as irritações e a parte difícil de ser aupair. Porém acredito que a fofoca é um ponto forte do seu blog, é muito legal sabermos de suas aventuras e confesso que sempre entro a procura de novos posts.

    Esse é meu primeiro comentário em seu blog, pois neste post senti seu nervosismo com o médico e entendo como deve ser difícil não ter ninguém para te ajudar nesse momento. Tenho certeza que não é nada preocupante, pois papai do céu não te mandou pros states pra ficar doente né? Te mandou para ter incríveis experiências e para conhecer seu inglês ( eita história maluca sua e desse inglês) quando seu romance começou eu até lembrei de um filme bem de menininha o querido John e pensei: nossa essa menina até está vivendo um conto de fadas que achamos impossíveis de acontecer. kkkkkk

    Bom, depois de todo esse blá blá blá o que eu quero é te desejar boa sorte e que sua vida auperiana continue repleta de acontecimentos inusitados para nos render boas leituras.

    Larissa.

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Larissa, querida! Obrigada por comentar aqui e por dizer tantas palavras legais!!! Super cheer me up!!!
      Todo mundo me fala desse filme Dear John, mas disseram que tem final triste, então achei melhor não assistir porque eu vou ficar pensando besteira hahahaha
      Beijão e muito obrigada por ser fofa!!!

  22. Paty Vilhena   •  

    Oii Bia.

    Acho que vc já deve ter ido no médico, mas espero que esteja tudo bem e não seja nada, vc vai ficar bem, fica tranquila!!

    Poxa que coisa chata com seus hosts Bia, eu imagino que deve ser difícil, ainda mais quando vc tem seus problemas e não dão a miníma…

    Mas eu vou te falar, os americanos são assim mesmo, em um dia estão no maior amor e emplogação e no outro parecem que te odeiam ou não te dão a miníma. Eu sei porque trabalho em uma escola americana aqui em SP, convivo o tempo todo com eles e eles são assim mesmo, tem seus ups and downs.

    O que eu faço é tentar entender a cultura deles e deixar quieto, porque se não I go crazy, mas bola pra frente que vc vai ficar bem, pelo que eu vejo aqui no seu blog vc é super alto astral, animada, muito engraçada e super sincera, então querida let it go and be happy!

    Boa sorte com tudo e continua na lida, porque coisas muito boas virão!

    Beijos

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Muito querida você, Paty!
      Obrigada pelas palavras… os americanos são bem isso aí que você falou. É difícil quando temos que conviver 24h por dia, né! Mas a gente supera :)
      Muito obrigada mesmo!
      Beijão!

  23. Vanessa Vital   •  

    Oi Biaaa!

    Tudo vai dar certo! Tomara que você melhore! Fé em Deus!

    E quanto as coisas com seus hosts, Fé em Deus também! AMÉM. To super torcendo para que eles vejam o quanto você é importante nessa família!

    Amo posts grandes (: ,

    na hora de comentar eu sempre esqueço o que tenho que escrever, kkkk básico.

    Legal a família no Applebees que foram super fofos com vocês! Pois é, temos que acreditar na humanidade e que ainda há pessoas boas! Enfim.

    Suas kids são umas fofuraaaaaaaaaaassss *-*

    E seu Host, puts, ¬¬ foi um grosso mesmo, nem sei o que faria se ele falasse assim comigo, – choraria, sou sentimental demais ¬¬. Força garota! Tudo vai se ajeitar! (:

    váaaarias energias positivas pra você!

    Beeeijos, beijos e volte logo (:

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Obrigada pela positividade, Vanessa!!!!!!!
      A gente perde a batalha, mas não a guerra toda, né? Vamo que vamo!
      Beijão procê!!!!

  24. Verônica   •  

    Oi Bia….. já tem um tempinho que leio seus posts e estou adorando sua maneira bem realista de ser Au pair…acho que é por isso que vc continua aí firme e forte…. Bom….estou preparando meu app e a documentação toda pra entregar já que este ano faço 26 e essa é minha última chance!!!!! Quanto ao médico, fique tranquila….tudo dará certo…. quanto ao seu host, LEVANTA, SACODE A POEIRA a DA A VOLTA POR CIMA…. bjus e até o proximo post………….

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Verônica!!! Super obrigada, tá tudo certo por aqui :)
      Boa sorte no seu processo, espero que dê tempo de fazer tudo.
      Beijão!

  25. Gabriella   •  

    Ah, Bia!

    Vai com calma, criatura. Cada coisa a seu tempo! Espero que dê tudo certo.

    Abs.

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Tô tentando, Gabriellllllaaaaa!
      Tudo vai ficar bem :)

  26. Fernanda   •  

    Beea!!

    Melhoras, viu?!

    Sobre a tontura… já tive essa sensação que você descreveu ( cega e surda) nos trens e metrôs da vida aqui em sampa e depois dessas sensações um desmaio básico sempre me acompanhava!

    Em um dos desmaios fui parar num hospital e constou que a minha pressão estava baixíssima, daí me recomendaram comer a cada 3 horas.

    Tomara que não seja nada grave com você… e lembre-se que comer bem e direitinho sempre faz bem!

    beijão

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Obrigada, Fernanda!!!
      E espero que isso nunca mais aconteça com você, a sensação é horrível.
      Beijão!

  27. Lane   •  

    Biaaaa!
    Todas forças positivas no mundo p você! Relaxa que não vai ser nada demais!
    Quero muito saber como foi no médico e ter notícias suas!
    E quanto aos fofos e tudo o mais… Acho que é assim mesmo. Esses momentos VÃO existir! Mas o mais importante é olhar o que tem de bom por cima disso tudo e ver que vale à pena :D
    Não fica triste, viu? Faz isso mesmo.. Respira fundo e se puder dá uma ignorada no fofo até passar! Homem maluco de ir passar férias SOZINHO sem família e tals, eu hen! E ainda cobrar de você! Affew!
    Eu tô aqui na luta de fazer amiguinhas e sair porque mesmo meus hosts sendo legais e tals, não rola de passar o tempo todo em casa, né? Ninguém merece!
    Enfim… É isso! Li seu post todo, juro! Infelizmente não tô muito criativa p fazer uma respostona! Mas quero que você saiba que todas as forças que eu puder mandar, tô mandando! e FICA BEM! :))
    Beeeeeeijos :***

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Obrigada pelo comentário fofo de sempre, Lane :)
      Fique tranquila que eu estou bem! Já até atualizei aqui :)
      Beijão!

  28. Paty Vilhena   •  

    Magina, que isso!

    Estou aqui para ajudar no que precisar, aliás vc sempre me ajuda com seus posts, sempre aprendo alguma coisa.

    Essa vida de au pair é assim mesmo, uma precisa da outra, ajuda muito a continuar…

    Beijos

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *