Minha viagem pro Reino Unido!

stonehenge

Oi, gente. Sei que prometei voltar e quando o blog tava começando a engrenar de novo, eu sumi! Mas garanto que foi por uma boa causa!

No final da semana em que escrevi o último post, fui para o Reino Unido ver meu namorado e fiquei por lá 17 dias! Esse era o “plano” que não quis comentar antes, até que estivesse tudo certo. Eu até tentei começar um post enquanto estava lá, mas acabei não terminando e agora ficou super ultrapassado!

Foi tudo perfeito! Conseguimos passar bastante tempo juntos e fazendo coisas de casais normais, tipo sair pra jantar no meio da semana; passar o domingo inteiro assistindo filme, dormindo e comendo pizza do dia anterior; passear com o sogro e a sogra; assistir X-Factor e torcer pela pessoa que provavelmente sofreu bullying na infância, mas que canta bem; assistir a um jogo de futebol importante e ficar perguntando de que lado do campo nosso time faz gol; reservar a sexta-feira pra jogar Monopoly e beber cerveja; competir seriamente num jogo de sinuca e coisas do tipo.

Como consegui ficar tanto tempo longe dele? Eu sou mais forte do que imaginava, viu. Ou essas pequenas coisas valem tanto a pena que 6 meses longe mal chegam a fazer cócegas na saudade (mentira, quase morri).

Além dos momentos “normais”, ainda passeamos um montão!!! Considerando que ele mora literalmente no MEIO DO NADA, mas no maravilhoso “British countryside”, aproveitamos bem o tempo que tivemos.

Fomos para Brecon Beacons, um parque nacional que fica no País de Gales, aquele que a Princesa Daiana reinava. Tá certo falar reinava se é uma princesa, não uma rainha? Enfim, vocês entenderam.

Fomos pra lá escalar uma montanha. Ideia de girico do meu mino, né. Ele disse que era sussa, que sempre fazem isso nos treinamentos do exército, mas acho que às vezes ele esquece que não sou um soldado, sou a mina dele que não aguenta subir 10 metros de montanha!!! Mano, eu quase morri. Sério, meu coração começou a bater muito weirdly, achei que ia ter um treco. E ele lá, me empurrando pelas costas, desistir não era uma opção! Hahahaha! Aí a chuva e o frio começaram a apertar, GRAÇAS AO BOM DEUS, e ele disse que era melhor a gente descer, pois com certeza ficaria pior… ufa. Mas eu amei muito!!! Fiquei bem pertinho das ovelhas, bichos que estão everywhere no Reino Unido, e ainda curti o maior visual. Queria que não cansasse tanto subir naquele treco, viu… deve ser lindo lá do topo. Fiquei frustrada quando descobri que não subi nem 1/15 da montanha. Que shame!

Eu na montanha! Só tô sorrindo na foto porque estávamos na descida.

Depois de Wales, fomos dirigindo para a Escócia visitar a mãe dele. Ficamos só 5 dias lá, mas eu ficaria para sempre!!! Millport, em Isle of Cumbrae, é simplesmente um dos lugares mais lindos que já fui na vida! É uma ilha bem pequena, com apenas 1000 habitantes, e é necessário pegar uma balsa para ir da cidade de Largs para Millport. O contorno da ilha tem apenas 10 milhas e conseguimos fazer o circuito todo com as bicicletas que alugamos! MARA!!! E é lá que fica a menor catedral da Europa! Vocês imaginam quantas catedrais tem na Europa? Devem ser centenas… eu visitei a menor de todas! Muito bonitinha. E nem era tão pequena assim…

Largs, onde pegamos a balsa para a ilha

Eu sentada na Crocodile Rock em Millport, Isle of Cumbrae

Nossas bikes!

Além da ilha, fomos para a cidade de Stirling, passando pela famosa Glasgow, para visitar o famoso castelo de Stirling e o monumento do Willian Wallace. Achei o máximo!!! Aprendi um monte sobre a história da Escócia e do Reino Unido em geral, além de que sempre tive vontade de visitar um castelo de verdade. Tem coisa lá construída no século XV, quando o Brasil nem sonhava em ser descoberto!!! Não é estranho pensar que quando ainda nem éramos um país, já tinha castelo de pé e guerra rolando em outros continentes??? BIZARRO.

Vista do Stirling Castle. Zuada, né?

Scottish me!!! lol!

Depois da Escócia, fomos para Liverpool visitar a avó dele, que é uma querida!!! Da última vez que nos vimos, ela estava de mudança para o lugar onde mora agora. É um condomínio exclusivo para idosos, que possui enfermeiras 24h para os que precisam de atenção especial, tem salão de beleza, biblioteca, eventos diários no salão (bingo, quiz e até karaokê), um bistrô e playground para os netos e bisnetos dos velhinhos poderem curtir enquanto visitam os avós. Além disso, tem área externa com estufas, onde os moradores podem montar sua própria horta ou cultivar flores que gostam! Achei o máximo!!! E pelo que meu namorado disse, é um lugar bem barato, nada de luxo… é uma opção econômica para os idosos viverem em segurança e conforto. Achei super legal. Quando eu ficar idosa, quero morar num lugar assim!!!

A avó dele, pelo jeito, conhece todo mundo do condomínio! Enquanto o Tom, meu namorado, aproveitava pra passar um tempo com o irmão, que quase não vê, a avó me puxou pela mão e me levou na casa de todas as amigas!!! Me apresentou pra todo mundo como “Beatrice, Tom’s Brazilian girlfriend”. Todo mundo parecia já me conhecer, me trataram suuuuuuper bem, me encheram de perguntas, me mostraram fotos dos netos, me deram “a bença” e, é claro, insistiram umas 10 vezes para que eu tomasse um chá. Coisa de britânico! Achei legal que ela, a avó, parecia lembrar de tudo que conversamos 6 meses atrás, pois fez o maior relatório de mim pras amigas! Na época, eu ainda era Au Pair e com certeza devo ter comentado das crianças e tal. Ela lembrava que eu cuidava de 4 e que morei na Pensilvânia. Impressionante para uma velhinha que já passou dois oitenta!

Foi um dia muito legal! Até fiz um freela de Au Pair, pois o sobrinho do Tom não desgrudava de mim. Ele tá tão enorme!!! Da última vez, tinha 2 anos e meio, idade que meus babies estão agora… e agora já tá com 3. Não parece, mas faz muita diferença. Ele já fala direitinho, entende tudo. Uma graça. Queria levar pra casa!!!

Depois da semana de férias na Escócia e em Liverpool, o Tom teve que voltar a trabalhar. Eu ficava sozinha na casa o dia todo e ele voltava à noite. Ficava assistindo seriados (minha conta do Nexflix funcionava com a biblioteca britânica no iPad!!! Delirei, achei milhões de coisas novas pra assistir!!!), aproveitei pra lavar umas roupas (minha primeira experiência lavando cueca de marido: checked), arrumava a casa e ficava lá curtindo a maior preguiça. Quando ele chegava à noite, fazia uma cena bem Família Dinossauro: “Querida, cheguei!”. Funny!

Aí ficávamos na sala conversando com os outros meninos que moram com ele, dois queridos. Os dois são casados e tem filhos, só ficam na casa durante a semana e de sexta à noite voltam para suas esposas, que moram a ums 3h de distância. Conheci as duas num fim de semana em que os meninos tiveram um evento do trabalho e nós ficamos em casa. Adorei, foram super queridas comigo :)

Nesses 17 dias, afirmei algo que já suspeitava: meu mino é um chef de cozinha brilhante!!! Todo dia tinha rango bão! Ele não come nada congelado, nada artificial, nada feito de qualquer jeito. Agora entendo porque ele é tão fresco com restaurante: é porque ele sabe que consegue fazer melhor. E estou aqui pra comprovar. Sei que o Reino Unido tem fama de ser mal de cozinha, mas aí depende de onde você come… tanto que muitos chefs famosos são britânicos, como o Jamie Oliver e, futuramente, meu namorado! Hahaha!

Eu fazia questão de ficar com a louça pra lavar depois de todo o trampo que ele dava pra cozinhar pra nós dois aquelas coisas super elaboradas (ok, nem eram tão elaboradas assim, mas como eu mal cozinho uma batata, acho tudo elaborado). No dia que ele teve que trabalhar até mais tarde, resolvi arriscar e fazer um bolo de brigadeiro surpresa pra gente comer de sobremesa depois da janta mara. Ele A-D-O-R-O-U, ficou todo bonitinho me agradecendo pelo bolo mó tosco que fiz, hahaha Acho que sou uma ótima namorada. Não sei fazer aqueles pratos lá, acho que mal sei cozinhar um arroz, mas chocolate sempre agrada, né?

Agora vejam só o desastre de pessoa que eu sou: um dia, a internet pifou e tivemos que ligar pro cara da companhia arrumar o treco. Ele só podia vir numa terça-feira À TARDE, enquanto todo mundo está trabalhando, menos eu. Aí fiquei com a tarefa de receber o cara da internet. Já acordei super nervosa. Morro de medo de não entender o que as pessoas falam ou elas tirarem sarro do meu sotaque, ou sei lá. Fiquei com medo de fazer burrada e acabar pifando mais ainda a internet.

EIS que 8 da matina toca o telefone e não entendo lhufas do que a pessoa do outro lado da linha fala, aí imaginei que fosse o cara da internet e disse: “Are you the guy who is coming to fix our internet?”, aí ele: “Yep and I am lost”. Aí eu: “Are you serious? I don’t know how to explain to you how to get here… you are going to see a church, a graveyard and the house is right next to it!!!” Aí ele: “Ok, I think I am here”.

Meu coração já tava quase tendo um ataque nervoso só de pensar em explicar o caminho da casa (que eu não tinha nenhuma referência além da igreja e do cemitério) pro caipira britânico com meu inglês zuado.

Aí vi a van dele na porta, abri, ele mostrou a identificação da empresa e mandei entrar. Aí ele logo sujou o carpete INTEIROOOOOOO de lama e viu minha cara de “putaquepariu”. Aí ele: “Better take my shoes off, hehehehehehe”. MANO QUANDO O NEGO TIROU O SAPATOOO NOSSAAAAAAAA quase tive um ataque de riso!!! Ele tinha uns 3 metros de altura e uns 35 anos, mas tava usando uma meia azul de estrelinha vermelha! Acho que ele pegou da gaveta da filha mais nova, que deve ser pezuda, pensando que jamais tiraria o sapato no trampo!!!

Pra não rir, pensei em crianças na África, na bomba de Hiroshima, no Ganso indo pro São Paulo e todas as coisas tristes do mundo… aí comecei a explicar o problema da internet, tentando não olhar pro pé do moçoilo.

Gente, ele tinha um sotaque MUITO do norte e eu só conseguia entender 40% da maioria das frases, o que me deixou em pânico. Quando ele começou a me perguntar umas coisas meio técnicas, falei “Why don’t you just call my boyfriend and ask him all these stuff???” Aí passei o telefone do Thomas e eles conversaram lá. O Thomas já tinha me falado que era pra ligar mesmo se ele me perguntasse qualquer coisa, então já repassei o problema.

O cara ficou quieto, foi lá no telhado da casa mexer nas fiações e me deixou em paz. Quando ele já estava há umas 2 horas perambulando por lá, do nada passa na sala e me solta tipo: “Quais são os principais produtos que o Brasil exporta?” DO NADAAA o nego puxa um papo desse, vai vendo. E eu lá curtindo meu Fifty Shades, focada no Christian Grey… não queria papo com o cara da internet. Aí sem dar a mínima pro cara, comecei a falar um monte de produto nada vê: “Milhooooo, cana-de-açúcarrrrrrrr, LEITEEEEE (WTF Beatriz???), petróleoooooo, algodãooooo…” Aí ele: “What else???” Aí eu: “Sei lááá, laranjaaaaaaa, trigooooooo…” O nego: “Tem mais uma coisa!!!” Aí eu: “Côcooo… café…”

Quando falei café, ele solta: “THAT’S WHAT I WANT!!!” Aí eu fiquei olhando pra cara dele e falei: “Quê??? Você quer café???” Aí ele: “É, quero café”. Putz… e agora???

Eu tava numa casa que não é minha, meu namorado não bebe café e nunca vi os meninos bebendo café, não vi nenhuma máquina de café e mesmo que eu achasse o café, não sei fazer café sem máquina!!! Sério, não sei fazer no filtro, rolê old school. Eu não bebo café, só bebo quando tem de graça nos lugares, HAHAHAHA!!! Aí falei pro cara: “Olha, eu não moro aqui, nem sei onde tem café!!!” Aí ele ficou indignado e mandou (MANDOU!) eu olhar nos armários da cozinha e abrir umas latas que tinham lá. VAI VENDO!

Aí comecei a ficar puta da vida e falei gentilmente pro cara que não tava achando o café, aí ofereci chá. Chá eu via a galera tomando e sabia onde tava. Aí ele falou meio desapontado (olha que abusado o nego): “Ok, can be tea”.

Fervi a porra da água, botei o saquinho do chá lá, peguei uma colher e xuxei o saquinho na água até ficar de outra cor… catei a xícara com um PIRES (olha que chique, até pires tinha) e dei na mão do cara. Ele olhou o conteúdo, deu uma risadinha e disse: “WHAT ARE YOU DOING???” Como assim que que eu tô fazendo, manolo??? Tô fazendo a porra do seu chá!!!

Aí falei: “Que foi? Não tá bom?” Aí ele: “Por que você deixou o saquinho boiando aqui? E cadê o leite?” Aí eu: “MILK?? WHATAFUCK???”

Aí o nego deu risada e perguntou COMO os brazilians bebem chá??? Aí eu falei que a gente bebe chá desse jeitinho aí que ele tava vendo!!! Aí ele me falou que eu devia jogar o saquinho fora, pegar o leite o misturar no chá…

QUE NOJOOOOO!!! Fiz mó cara de nojo e falei pra ele que achava disgusting!!! Aí o nego acho que ficou meio de bode e me perguntou se tinha leite. Eu disse que sim. Aí ele perguntou QUE TIPO DE LEITE. E eu falei: “I don’t know WHAT KIND, but we do have milk”. O NEGO ME ABRE A GELADEIRA, PEGA O LEITE, ANALISA A EMBALAGEM E BOTA NO CHÁ!!!

First of all: nunca se abre a geladeira na casa dos outros!!! Cadê a educação??? Todo mundo fala que britânico é educado (e é mesmo, baseado no meu mino e na família dele), mas esse cara da internet era um abuso, gente!!!

Aí ele guardou o leite e saiu tomando o chá. E ainda disse “parabéns, seu chá ficou ótimo”.

Uns 20 min depois, o Thomas ligou bem na hora que o cara terminou o serviço. Eu disse que tava tudo consertado e que o cara era bizarro. Quando ele chegou em casa, contei toda a história e o maldito morreu de rir da minha aventura e saiu contando pra todo mundo, logicamente. Ele achou o cara um abusado, ficou meio puto, até, mas achou o máximo a lição do chá que ele me deu!!!

Vivendo e aprendendo, né… agora eu (e vocês que estão lendo) sei que britânico só toma chá com leite. E não, nunca tinha ouvido falar disso e continuo achando nojento as hell!!!

Bom, depois dessa aventura e de dias preguiçosos, fomos curtir meu último fim de semana em Stonehenge!!! Sabem aquele monte de pedras empilhadas que ninguém sabe se foram ETs ou povos antigos que colocaram lá? Então! Sempre tive vontade de ver de perto e o Thomas me levou lá. Realmente não tem nada demais, só um monte de pedra… mas é muito bizarro o jeito em que elas estão dispostas e todos os estudos e mitos que há por trás daquilo. Adorei!

Stonehenge

Fim da viagem!!!

Agora estou de volta e pretendo atualizar o blog com mais frequência! Eu sei que toda hora falo isso, mas é que estou sempre pretendendo, mas nunca cumprindo… não deixem de acreditar nas minhas boas intenções, please!!!

Vou voltar a focar na minha antiga vida Auperiana nos próximos posts, só preciso organizar os fatos pra compartilhar com vocês. Tem umas novidades acontecendo por aí e acho que vocês vão se interessar!

É isso, gente. Obrigada por lerem até aqui e um beijo enorme para os queridos que nunca me abandonaram!

Beijos!


Comentários

Comentários

27 Comments

  1. Jeh   •  

    Agora meu comentário vai ficar grande heim…rs

    Bem, fiquei feliz de saber que vc sumiu por um justa causa, hahahaha, que legal que foi ate UK! eu estudei em Hastings, perto de Brighton, em 2005! Adoro o sotaque britanico! Lavar cueca do teu mino, senti um ar de “as coisas estão ficando beeeem serias” =), ai sim heim! o

    Olha, eu sempre tiro onda do meu pai que bebe chá com leite, eu já detesto leite, com chá então… o cheiro fica péssimo! Minha experiência com inglês tb foi de extremo agrado, eles são super educados mas eu odiei os adolescentes… qd eu fui eu tinha acabado de completar 18 anos, aquela adolescente super feliz que estava saindo do país pela primeira vez com um bando de amigas brasileiras menores de idade, pensa na farra ne? But, não foi das mlhores experiências essa parte… lembro até hj de um bando de inbecis zuando a gente, só pq a gente nao tinha entendido o que uma senhora estava explicando o caminho da escola pro centro histórico da cidade. Ou uma outra vez a gente contando as moedas na fila do mercado pra não fazer feio ne, e 2 garotas falando pra gente sair da fila que estrangeiro só atrapalhava a vida delas…. uma loucura! Só tive experiencia ruim com os jovens de Hasting! Eu adorava mesmo era conversar com as vovós hahahahaha, fiz amizade com uma que pegava o bus cmg qd voltava da escola…

    Escócia é um sonho, quero conhecer assim que chegar na França, deu tudo certo e já estou com meu visto ok! Comprei minha passagem já, dia 7 de janeiro embarco, mas como irei morar na divisa com Genebra, irei descer no aeroporto de Genebra mesmo! Graças ao seu relato escolhi uma familia com 2 enfants(kids) mesmo, uahuahuahuahuahua, queria 1 só….mas me dei melhor com a de 2. huahuahua

    um beijão!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Jé!
      Legal saber que alguém já teve uma experiência parecida com o chá, hahaha
      Eu achei nojento, mesmo AMANDO leite. Tomo todos os dias, mas não tenho coragem de misturar no chá!!!
      E as adolescentes britânicas são tão babacas quanto as americanas. Tudo farinha do mesmo saco… aliás, adolescente é difícil em qualquer lugar, ainda bem que boa parte melhora depois que cresce.
      Fico feliz que tudo esteja dando certo pra sua jornada pra França. Tenho uma amigona sendo Au Pair em Paris, ela embarcou no final de agosto e tá amando. Espero que você adore tudo! Fez bem em pegar só 2 kids! rs
      Beijão!

  2. Jaqueline Lima   •  

    Mais um capitulo do conto de fadas da Beatriz, rs.

    Adorei Bia e ri demais com a historia do cara da Internet..

    Beijos

  3. Mandy   •  

    Oie Bia

    Adorei a viagem!

    Rir muito com o kara que consertou a net hahahahhaa…

    Eu amo cada dia mais essa cultura britanica, mesmo morando em Dublin eles ainda tem muita influencia dos britanicos sua viagem parece ter sido tudo de bom e deu para curtir o namorado =)

    Bjao

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Mandy! Foi tudo de bom mesmo, não vejo a hora de voltar pra lá!
      Beijão!

  4. Érika Mello   •  

    Jesus, que cara abusado, esse da internet!!! Fiquei passada tanto quanto a história do leite no chá… deve ser horrível!!

    Que bom que vc passou esses dias com seu love… acompanho a história de vcs dois aqui pelo blog e torço muito para que dê certo. Agora ele tem que vir pro Brasil, conhecer como se toma chá de verdade… rsrsrs.

    Bjusss

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Muito abusado!!! Ainda não me conformei!
      Muito obrigada por torcer por mim! Logo logo ele vem pro Brasil!
      Beijão!

  5. thays   •  

    Ameeeeeeeeeeeeeei o post, a fotos, os fatos bizarros!!

    Tuuuuudo!!!

    Super feliz por vc Bia!!! E nao deixe de postar, eu amo ler do jeito engracado que vc escreve!

    bjo

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Obrigada, minha querida!!!!!
      Nem acredito que a gente não se viu nos Zunidos!!! Até quando vc fica aí?
      Bjão!

      • thays   •  

        Nem fale bia… vai ser ai em Sampa mesmo, eu sabe-se la aonde a vida vai nos mandar… :)

        Fico ate abril… meu ano acaba dia 4…

        • Beatriz Morgado   •     Author

          É verdade, nós chegamos no mesmo dia nos USA. Se você estendeu por mais 1 ano, só pode ser em abril. Errrr pra mim!
          Boa sorte no que te resta aí, minha querida. Aproveite o que mudar… é difícil ficar, mas tb é difícil voltar. Não sei o que é mais certo! haha
          Beijão!

  6. Glaucia   •  

    Nossssa Bia.. que saudades eu estava com os seus posts..

    TODO SANTO DIA quando eu chego no meu serviço (que exemplo ;) rsrsrsrs)

    a primeira coisa que abro é o seu blog e o seu twitter (Yeah eu te acompanho por td q é lado).

    Morri de rir com o cara da net… estou super feliz que vc está com o seu mino.

    Você é de Campinas né não?

    Um super beijo.

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Meninaaa, vai trabaiá e para de ler besteira na internet hahahaha
      Muito obrigada por me acompanhar, viu.. bom saber que tem gente que não desiste de mim :)

      Sim, moro em Campinas!! Pq, vc tb? haha
      Bjãozão

      • Glaucia   •  

        Eu também moro… neste inferninho! rsrsrsrsrsrsrs

        Nunca desisti de ti.. qndo o blog tava bixado.. eu fiquei tão tristinha!

        (snif) ai eu fiquei te seguindo no twitter.

        Você conta a sua história de um jeito que eu morro de dar risada.. pq eu fico imagino a sua cara.. o jeito tuuudo!hahaha

        Good lucky with your boyfriend!

        Kisses and hug.

        • Beatriz Morgado   •     Author

          Que legal!!! Qual bairro você mora? Preciso organizar mais um emprego de ex e futuras Au Pairs campineiras! Antes de eu ir pros EUA, participei de um e foi super legal :)
          Muito obrigada, Glaucia!!! Beijão!

  7. Nilceli Ferriolli   •  

    Biaaaa, adoreei a históriaa !!! hahahaha, mas achei o cara da internet MUITO folgadooo como assim o cara foi abrindo a geladeira e tudo mais !!!! Eu há tinha falado umas poucas e boas pra ele, hahahahahaha. Mas depois de tudo a gente até ri da história né ??

    Agora me diz, quando vc vai postar 1 fotinho que for do teu mino ???? rs… duvido que ninguém queira ver….

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Nil!! Bem que eu queria ter falado um monte pro cara, mas sei lá.. eu sozinha na casa, vai saber! Preferi deixar passar hahaha
      Bom, a foto do meu mino não vai acontecer hahaha Não quero expor ele demais, até mesmo por causa do trabalho dele que tem altas regras de segurança.. tipo, ele não pode ter rede social (até tem, mas td com nome falso) e não gosto de ficar publicando foto em domínio público.
      Trabalhe sua imaginação!! Só te falo uma coisa.. ele é gato! E é meu! hahahahahaha
      Bjão querida!!

      • Nilceli Ferriolli   •  

        Entendiii !!!!! hahaha, realmente deve ser complicado mesmo, por conta do trabalho dele…. acho que mais complicado ainda deve ser o trabalho né… ele é militar né ??? rs, já assisti altos vídeos de reencontros, é lindo…. hahahahahaha

        Mas se não me engano, uma vez vc postou uma foto de vcs 2 aqui, mas vcs estavam fazendo careta :)

        • Beatriz Morgado   •     Author

          Sim, ele é militar! Fica complicado… haha
          Coloquei uma que não dava pra ver direito nossos rostos! É o que dá pra fazer :P

  8. Marcela   •  

    raxeeei de rir!

  9. Láisa   •  

    Sempre tento ver as atualizações do teu blog. Acho o máaaximo.

    Tô aqui no serviço, lendo o teu post e NÃO CONSIIIIGO segurar o riso, todo mundo olha para a minha cara e pergunta o que tá acontecendo.
    meu, que cara folgado é esse? ele ti pede café e ainda diz que vc não sabe fazer chá? e chá com leite??? que nooojo.

    muito bom,

    bjo

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Láisa!!!
      Cuidado para não perder o emprego, sua doida hahaha
      O cara foi muito sacana, mesmo… mas acho que depois ele entendeu que minha cultura é diferente!!! haha
      Beijão!

  10. Bianca Bianchini   •  

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA Bia, te vi uma vez na vida e imagino vc dizendo tudo isso, saiba que no meu pensamento é muito engraçado! HAHAHAHA

    – MANO, que lugares são esses????? (eu já li, ok hahaha)

    – Ui, o romance esta mara

    – COMO vc não riu da meia infantil do cara? eu comecei a rir na hora que lii! hahaha e MANO, QUE FOLGADO!

    hahahaha

  11. Camila   •  

    Rir demais da sua aventura! HAHA E fiquei feliz que o namoro esta indo super bem. =)
    P.S.: Grey é uma coisa né? Tô lendo o último.

  12. Debora Marins   •  

    Ai só mais um desabafo de au pair.

    Advinha o q tô fazendo hoje, SÁBADO A NOITE?
    Ééééé, lendo seu blog! Obrigada por salvar meu sábado, foi o jeito que encontrei de ter diversão!
    Tá rolando a maior party no downstairs aqui de casa, e eu de plantão pq quando as kids acordam tenho q socorrê-las, meus hosts estão chapados, a casa tá cheia e com o barulho que o povo tá fazendo lá embaixo minhas kids já acordaram três vezes.
    Seu blog tá d+, tinha visto um dos seus posts a muito tempo atrás quando buscava ajuda com meu vídeo, essa semana tava buscando ajuda com o inglês e te achei de novo, esqueci o inglês e fiquei lendo todos os seus posts hehehe.
    Tô aqui no quarto quase chorando, meu inglês está muito sloooow, acho que falo pior que todas as minhas amigas. Também, como praticar? Entre elas, sou a que mais trabalho, e tenho que trabalhar muda, não posso usar o telefone, internet, TV etc. Cuido de um bebê, então ele não fala. Minha host trabalha em casa mas não tem tempo pra papo. Este semestre não consegui estudar porque o College só tem aula pela manhã e eu trabalho nesse período. A noite, tento puxar assunto com meus hosts, mas logo vejo a cara deles tentando ver a tv hehehe.
    Semana passada tava super empolgada com um americano, conheci num site de relacionamento (é pecado? Rs, bateu desespero), tava a vontade com ele pq ele fala um pouco de português, morou no Brasil uns meses e estava corrigindo meu English.
    Mas o cara é um babaca, se dizia sincero e não parava de fazer criticas tolas:
    “Don’t move! Desse jeito (na câmera) seu cabelo parece mais longo”.
    “Um dia vc enrola seu cabelo pra mim? Acho lindo”.
    “Aii, deixa sua unha crescer!”.
    Etc, cara detalhista. No nosso primeiro date ele viu um mini furo no meu nariz (é minúsculo mesmo), e perguntou se eu já usei piercing.
    Eu disse que não, nunca usei mesmo (mas quando era criança eu e minha prima tentamos furar com um brinco, acho q é por isso que tenho a marquinha). Mas mew, nem minha mãe nunca reparou e a primeira vez que o cara me vê, sem brincadeira foi a primeira pergunta do date “O que é esse furo no seu nariz?” Do jeito que ele perguntou parecia que o buraco de Mirny da Russia estava no meu nariz. aff.

    Ok, depois disso ainda conseguimos ter um date legal, foi um dia inteiro porque ele mora longe e passou o dia aqui. Mas paguei um monte de conta pq o cara tava mais quebrado que os dez mandamentos.
    Fomos ao shopping e ele me ajudou a escolher um casaco, mas na segunda- feira no skype ele me lança esse próximo comentário:
    “O casaco tá lindo em vc, ficou com jeito de americana”
    Eu já tava de saco cheio, mesmo ele sendo lindo, mandei ele ir tomar banho, literalmente rs.
    Falei pra ele que não era americana e que nunca ia ser, que era melhor ele procurar uma mulher do tipo dele, porque Deus me fez com cabelo liso e unha fraca, e que eu amava todas as minhas roupas do Brasil e não tava a fim de mudar meu estilo. Aproveitei e falei (tudo numa boa e com classe) que eu entendia os comentários dele porque eu sei que o choque cultural realmente acontece, e que pra mim também era difícil. Aí finalizei: Por exemplo, eu mesmo, não sei se você toma banho todos os dias!? Hahahaha o cara gaguejou, e respondeu um “more or less”. Claro que não toma né? arghh. Aí disse pra ele deixar queito e “ficamos na amizade”, nunca mais nos falamos.
    É Bia, vc tem razão, a maioria dos americanos são babacas.
    Minha sorte é q não tava apaixonada só queria mesmo ajuda com o inglês, q saco, porque a gente precisa de inglês mesmo?
    Casa logo com seu gringo, tenha babys porque eu quero ser au pair no reino unido! Hahahaha

    Beijo Bia! Adoro seus posts, me identifico com muitas das suas histórias. Desculpa o desabafo é que a gente acaba lendo tanto sobre você que até parece amiga próxima.

    Boa sorte pra nós!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *