Metade das fofocas que estavam faltando

Olá, gatinhas e gatinhos!
Voltei com o blog bem devagar, quase parando, mas estou fazendo o possível para continuar! Espero que vocês não estejam morrendo de tédio comigo.

Pra começar, gostaria de dar um hello bem grande para todas as fofoqueiras de plantão, hahaha Gente, 90% dos comentários do blog, mensagens no Twitter e e-mails que recebo são perguntando do meu bofe inglês! Que bafo, né!!! Me sinto até um chata falando da minha vida pós-au pair, de casos com host mom e kids… vocês querem mesmo é um balacobaco, né!? Hahaha!

Não vou detalhar muito nesse post por questões pessoais (e de olho-gordo O.O hehehehehe), mas em breve publicarei mais capítulos da novela! A questão básica é: sim, ainda estamos together!!! Sobrevivendo a uma relação bem da esquisita, mas feliz :) Ainda nos falamos todo santo dia, o que exige esforço das duas partes, considerando que temos vidas diferentes, fusos horários diferentes e às vezes até falta de assunto, mas isso, tirando a parte do fuso horário, qualquer casal precisa enfrentar.

Eu não estou vivendo um conto de fadas e nem faço planos mirabolantes para um relacionamento difícil como esse, mais ainda agora que voltei, acho. Mas coloquei na cabeça que vou viver um dia após o outro e enquanto estiver me fazendo bem e eu estiver feliz, ok! O dia que esperar e se esforçar tanto não valer mais a pena (espero que nunca aconteça), eu saio fora, ué. Ninguém tá me obrigando a fazer nada, portanto… vivo no meu ritmo! O mundo tá escasso de homem bão e minha rédea chega lá na Zoropa, então seguro o que eu tenho… desistir não é uma opção… pelo menos por enquanto! Concordam? haha

Quase todos os dias as pessoas me perguntam o que a gente vai fazer da vida e blá blá blá. Eu ainda tenho 2 anos de faculdade pra terminar, ele não vai se aposentar do exército SO SOON e nem a pau eu me mudaria pra Inglaterra pra ser sustentada por homem, ainda mais indo sem amigos, sem famíila, sem ninguém. Eu ficaria 100% dependente da vida dele e isso não é pra mim. Posso até começar como bartender com foco em gerência de bar, mas ficar lavando e passando… no, thanks! Então, quase sempre a minha resposta é… “não sei”! Simples assim! E eu estou bem e feliz e bem resolvida com isso. Ah, e por enquanto ainda acho que dei sorte e encontrei um bofe que vale a pena qualquer espera, qualquer esforço, qualquer tipo de dedicação… e acredito, por tudo que ele faz, que pensa o mesmo de mim, afinal as mina inglesa devem ser o ó.

Analisando o caso de diversas amigas, tanto as que fizeram parte da minha vida americana quando as velhas parceiras aqui do Brasil, percebi que distância é o “menos pior” dos casos. Às vezes a gente se dedica totalmente a uma relação que se vê todo dia ou todo final de semana e 2 ou 3 anos depois simplesmente não dá certo. Eu mesma já estive numa relação longa, fazia planos e tudo mais… e um dia simplesmente não rolou. Nem teve motivo, simplesmente desgastou, perdemos o interesse, paramos de nos dedicar, de nos esforçar e entramos num consenso de terminar. Fica aquela coisa “acostumada”. WE NEVER KNOW!

Às vezes bate um desespero estar tão longe, aquela vontade de dividir uma coisa que está acontecendo right now ou querer que a pessoa esteja com você num lugar ou momento específico e não ter jeito de solucioanar isso, além de encarar a barra sozinha. Mas se a pessoa vale a pena, vai compensar todos esses momentos de ausência… e é isso que eu sinto quando tô com o tal do inglês! Talvez eu esteja errada, até mesmo porque a gente não se encontra com tanta frequência, mas até hoje todas as vezes que nos encontramos, mesmo que fosse no Skype e tudo que ele fez e faz por mim dentro da vida louca que vive, tem muito mais valor do que tudo que já fizeram por mim até hoje. E é uma coisa que só eu sei, só eu vivo… então, vamo que vamo!

Terei novidades sobre isso em breve, aguentem as pontas aí.

Agora a parte chata do blog: minha vida sem o brilho citado aí em cima, hahaha!
Como não consegui voltar pra faculdade esse ano, quer dizer, até consegui, mas não valeria a pena por causa de grade horária zuada e tudo mais, tô meio à toa aqui ainda… e tá fueda! Nem reativei meu celular poque não tenho certeza que conseguirei pagar a conta todo mês, hehehehe! Enfim, resolvi que daria aulas de inglês! Uma amiga até me indicou numas escolas, mas ainda não mandei nada, pois resolvi considerar uma outra opção um pouco melhor. Mandei currículo e no mesmo dia já me chamaram pra entrevista!

Hoje fui lá, gostei muito e fiquei bem animada! Espero que dê certo. Acho que amanhã terei a resposta! Torçam por mim!!! Vai dar uma mudada na minha vida de leve e acho que tem a cara desse blog! Vamos ver, vamos ver… caso não der certo, vou tentar outras coisas na área (depois eu conto o que é) e pegar umas aulinhas de inglês para continuar no ritmo e não ficar parada até a faculdade começar de novo ano que vem…. boa sorte pra mim!

Por hoje é só, minha gente!

Beijos!!!

 

 

Comentários

Comentários

46 Comments

  1. Izadora   •  

    Oi, Bia! Tudo bem?
    Estou acompanhando seu blog a mais de uma semana, e depois de já ter lido MILHARES, ele foi o que mais me viciou. De verdade.
    Já abro a página assim que entro no pc.
    Sei que muitas meninas falam isso pra você e blábláblá, mas é diferente quando estamos aqui do outro lado, pensando em como toda sua experiência foi, imaginando como será as nossas.
    Estou no processo pelo agência Experimento. Estou muitíssimo ansiosa…
    Nem sei mais o que pensar sobre o programa, pois já pensei do pior ao melhor. E o melhor veio em mente quando li seu blog.
    Tenho 18 anos e vou deixar uma irmã gêmea companheirona aqui meu irmãozinho de 10 anos, família e meu namoro de 4 anos e tudo que tenho, pra viver esse sonho. Coisa que toda au pair faz, não sou a única, eu sei!!! :P
    Não sou nenhum pouco fresca, apoio todos os seus post e agora já tenho uma ideia do que me espera.
    E quer saber? Eu estou preparada!! (Pelo menos eu acho).
    Adoraria, de verdade, poder ter uma resposta sua e seu contato…Pois tudo que você passou me ajudou com minha auto confiancia auperiana, que não era das melhores! hahaha

    Fiquei aguardando ansiosamente seu post desde o último! E fiquei muito feliz quando vi que postou, vim correndo comentar, por achar que ia ser a primeira! hahahaha

    Então…que bom que você ainda está com o inglês. Eu REALMENTE acredito que amor resiste a distância, é por isso que vou namorando mesmo e SEM MEDO nenhum de nada, pois sei que o nosso amor vai prevalecer. E torço muito pra que o de vocês também!
    Sobre você estar parada: Dar aulas de inglês é uma ótima!! Super experiência. Eu já QUASE fui teacher, mas o salário não se encaixava nas circunstâncias. Vai por mim, ganha poucoooo!!! hahahaha

    Um beijo e boa sorte!!!
    Izadora

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Izadora! Que delícia, comentário grandão :P
      Gostei da sua garra, guria. Vá com tudo!!! Fico feliz que o blog tenha te ajudado de alguma forma :)
      O contato que posso te passar no momento é esse aqui do blog mesmo. Tem muiiita gente que me acha no Facebook, me envia mensagem por lá… outras até que me mandam e-mail. Pode até mandar, mas eu não garanto que eu vá responder! Não é de maldade, é porque acabo misturando com outras coisas da minha vida! Aqui respondo todo mundo sempre que posso, pode checar!!!
      Se tiver algo mais pessoal que você não queira falar em público, ok, me manda um email!!! Meu endereço é be.morgado@gmail.com :)
      Boa sorte na sua experiência e torço para que seu namoro dê certo. Se não der, aproveite mesmo assim, não é a morte.
      Eu fui pros EUA namorando, acabou não dando certo… aí conheci meu atual namorado quando tava lá, arrumei outra coisa à distância e agora tá dando certo. A gente nunca sabe, pois cada caso é um caso!!!
      E sobre ser professora de inglês, é por causa do salário mesmo que considerei outra opção, hahaha Mas pelo menos é divertido!!!
      Beijão!

  2. Izadora   •  

    Bia, Obrigada por responder. Entendo e respeito totalmente sua privacidade!!

    Só queria uma opinião:

    O app do Experimento requer uma carta para a Host Family.

    Se eu te enviar por e-mail, seria MUITO trabalho me dar uma posição?

    Tenho um blog também, mas ninguém lê! kkkkkkk. Sério. Só meu namorado! :P

    Como você fez pra ficar tão famous? hahahaha

    Beijo!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Todos os applications precisam de uma carta pra host family. Essa é a parte mais importante, é onde você se apresenta, mostra o que quer e tudo mais.
      Pode me mandar por email, eu te dou uns toques! :)

      Hahaha eu não sou famous, menina!!! Se você acha, você tem que me dizer, ué!!! hahahahaha Morri de rir contigo!!! hahahaha

  3. Juliane Mendes   •  

    Oi Be!!! Nossa menina, não acredito que vc já voltou!! Acompanho o seu blog desde Junho. Não que acompanhe as tuas atualizações né rsrsrs mas já li todos os teus posts.
    Você foi super importante na minha decisão de qual agência escolher, (STB), e se teria mesmo capacidade de ser AuPair. Claro que eu sei que não é as mil maravilhas, mas acho que todos os perrengues sao otimos para a vida toda.
    No AuPair Circle, eu achei vc lá e asim te achei no FB, não quis add pois eu não gosto de add pessoas desconhecidas e imaginei que vc não iria gostar! hahaha
    Daaaaiii, eu vi que nosso Aniversario é no mesmo dia. OU SEJA, provavelmente somos parecidas, e tudo oq ue vc sentiu eu provavelmente sentirei!! Eu sou super emotiva e sensível kkkkk quero só ver…. Enfim, to entregando todos os meus papéis dia 17… pois estou terminando um estágio agora… :)

    POr sua causa tbm resolvi fazer um blog para MIM, claro que não escrevo tão bem quanto vc, mas escrevo basicamente para mim. Não imagino ser famous like you!!
    So, não vou escrever muito se não vc vai ficar com preguiça de ler!! EU tbm sou preguiçosa, mas amo ler :))

    Beijos ESPERO QUE VC ME RESPONDA HAHAHA,

    ps: já mandei e-mail, deixei recado no blog da STB, no AuPairCircle kkkkkk

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Juliane!!!
      Desculpe não ter respondido nos outros meios. Assim como falei pra Izadora no comentário anterior, assuntos relacioados a Au Pair, é mais fácil eu responder aqui no blog mesmo, que é quando sento a bunda pra focar nesse assunto. No email e Facebook, acabo dando prioridade pra outras coisas e esqueço!!!
      Fico feliz que sua papelada já está quase pronta! Vai dar tudo certo!!!
      E continue com seu blog, faça isso pra VOCÊ! Eu não tinha pretensão nenhuma em ter um blog lido por bastante gente! É uma delícia ler todas as experiências que voc6e registou depois de um tempão!!
      Beijos e desculpe novamente por não ter respondido antes!

      • Juliane Mendes   •  

        eu é que peço desculpas, pelo meu “desespero” hahahah

        mas agora ja estou calmissima, pelo menos uma vez vc me “viu” ahaha,

        virei sua fã, e realmente gostari aque vc fosse eternamente Aupair pra conar as tuas histórias deliciosas de ler :)

        Beijos e muuuito obrigada mesmo :*

        • Beatriz Morgado   •     Author

          Vira essa boca pra lá!!! Deus me livre ser Au Pair pra sempre huahuahuahuahua
          Ai, Juliane, você me fez me sentir péssima, nem te dei um oi!!! Prometo que vou tentar me redimir, não se desespere!!! hahaha
          Beijão!

  4. Jeh   •  

    Oie!

    Agora sim noticias desse Inglês, ja tava na hora! ahahaha.

    Fiquei MUITO feliz de saber que vcs ianda estão juntos e irei torcer para que isso ainda dê muitos frutos! Já tive um namoro a distância mas não chegou a ter essa intensidade que vc comenta toda vez que toca nesse assunto por aqui! Acho que não fui feliz na escolha da pessoa mesmo hahaha! Mas cada caso é um caso!

    Já fui convidada a ser teacher na escola de inglês que estudei desde criança, mas o salário não me deixou ir! Boa sorte com essa tua entrevista heim!!!

    Hj agendei minha entrevista pré consular… semana que vem to lá com os franceses, ai que medinho! Do jeito que sou desesperada vão me perguntar em francês e meus 3 anos de curso não vai ter servido de nada! hahahaha. Pq eu não escolhi fazer au pair em um país que se fala inglês mesmo? hahaha.

    Beijos!

    (agora sim quero saber que fim levou a host family afinal: primeiro o Inglês, depois a family, hahaha)

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Hahaha obrigada, Jeh!
      Ainda estou esperando a resposta da entrevista, vamos ver no que dá… acho que qualquer coisa é melhor que dar aulas de inglês, né!
      Boa sorte com seu visto e boa viagem pra você!!!

  5. Monique   •  

    Aii, que bom que o blog voltou.. pensei que nunca mais teria notícias suas.
    QUE ÓTIMO que você tá com o seu Inglês ainda, boa sorte e não desista mesmo. Todos os relacionamentos são cheios de dificuldades, independente da nacionalidade. E, como você disse, distância é a “menos ruim” de todas. Faz uma vaquinha pelo ou começa a vender alguma coisa (trufas, rifas, chaveiros, QUALQUER COISA) pra comprar uma passagem pra vc ir visitá-lo ainda esse ano. ehaiushuiehaiuhs, é uma ideia! =)
    Sobre o post passado, eu sempre achei que sua host family era um SACO e super exploradores, sério! Sei que é preciso mto “jogo de cintura” para convivermos com uma família completamente diferente, mas, poxa, QUATRO crianças, por si só, já era um trabalho extraordinário e, ainda assim, eles abusavam da sua boa vontade e viviam pedindo “extras” pra você. Já qnd você programava alguma viagem ou precisava de uma folguinha, era a maior dificuldade do mundo. Enfim, tô louca pra saber como foi quando você avisou que iria embora e, sinceramente, tô torcendo que você tenha ficado só de perna pro ar antes de ir, só pra compensar. #vingança :]
    Quanto ao layout, eu gostei!! =D hehehe
    Beijos, até mais.

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Vender TRUFAS HAHAHAHAHAHAHA quem nunca, né???
      Olha, minha host family não era das piores, viu? Perto de muita história que escuto, até parece que são santos… o problema é que o job era barra pesada e eles não tinham noção disso. Ou fingiam que não tinham!!!

      Beijo procê, Monique!!!

  6. ISIS   •  

    Olha eu aqui denovo toda animada pra ler sobre sua vida privada haiuhaiuiahiai ;*

    Eu recentemente decidi abrir mao de ir para os EUA como AuPair e optei por mudar para o Canadá por causa do meu boy. Se tudo der certo, vou com trampo qe ele esta agilizando por lá e fica tudo lindo :] Afinal, penso: se nao der certo, se eu nao me adaptar com o frio intenso, a cidade, o tipo de vida lá, largo tudo e igual vou para os EUA. HEHE. Vamos viver o que tem pra viver agora :)

    Estou na contagem regressiva e mal posso esperar por isso … tentei ter um blog já de viagens, fiz alguns posts, mas o resultado final foi blog parado! :( quem sabe agora que tb estarei no estrageiro eu escreva mais …haihaiauhuai

    Mas boto fé em vcs e acredito que num relacionamento á distancia a base é ter paciencia e manter o desejo de estar junto!!!

    Quando der pra ir, você vai !

    Eim me fale menine que curso vc faz mesmo ? Não li seus primeiros post contando da saída do Brasil (if there is) …lol – mas juro que quase mandei um coco pra ti :p

    Abraços e super boa sorte com o novo trampo/projetos :))

    xx

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Que legal, Isis!!! Você vai fazer o que no Canadá? Outro tipo de intercâmbio?
      Continue com seu blog, viu. Faz bem!!! Fica pra vida toda!

      Eu fiz publicidade e propaganda! Quer dizer, ainda tô fazendo. Eu tranquei a faculdade pr ir!!!
      Beijão e obrigada pelo comentário!

  7. Sibele   •  

    OI Beatriz,

    Tudo bem?
    Eu tenho 38 anos e gostaria muito de ser uma au pair no USA. Li em vários sites que a idade limite é 26. Gostaria de saber se voce sabe me informar se eu tenho alguma chance de conseguir ir para USA ser au pair assim mesmo. Vc tem alguma familia para indicar? E se eu encontrar uma familia que queira me contratar será que posso participar deste programa. Estou correndo atrás, mas fico insegura, pois as agencias dão mais segurança em relação as familias e o suporte que é dado. O que você acha? Tenho chance? Ah meu inglês é intermediário e estou me esforçando para ter um inglês avançado. Obrigada

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Sibele!
      Não sei se suas chances de ser Au Pair são grandes, viu :/ Não há nenhuma agência que trabalhe com meninas acima dos 26 anos, o que você pode tentar é ir por conta própria se cadastrando em sites tipo GreatAuPairc.com, Care.com e tudo mais. Se sua experiência com kids for bem grande e seu inglês suficiente, acho que até consegue algo!
      EU não iria sem agência de jeito nenhum para os EUA. Acho muito arriscado, pois é eles que estarão lá pra te socorrer caso qualquer coisa dê errado. Acho que para outros países, como França e Holanda, ir sem agência é mais comum… só pesquisar.
      Desculpe não poder ajudar muito!!!

  8. Thamilis Nascimento   •  

    Beatrizz ( Biaa)
    Entaoo estou super indecisa quanto ao Intercambio , tenho muita vontade de fazer AU PAIR , mas tambem quero cursar outra graduação na Area de Comunicação/ Ciências Sociais e gostaria de estudar nos STATES !!! Tipoo , sei

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Thamilis, acho que sua mensagem cortou pela metade!!! Fiquei curiosa hahaha

  9. Andreia Pires   •  

    Oi Bia! Tudo bem?

    Acompanho seu blog desde de antes de vc embarcar e adoro! Está de parabéns! =) eu já estou finalizando meu ano de au pair, alias, faltam menos de 2 semanas para meu embarque de volta pra terrinha! =O Incrível como um ano VOA! Enfim, to quase tendo um treco aqui arrumando as malas, fazendo as ultimas compras, ultimos passeios, fazendo milagre com nosso pobre salarinho. E uma coisa que eu fico bastante curiosa é com relação as malas na alfândega brasileira. Estou com 4 malas + carry-on e to com um feeling de que vou precisar da quinta mala e além das minhas coisas (que são muitas), estou levando presentes e algumas encomendas da minha família (roupas, perfume, essas coisas) e ora fico confiante de que eles nem vão olhar pra minha mala, ora fico cagando de medo de resolverem fuçar em tudo e querer taxar alguma coisa. Como foi contigo quando vc voltou? Foi tranquilo ou encrencaram com alguma coisa?

    Valeu e boa sorte no na sua nova etapa!

    Beijão

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Andreia! Obrigada!!!
      Que delícia voltar pra casa, hein! Eu passei por tudo isso que você tá passando, hahaha
      A alfândega foi tranquila, mas eu tava morrendo de medo. Voltei com 2 iPads, Xbox, computador, uma impressora… haha mas foi tranquilo, nem olharam, nem passou no Raio X, acho!!! Mas eu imprimi a lei dizendo que por ter morado mais de um ano nos EUA, poderia trazer tudo que trouxe e tudo mais. Mas nem precisei usar!
      Boa sorte!!!

  10. Natália   •  

    Beatriz! Você está de volta, menina! Eu adoro o seu blog e o leio desde o ínicio. Suas histórias são incríveis e me fazem ficar imaginando como será quando for a minha vez! Haha.
    Ai que lindo você e o seu inglês, felicidades pros dois!
    Beatriz, tenho 18 anos e estou pensando em dar início ao processo para ser uma Au Pair assim que pegar minha CNH, já comecei as aulas e blablabla… Mas tá batendo um medinho porque eu não comecei a faculdade ainda, então estou indecisa se começo, curso uns 6 meses, 1 ano tranco e vou, ou se vou sem começar e seja o que Deus quiser… Preciso da sua luz! Me dê uma opinião? Hahahaha, beeeeeijos!!!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Ai, Natáliaaaa! Isso é de cada um… difícil de dar uma direção, viu!!!
      Eu acho que você deveria começar a faculdade, trancar e depois ir, até mesmo porque não aconselho NINGUÉM menor de 21 anos ir pros EUA! Não há vida para menores de idade!!!! Faça faculdade e assim que completar 21 vc vai!
      Isso é só o que eu acho!

  11. Paty Waetge   •  

    Que delícia entrar aqui depois de meses e ver que tem post novo =]

    Bem vinda ao clube das Au Pairs aposentadas!!!

    Vi no fb que vc voltou e fiquei curiosa, mas não quis ficar perguntando nada haha Afinal, vc tem um blog onde conta tudo, e se não tinha colocado aqui ainda né…

    E parabéns!!!!! Parabéns pq vc foi guerreira MESMO como Au Pair!
    Olha, eu também fui! Haha 12 horas por dia com twins is not easy! Alias, qualquer menina que se submete a ser Au Pair e aguenta é guerreira, né! Mas você ganha fácil, deve estar no top 10 de Au Pair resistente!
    E parabéns também pelo namoro e pelo jeito bacana que encara a situação! Tbm tive um namoro a distância (nem tanta) e sei como não é fácil, só vivendo dia após dia mesmo, e aguentando perguntas “como vocês conseguem? o.O”. Bom, conseguimos pois temos um namoro a distancia muito mais saudável do que muito namoro “próximo” por aí! E o que eu sempre dizia: prefiro estar junto e longe, do que sem ele.

    É isso aí!!! Um dia ainda quero te encontrar pra gente trocar figurinhas Au Parianas!!!

    Boa volta e boa sorte em tudo! Beijo

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Patyyy, seus comentários são sempre inspiradores! hahaha Nada como Au Pairs veteranas que passaram por tudo que eu passei!
      Muito obrigada, viu! Vamos nos encontrar com certeza. Tô querendo organizar um meeting para Au Pairs aposentadas. Levarei chá, bolachas e tricô!!! hahahahha
      Beijo enorme!!!

      • Paty Waetge   •  

        Nossa eu fecho um retired Au Pairs meeting!

  12. Camilla   •  

    Oi Beatriz, tudo bem? Assim como as meninas aí em cima eu também te tentei falar contigo pelos outros meios, mas enfim. Menina seu blog é muito bom, faz mais ou menos uns 15 dias que estou totalmente viciada, ligo o note e corro para cá dar uma lida, é viciante! Parabéns, suas histórias, o jeito que você escreve é demais, sensacional!
    Mas vamos ao que interessa, estou me programando, correndo nas agências, estudando inglês igual louca para em fevereiro/2013 dar entrada nos papéis pro intercâmbio, mas sabe como é estou com um monte de dúvidas, estou entre 2 agências a CI e a STB, queria falar com você sobre isso, queria umas dicas. Ainda estou com medinho de deixar tudo aqui sabe, mas ao mesmo tempo sei que é uma oportunidade ótima, ai preciso de ajuda hahahaha. Se não for pedir muito, tem como trocarmos e-mails para eu tirar essas dúvidas?
    Beijão, e continue escrevendo suas histórias no blog, elas me motivam, super me emocionam, é muito bom!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Camilla!!!
      Não garanto que vou conseguir responder todos os seus e-mails, aqui no blog é o jeito mais fácil de eu conseguir responder todo mundo e dar a atenção que cabe!!!
      Mas pode me escrever! Se você não receber resposta, saiba que não é por maldade, é que acaba misturando com coisas pessoais, deixo pra depois e acabo esquecendo!
      Sei como é estar no seu lugar de de todas as dúvidas que surgem, então espero poder te ajudar de alguma forma.
      Meu e-mail é: be.morgado@gmail.com

  13. Camilla   •  

    Oii Bia, tudo bem então, aí vão algumas perguntas, um pouquinho de vergonha em perguntar “em público”, mas as vezes a minha dúvida por ser a de outras hehehehe.

    Como te disse estou entre a CI e a STB. Perguntei para a menina da STB se teria tempo durante o treinamento para sair, conhecer NY e tudo mais, ela me disse que tem um tour e tal, mas disse que não é nada demais, eu li o seu post sobre o treinamento, e eu tipo super sonho com NY, então por isso estou com um pézinho na CI que o treinamento é feito em NY mesmo, eu sei é bem fútil o motivo, até porque as duas são pela Au Pair Care. Queria saber sua opinião.

    Só o que me deixa meio assim com a CI é o seguinte, terei apenas 1 fds de folga por mês, enquanto que na STB eu terei 1 dia por semana e mais 1 fds por mês é isso né? E daí vem a dúvida, se eu terei 1 fds apenas de folga acho que terei mais trabalho, ou não? Porque você preferiu a STB?

    Outra coisa, quanto tempo mais ou menos você levou para curar a homesick? Guria, sou meio sentimental sabe, tenho medo de ficar mega deprê lá, e não aguentar!

    E o meu outro problema, tipo é o que mais me deixa pensando, é o meu namoro :( namoro a 5 anos e 3 meses, daí bate aquele medo de voltar e não ter mais isso né. Tipo conversei com a minha mãe e ela foi bem realista, sincera, falou que eu tenho que ir com o pensamento de que eu posso voltar e não ter mais meu namoro. Cheguei a falar com meu namorado, mas sabe como é, enquanto estou aqui é aquela história, “relaxa, vou estar te esperando, eu te amo”, mas e quando eu estiver longe? Fiquei pensando por dias e tive a ideia de terminar antes de ir, para tipo não correr o risco de decepções acontecerem, só que simplesmente eu to perdida, não sei se é melhor terminar antes de ir, ou se é melhor continuar e correr o risco. Ai é difícil. Mas também acho que não posso perder uma oportunidade como essa sabe, é a chance de aprender inglês, esquecer a faculdade que assim como você eu não suporto mais a minha, eu to cansada das aulas, das pessoas, uiiiii. E aí, tem um conselho para mim?!

    Beijos

  14. Gabriella   •  

    Bom tê-la de volta!
    Bem vinda ao Brasil (mesmo que esteja falando isso um pouco tarde)!

    Boa nova caminhada pra você e não pare de nos encher com suas doces abobrinhas de quem gosta de escrever! :DD

  15. Marina   •  

    Oi, Beatriz. A minha pergunta é a seguinte; a STB tem um bom suporte pra Au Pair nos EUA? Porque minha irmã foi pela Experimento ano passado e a APIA paga pras LCCs, ou seja, elas não são voluntárias; e na STB elas são, e algumas meninas reclamam que quando querem re-match ou precisam de alguma ajuda, elas demoram pra responder e tal.. Outra pergunta; eu tenho 18 anos e estou terminando de tirar minha CNH ainda (até eu tirar ela e a PID, vou ter 19), e você disse que não aconselha ir com menos de 21. Mas, é só pelo fato de não poder entrar em bares e não poder beber e etc? Porque se for isso, eu to de boa. Já não bebo aqui, que com 18 anos é permitido, imagine lá que é proibido para menores de 21. E eu sou introvertida, então as coisas que mais faço é cinema, livraria, cafeteria, museus, parques e tal. Eu estou fazendo um curso técnico de informática para internet e aí eu trancaria o curso pra ir e terminaria quando voltasse. Então, vale a pena?

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Marina!
      Você está certa! O STB é uma EXCELENTE agência no Brasil, tenho certeza que você será bem orientada e bem atendida, mas quando chegamos nos EUA, são outros 500. Aí o STB não tem mais nada a ver, é com a Au Pair Care que você vai ter que lidar.
      A Experimento trabalha com a APIA e lá ás LCCs não são voluntárias, como você falou… e por isso acredito que o suporte seja 200% melhor! Se não for, pelo menos você tem pra quem reclamar.
      Eu acho que a APC deixou a desejar quando eu fui… se hoje eu tivesse todas essas infos, teria ido pela APIA.

      Pois é, não aconselho ser menor de idade. Não beber, ok, mas o problema é que nos EUA você não pode nem entrar nos lugares, não importa se vai beber ou não.
      Aí suas amigas vão pra um barzinho e mesmo que sua intenção seja só beber coca cola, não vai poder ir porque sua entrada é proibida.
      E às vezes os restaurantes expulsam todos os menores de idade depois de uma certa hora. Imagina vc sai pra jantar com as amigas, elas resolvem estender a noite pra dançar um pouquinho no restaurante que \”vira balada\” depois das 10 e você ter q ir embora?!
      Mó chato! Eu digo pelas meninas que saíam com a gente e isso acabava acontecendo.. eu morria de dó.

      Pode ser que você seja mais introvertida, mesmo… mas vai ter uma hora q vc vai querer fazer amizades, sair pra descontrair e, caso não ache alguém que tenha o mesmo ritmo que você, vai acabar ficando soziha.. a não ser que tenha a sorte de morar perto de outras meninas menores de 21!
      Essa é só minha opinião… mas cada um se conhece melhor do que qquer pessoa :)

  16. emanuelle   •  

    Oi Bia, eu sempre li teu blog e nunca comentei aqui. ADOREI que tu voltou a postaar, e acho um máximo teu gosto pras coisas aqui no blog, é tudo sempre muito agradável de se ver. E tenho duas dúvidas pra te perguntar, a primeira: tu gostou de ir pela STB? vale a pena? E a outra: esse teu domínio é pago? bjssss e boa sorte na nova jornada aí.

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Emanuelle!
      Eu gostei do STB, fui muito bem atendida na agência de Campinas… mas o que conta mesmo é a agência americana que, no caso, o STB e a CI trabalham com as mesmas.
      Eu acho que a agência nos EUA deixou muito a desejar. Se hoje eu tivesse todas as informações em mãos, teria pago um pouco mais e ido pela Experimento, em que a agência americana é muito melhor… as coordenadoras vivem disso, enquanto nas ag. do STB e da CI, são todas voluntárias e meio que \”trabalham quando querem\”.
      E sim, meu domínio é pago :)
      Beijos!

  17. Carolina   •  

    Oi Beatriz!!
    Entrei no seu blog mas não estou muito interessada na sua história com seu namorado, até por que eu não peguei do inicio, apesar de parecer muito legal da parte que li e dos comentários das meninas. Mas pra falar a verdade estava querendo saber sobre sua experiência na Au Pair, se você gostou, se te ajudou tanto como pessoa quanto na linguá, como você arranjou amigos se só trabalhava em casa,como era seu tempo livre, qual o melhor lugar para fazer a Au Pair, entre outras coisas. Por que estava querendo muito fazer intercambio para me ajudar no inglês, mas as agencias que vi estavam muito caras. Um dia acabei descobrindo essa forma de intercambio, achei muito legal e interessante queria perguntar pra alguma menina que já teve essa experiência. Estou meio insegura de ir sozinha,não sei como é o esquema deles, nem enviei um email pra eles ainda,por que queria ouvir de um menina que já foi, sera que você poderia me ajudar??

    Obrigada pela atenção!!
    Se preferir responder no meu email é esse:
    karol.zamprogno@hotmail.com

    Bjs

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Carol!
      Obrigada pelo comentário!
      Pode deixar que vou escrever mais sobre a minha vida de Au Pair…
      Em relação às suas perguntas, com certeza a experiência me ajudou muito a amadurecer e, é claro, a melhorar meu inglês. Muitas meninas conheci pelo Facebook e todas as agências organizam encontros mensais com todas as Au Pairs da sua área. Muito fácil fazer amizades! E você tb sempre tem acesso a uma lista com nome, nacionalidade, telefone, email e endereço de todas essas meninas… você pode contatá-las assim que chegar nos EUA.
      Tempo livre depende de onde você mora e das suas preferências… já contei bastante das coisas que eu fazia aqui no blog. E não sei qual é o melhor lugar pra ser Au Pair. Eu morava num lugar horrível, mas tinha amigas ótimas e curti muito tudo que vivi lá. Tenho amigas morando na Califórnia, o lugar dos sonhos de todo mundo, mas que estão super infelizes pq não tem mta amizade, pq estão em familias loucas e coisas do tipo. Depende de um conjunto de coisas.
      É isso! Fique à vontade para tirar suas dúvidas por aqui :)

  18. Karim   •  

    Bia, sei que todo mundo acompanha seu blog, minha amiga me indicou o blog porque eu estou passando uns perrengues sinistros pra conseguir ser au pair. E o primeiro post que li foi justamente sobre algo que estou passando, eu também tenho um boy que mora longe, só que o meu mora em Illinois, todo dia conversamos por skype, isso já tem 7 meses completaremos 8 amanhã, nunca tive relacionamento mais sério, tem horas que é muito dificil, tipo nos momentos em que tudo desaba e você só quer a companhia da pessoa lá. Enfim sei o que você está passando.
    Beijos

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Karim!
      Sinto muito pelos perrengues que você anda passando, acho que entendo bem o seu lado, viu…
      Obrigada por compartilhar sua história e boa sorte em tudo!

  19. bruna   •  

    Bia, conte pra gente como foi falar com a HF…estou na mesma situação, mas nao sei como falar pra ela que quero ir embora… =/

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Bruna!
      Espero que você já tenha resolvido sua vida aí, guria!!! Sei como isso é difícil…
      Esse assunto é bem delicado, mas pode deixar que vou compartilhar minha experiência aqui. Só quero organizar direitinho minhas ideias!
      Beijão e boa sorte

  20. Amanda Luísa   •  

    Oi Beatriz,tudo bem? Tava sonhando com a vida de au pair e você me fez colocar o pé no chão porque lendo seu blog vi que nem tudo vai ser mil maravilhas,mas acho que to preparada! ahahaha sei que você não gosta de responder perguntas sobre quanto gastou e tudo mais,mas você poderia responder se você (sobre)viveu lá só com o salario de au pair ou seus pais te ajudaram? Obrigada :DD

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Amanda! Fico feliz que esteja preparada para encarar a realidade, pois realmente não é nenhum país das maravilhas hahaha
      Meus pais não me ajudaram, mas eu tinha uma grancinha extra de um trabalho que fazia pela internet lá dos EUA mesmo! Não era muito, mas com certeza dava uma ajuda na hora de bancar minhas viagens! :) Beijos!!!

  21. Brisa   •  

    Oi!!
    Se existisse um top 5 de blogs auperianos, vc com certeza estaria dentro do pódio rs Pretendo ser au pair assim que terminar a faculdade em 2013 e há algum tempo venho “favoritando” sites e blogs interessantes como o seu. Esse comentário é mais de agradecimento pelo investimento ( de tempo, esforço, dedicação e etc.) neste espaço, pois acaba ajudando…e muito, as futuras/possíveis au pairs (sem contar que deve ser maravilhoso ter um diário assim, onde as recordações e lembranças estão guardadinhas! penso em escrever um quando for também, mas falta coragem pra pensar em publicar, tipo em blogs hehehe). Fico feliz que sua jornada tenha acabado com um saldo super positivo! fico feliz também que seu Inglês ainda esteja ai, nesse perto longe, dando certo e espero que essa experiência te traga muitos frutos seja no Brasil ou afora pelo mundo.
    Tem blogs assim, que são uma verdadeira inspiração!;) Parabéns, Beatriz. :))
    Bjs

    • Beatriz Morgado   •     Author

      AI GENTE, mais um comentário gracinha!!!
      É por causa de coisas assim que nunca perdo a vontade total de escrever e compartilhar meus \”causos\” com vocês!
      Obrigada mesmo pelo comentário e pelas palavras, Brisa!
      Meu ego tá ficando gordo! rs
      Beijãozão!!!

  22. Vanessa   •  

    Biaaa, que legal entrar aqui e ver que você voltou a ativa hahaha
    Acompanho o seu blog desde o início, o achei por acaso e viciei! Acompanhei todas as suas histórias e é estranho ver o “desfecho” de tudo isso. Mas quero te parabenizar por tanta GARRA! Você é um belo de um exemplo pra todas essas meninas que tem esse sonho.
    Assim que comecei a ler o seu blog eu me animei MUITO pra ser aupair, mas como já dizia o CPM 22 “O Mundo dá Voltas” e tive uma oportunidade incrível aqui no Brasil e decidi agarra-lá com unhas e dentes, deixando esse sonho de morar fora um pouquinho de lado.
    Enfim, só quero te agradecer por manter esse espaço e ajudar tantas meninas (como eu um dia) a seguir esse sonho.
    Tudo de melhor sempre na sua vida, você merece DEMAIS!! E continue com esse espaço, você é muito querida!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Vanessa!!!
      Que comentário mai fofo!!! Muito obrigada pelas palavras, viu! Te desejo em dobro tudo isso e fico feliz que uma oportunidade mara tenha aparecido pra vc aqui no Brasil!
      Muito sucesso na sua vida e, mais uma vez, obrigada pelo apoio :)
      Beijo gigante procê!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *