FAQ #2: Como dirigir nos EUA e o que fazer com os “deer”?

Deers curtindo um passeio na neve.

Ladies and Gentlemen! Como tá o feriadão? Pelo trânsito que vi na TV, devo ser a única pessoa que tá curtindo o feriado + fim de semana em casa, mas ok, gosto disso… vocês na piscina/mar = eu no chuveiro! #pobre

Quero muito levar essa série de posts de perguntas e respostas a sério! Criei até um menuzinho ali do lado ————–> para deixar tudo separadinho, assim os posts não se perdem no meio dos outros! Sugestão da minha querida Paty Waetge :) Espero que ajude!

Tava pensando em algumas perguntas legais para colocar aqui, aí lembrei da época que eu escrevia para o blog do Embaixador STB… eu falava muito mais sobre dicas e viagens lá do que nesse blog aqui, que eu reservava para os desabafos e fofocas quentíssimas, como vocês já devem ter percebido. PORTANTO, como minha cabeça tá com preguiça de pensar, resolvi “resgatar” alguns dos posts com dicas e reproduzir aqui, só que mais atualizados. São textos de minha autoria mesmo, então, não é plágio! Hahauahuahua!

Eu sei que tem um MONTEEE de outras dúvidas rolando soltas, então, por favor, não fiquem ansiosas se eu não postar aqui no blog logo de cara… deixem as outras dúvidas aqui nos comentários que eu também respondo, tá? :)

Vamos lá:

Para ser Au Pair, é preciso ter carteira de habilitação? Por quê? E como é dirigir nos EUA?

Sim, o programa não só exige a CNH como também a PID, que é a Permissão Internacional para Dirigir, emitida pelo Detran pela quantia ridícula de 200 e tantos pilas (na minha época foi isso, me corrijam se essa informação tiver errada, pls). Se você ainda está com a permissão temporária, ela provavelmente expirará nos Estados Unidos durante o seu intercâmbio e você será obrigada a tirar carteira de motorista americana, com direito a testes práticos e teóricos, como no Brasil. Portanto, se quiser evitar esse tipo de frustração, deixe a papelada toda em ordem antes de ir! Lembrando que cada estado nos EUA tem uma lei diferente. Na Pennsylvania, onde eu morava, aceitavam PID numa boa. Só uma vez que um guarda desinformado me parou e teve que passar rádio para os superiores dele pra confirmar que eu estava “dentro da lei”. Na Califórnia e em Ohio (acho!!!), eles não aceitam PID e você terá que tirar a carta de motorista do estado de qualquer forma!

Aqui está uma observação de Au Pair veterana: se você morar em um estado em que não é obrigatório tirar a carteira de motorista americana, eu recomendo que você tire de qualquer forma! Motivo 1: uma experiência diferente! Eu vi a Kainara tirando carta e sofri junto com ela de ansiedade, mas foi um dos dias mais engraçados ever. E eu reprovei no teste escrito porque não sabia como pular a pergunta, hahahaha. Bem feito pra mim. Motivo 2: a driver’s license americana serve como carteira de identidade para entrar nas baladinhas e tal, o que significa que você não precisará carregar seu passaporte pra cima e pra baixo. Motivo 3: durante quase 2 anos nos EUA, eu só saía com meu passaporte, pois em PA eles não aceitavam nenhum outro tipo de documento brasileiro! Em NY aceitam na maioria dos lugares. Se você perder essa joça, será uma dor de cabeça sem fim pra tirar outro… Motivo 4: um ID americano evita perguntas! Às vezes é um saco mostrar o passaporte pra se identificar e a galera ficar perguntando meio com preconceito o que é que você tá fazendo no país deles. Americano é meio fi-da-puta. No entanto, às vezes você já faz amizade na porta da balada só porque tem passaporte brazuca (não em lugar turístico, mas se você sai em Doylestown PA com o passaporte mais cool dazAméricas vão achar massa). Motivo 5: sua driver’s license será o souvenir mais exclusivo do universo e você poderá guardá-la na sua carteira pra sempre de lembrança!!!

Minha PID! Fiz esse blur na cara porque saí O Ó DO BOROGODÓ nessa foto, gentes.

Minha PID! Fiz esse blur na cara porque saí O Ó DO BOROGODÓ nessa foto, gentes.

Sobre a última pergunta, well… dirigir nos EUA é fácil!!! Acho muito difícil falar desses assuntos específicos, pois cada estado é de um jeito. Uma coisa que é regra: você pode virar à direita quando o semáforo estiver vermelho (desde que não tenha nenhum carro vindo, isso é óbvio né, gente). Quando voltei pro Brasil, virei em vários semáforos à direita nas primeiras semanas, fiquei mal acostumada. Até que um dia saí pra passear com uma amiga e ela deu um berro. Enfim, acontece :)

Coisas importantes para saber: se acabar a gasolina do carro, você parar e a polícia chegar, você leva multa feia (e bronca dos hosts)! Cheque SEMPRE se você está com o tanque razoável quando for sair, até porque nos EUA não tem tanto posto de gasolina espalhado nas pistas como tem aqui no Brasil. Sentia falta disso… Sei que Au Pair é pobre e anda com o carro até acender a luzinha, mas não faça como eu, hehe!

A polícia SEMPRE pede o documento do carro, a PID ou a driver’s license EEEEE… atenção… o seguro do carro (insurance). Nos EUA, o insurance é OBRIGATÓRIO. Ninguém pode dirigir sem insurance. Portanto, peça pros seus hosts te explicarem essa papelada toda, deixem tudo guardadinho no porta-luvas e tal… o dia em que a polícia me parou, eu entreguei a pasta pro office que ficou puto de ter que procurar a documentação, pois eu não tinha a menor noção de quais papéis ele precisava, achei esquisito ele pedir o insurance… tomei na cabeça!!!

Aquela coisa de ser foda dirigir na neve é VERDADE!!! O problema não é a neve em si, mas o gelo que faz o carro deslizar. É super perigoso, gente! Não insita se seu host falar pra você não sair… rola muito acidente nessa época do ano. Eu tenho um vídeo dirigindo depois da neve pela primeira vez, vou ver se acho e posto aqui pra vocês verem! Eu lembro que fiquei super tensa, segurando o volante com força pra não perder o controle… vi um monte de árvore caída no chão, pontes quebradas… foi o maior sufoco, mas deu tudo certo! E como estava vendo neve pela primeira vez, achava tudo lindo. Depois, peguei um odiozinho, hehe!

O que fazer com a quantidade de deers existentes nos EUA?

Fiquem atentos a essas plaquinhas! Aqui no Brasil tem zilhões, mas nunca vi UM DEERZINHO sequer nesse país. Nos EUA, levem o negócio a sério!

Fiquem atentos a essas plaquinhas! Aqui no Brasil tem zilhões, mas nunca vi UM DEERZINHO sequer nesse país. Nos EUA, levem o negócio a sério!

Cuidado com os deer (veados)!!!!!!!!!!!!!!!!!! Eles existem!!!!!!!!!!! Eles são periogosos!!!!!!!!!!!! Eles atravessam na frente dos carros!!!!!!!!!!! A Kainara já atropleou um!!!!!!! Conte-nos mais, Kainara!!!! Hhauahuahuahuahua! Tá bom, eu conto.

GENTEEEEE, onde a Kainara morava, tinham muitos deers!!! Centenas de placas avisando pra tomar cuidado com os deer… acho que um dia ela tava voltando da escola, sei lá, e atropelou um. A menina me liga DESESPERADA: “Bia, atropelei um deer, tadinho!!! O que eu faço??? Tenho que prestar socorro????” HAHAHAHA eu nunca ri tanto na minha vida!!! Gente, não existe SAMU pra deer nos EUA… atropelou, paciência… deixa o bicho lá :( Acontece muito!!! Só sei que a Ká ficou péssima por alguns dias pensando no deer, pensando que matou um pobre animal… mas acho que ele nem morreu. E tb ninguém mandou se enfiar na frente do carro (mentira, coitado… nós seres humanos que invadimos o habitat dele)!!!

deer

“Eu moro perto de uma travessia de deers e eles estão sempre sendo atropelados. Deveriam mudar a placa de travessia de deers para outro lugar. É muito perigoso para o deer atravessar a rua onde a placa está agora”. Essa aí sabe das coisas, hein. #sóquenão

Fica a dica: gente, esse bicho transmite doença, tem muito carrapato perigoso que pode grudar em você… em épocas de deer, aumentam muito as doenças de carrapatos. Duas das minhas kids já pegaram… um ficou atrás da orelha do meu kid maior! Foi terrível, infeccionou e tudo!!! Se atropelar o bicho, não encoste dele de maneira alguma… abaixo, dicas sobre o que fazer nessas situações!

Algumas coisas que li sobre deer no HowStuffWorks com dicas do departamento de transportes de Minnesota: acontecem mais de 1 MILHÃO e meio de acidentes por ano envolvendo deers nos EUA, sendo que 10.000 são graves e 200 matam pessoas. Então…o fazer se você ver um deer? (Como eu morava no meio do nada, eu via umas famílias de 15 deer na minha garagem, às vezes… entrava em pânico)!

Peguei essa imagem do Google, mas é bem assim que eles ficam, viu. Imaginem o perigo!

Peguei essa imagem do Google, mas é bem assim que eles ficam, viu. Imaginem o perigo!

– Se você avistar um deer “tarde demais” e não conseguir parar antes de atingi-lo, tente reduzir a velocidade ao máximo, segure firme no volante e acerte o pobre bichinho! O departamento de transportes não recomenda que você saia da pista tentando desviar, pois corre o risco de bater em outro objeto, tipo uma árvore, um muro ou até cair num barranco. É mais seguro atingir o bicho do que fazer isso… sei que é triste, gente… mas é segurança!!! Coisa que você não deve fazer DE FORMA ALGUMA: acelerar ainda mais o carro com o intuito de atropelar o bicho pelas pernas e fazê-lo passar pelo capô… sei que parece óbvio, mas a maioria das pessoas faz isso. Assim, haverá mais chances de você se machucar, pois é um bicho pesado bagaraiii e pode quebrar seu vidro, te machucar seriamente. Então, anotem isso aí!

– Se você estiver passando e vir um deer no meio da estrada, deve siiim fazer alguma coisa, pois isso pode causar mais acidentes! O ideal é ligar imediatamente para 911!!! Espere a polícia chegar (eles são rápidos) e reporte o fato… diga que você estava passando e viu o deer no chão. Eles saberão o que fazer a partir daí. IMPORTANTE: você pode sim tentar tirar o animal da pista, mas utilize alguma ferramente (provavelmente você não terá nada além de uma pá para neve, por isso, melhor esperar a polícia). De maneira ALGUMA encoste no bicho!!! Primeiro porque, como eu já disse, pode transmitir doenças…  e segundo porque ele pode ainda estar vivo, se assustar e te chutar com as perninhas… ele é forte demais, apesar de bonitinho.

Deers curtindo um passeio na neve.

Deers curtindo um passeio na neve.

Pronto, acho que tirei todas as dúvidas! Hehehehe!

Por hoje é só, pessoal :)


Comentários

Comentários

41 Comments

  1. Marina   •  

    Como não morrer de rir com os seus posts?

    “segure firme no volante e acerte o pobre bichinho”

    Você é demais, Bia!! kkkkkkk

    Bjs

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Huahauhauahauaha melhor do que acertar uma árvore e se machucar, né… acontece ://

  2. Bárbara Rocha   •  

    Oi Bia!Tudo bem?

    Uma dúvida..
    Se você atropelar o deer, rola de ligar pra polícia avisando ou dá algum problema pro motorista? :S

    Bjs

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Bárbara! O ideal mesmo, como comentei no post, é ligar para a polícia no 911! Eles saberão o que fazer…
      Não dá nenhum problema, a não ser que o motorista estivesse acima da velocidade ou embriagado, obviamente! Mas os cops já estão acostumados com esses acontecimentos! Só vão ter pedir pra explicar direitinho o que aconteceu e tal… melhor chamar a policia e deixar eles resolverem do que largar o bicho lá e acabar prejudicando alguem na estrada!!

      Beijos!!

  3. Thais Monteiro   •  

    GOD! Não creio que você voltou!! Tô tão feliz, simplesmente amo seu jeito de escrever, já pensou em escrever outras coisas além do tema “au pair”? Não digo nesse espaço, claro, mas você escreve de um jeito tão gostoso que deveria publicar textos diferentes =D Bjs.

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Thais!!! Obrigada!
      Já pensei, sim! Eu amo escrever! O difícil é pensar em um tema… o Au Pair tem sido mais fácil, pois é algo que vivi, que tenho experiência pra falar sobre… não sou boa em inventar histórias, gosto de coisas reais! Hahaha! Penso em escrever sobre viagens, sobre dicas e aventuras da minha vida… mas acho que preciso viajar mais pra ter bagagem pra isso! Se não rolar, vou escrever sobre a \”minha nada mole vida\” mesmo! Quem sabe um dia, quando sobrar mais tempo, eu tenha umas ideias mais criativas, né? haha
      Fiquei super feliz com seus elogios! Muito obrigada MESMO!!!

  4. Jeh   •  

    Fiquei sumida tanto tempo que desde seu ultimo post de maio so vi agora tds os outros de uma vez! adorei que vc voltou e jurei que postarei sempre tb!

    Eu tb recebo mtos emails sobre o au pair na França, mas acho que é culpa dos nossos endereço do blog sabia? o seu é aupairnseua e o meu brasileiranafranca logo deve ser mais facil de encontra-ls… nao é possivel! hahaha

    mas enfim… te mato! eu ja tinha o okcupid e antes o meetic(mto usado na frança) e o badoo.. agora vou pra esse inferno de pof. merde! kkkkkkkkkkkk

    minhas historias??? HILARIAS! Frances é um bixo lerdo de mais! kkkkkkkkkkk

    bjs

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi Jé!!! Você sumiu mesmo, guria! Po! Hahahaha!
      Pois é, acho que nossos endereços são \”fáceis\” de achar e acabam caindo aqui… que bom, né?
      Quero saber dessas suas histórias online aí!!! Conta tudo!!!

      • Jeh   •  

        NOSSA, só merda!

        Antes eu morava na França mas colada na Suiça logo só me aparecia suiços no badoo.

        “conheci” um suíço que morava 2 ruas da fronteira no lado suíça e eu estudava 1 rua da fronteira do lado francesa. Damien, foi um otimo mês de maio, 4 semanas E…. tchanan: abro o facebook e ta la a ultima atualização dele: namorando com fulana de tal, ERA VC? pq eu que não era, kkkkkkkkkkkk. Nossa, pensa em alguém que ficou BRAVA? Jess me desculpa mas eu não sabia como te falar, seu CORNO seria melhor ter falado do que eu visto no facebook. E ainda caga falando: acabei de conhec-la. Va cagá! kkkkkkkkkkkkkk. Desse dia em diante nc mais sai com suíços. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        Tb teve um outro, Kevin, (esse foi o primeiro) esse eu fui num show com ele e foi mto louco e os amigos dele super legais. Bebi um tiquinho a mais, agarrei ele e o tempo que eu cheguei em casa ele colocou no facebook dele: em um relacionamento sério com Jéssica. QUASE SURTEI, isso em abril. Ate hj o cara me manda solicitação pra add no face. Detalhe: nunca tinha visto um cara beijar tão mal na vida.

        Agora o Cedric foi paixãozinha, saimos varias vezes e ele morava uns 45 min da minha cidade. mais velho(35 anos e eu tenho 26), eu sabia que ele era pai e tinha a guarda permanente das crianças. Ai chegou o dia que ele falou pra eu ir conhecer as crianças. As crianças eram um menino de 9 anos e uma menina de 13 TREZE anos, porra eu sabia a idade deles mas não imaginava que a garota, com metade da minha idade, era mais alta que eu! kkkkkkkkkkkkkkkk. A merda foi: o menino se encantou cmg, não me queria deixar ir embora e falou: quando vc vem morar com a gente? Fiquei MAL. Não queria ter nada serio com o pai dele e senti que ele precisava de um exemplo feminino na vidinha dele (depois que viramos au pairs a gente fica sentida com as coisas de criança ne nao?). Conclusão: por fim que aos poucos diminui as respostas dos sms dele e me mudei pra outra região, 2h da fronteira. Mudei de celular e não o avisei. Amei ele, mas me senti mal pelo filho, é mole?

        E é isso, 11 meses de França e deu nisso.

        Voltei a usar esses sites tem uns dias pq tem 3 meses que to nessa cidade que é a capital da região… vamos ver qual a bosta que vai dar. Eu sei que eu me divirto com os gringos xavecando! é cada uma! kkkkkkkkkkkk

        bjsssssssssss

        • Beatriz Morgado   •     Author

          MENINAAAA HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA

          CHOREI COS BAFOOO!!! HAHAHAHA

          cê causou mais do que metade das au pairs que eu conheço! adorei, adorei, adorei hahahahahaha nossa, como eu queria ter visto de perto essas aventuras! você com certeza se tornaria personagem principal de vários posts do blog!!! jesuissss

          • Jeh   •  

            hahahahahahahhahahahaha, vários rolos menina, isso pq eu sou discreta e não contei os rolos das minhas amigas aqui! Tem uma au pair ucraniana que a gente rola de rir das historias dela tb!

            Agora pára tudo… lembra que falei que fiz o POF? Pois é, no dia que li teu post falando dele e…. to saindo com um cara de lá tem uns 20 dias =X

            Se der certo te chamo de madrinha kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  5. Thaís Rossi   •  

    Hahahahahaa, acabei de encontrar seu blog e adorei seu jeito! Lendo seu post já me imaginei entrando em pânico na estrada HAHAHA. Muito boa suas dicas!

    Fiquei online essa semana.. e estou sempre lendo a respeito!
    Vou te acompanhar! :)

    • Beatriz Morgado   •     Author

      oi thaís!!! obrigada! boa sorte no seu processo, vai que vaiiii fiaaa

  6. Victoria   •  

    Oi Bia!!
    Comecei a ler seu blog há pouco tempo e já estou apaixonada por suas histórias!
    Queria contar um pouquinho da minha…
    Iniciei o processo para ser Au Pair há alguns meses. Bom, faço Psicologia e trabalho com crianças autistas. No começo, estava certa de que não queria cuidar de crianças especiais nozeua, maaaas como minha principal referência é trabalhar com crianças autistas, não teve outro jeito, as familia tudo me chamando pra cuidar das kids com autismo. Daí, tô falando com uma família de Kennett Square, PA que tem uma filha LINDA com autismo. Como eles são de PA, lembrei de vc contando as histórias e decidi vir tirar algumas dúvidas.
    Primeira: Vc conhece alguma Au Pair que já cuidou de alguma crianças especial? Se sim, como foi a experiencia?
    Segunda: To com medo de ir morar lá e ser o marasmo do marasmo. Tenho 20 anos e, assim, não sou a pessoa mais calma do mundo e fiquei com medo do que vc disse das menores de 21 não poderem fazer nada. Só faço 21 em Junho :( O que vc acha??
    Bjoss!!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi Victoria! Td bem?
      Que delicia! Admiro muito as meninas que cuidam de crianças especiais! Tenho certeza que é ainda mais gratificante! PArabéns!!!
      Eu conheço sim e, inclusive, foi em PA… mas não nessa cidade! Eu não sei como foi a experiência dela, pois não éramos muito próximas… mas se os host parents forem bacanas, tenho certeza que você tirará de letra.
      Existem MUITAS crianças com autismo nos EUA… de uma pesquisada sobre isso. Tem mta Au Pair tb que cuida de kids especiais… elas sempre dizem que, na maioria das vezes, sao mais amaveis do que o normal e que nao se arrependem de terem encarado o desafio!!
      Vá com tudo!!

      Sobre sua idade.. bom, ja deixei minha opiniao sobre o assunto, né?
      EUUUU não recomendo que alguem vá antes dos 21… se vc estiver proxima do seu aniversario, relaxa! Aproveite pra comemorar seu 21st bday lá!!! Sempre rolam festanças, pois é a idade mais esperada por todos hahaha

      beijos e boa sorte!

  7. Isa Veiga   •  

    Hahaha Post super esclarecedor Bia!
    Valeu!! =)

    beijo beijo

  8. Julia   •  

    Biaaa, adoro seu blog e toda semana entro aqui para ver se vc tem atualizado!!!! poste mais e nos conte mais historias suas, seu blog é excepcional e tenho ctz de que nao sou a unica que fica ansiosa por seus posts. Bjssss

    • Beatriz Morgado   •     Author

      ai que linda!!! tô voltando aos poucos! (bem poucos!!!)

  9. Cláudia   •  

    Bia, to lendo de cabo a rabo vários posts e to AMANDO seu blog! É gostoso ler blog de ex au pair, ver as retrospectivas (aliás amei a idéia, já tinha visto em mais um blog, e vou adotar pra um post meu em breve) e os planos das ex au pairs, como a vida muda depois que voltamos, a correria, a falta de tempo pros blogs da vida…enfim!
    Amei seus posts, li uns 8, são super gostosos de ler! Que legal você ter encontrado um namorado Europeu quando vc tava nos EUA sendo q vc é do Brasil, hahaha! E eu vi a foto de vcs, casal lindo! Não li nos posts mais recentes nada sobre ele..vcs não se viram mais? :/
    Well, perguntei isso no face tb, uhahauha mais fácil eu ler a resposta lá do que aqui :P

    Btw, vou colocar o link do seu blog nos meus que eu leio, assim conseguirei acompanhar daqui pra frente :DDD dá um pulo no meu tb! claupair2011.blogspot

    Beijão!!!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      oieeeeee!!!! olha eu tomando vergonha na cara e respondendo comentário! haha
      eu e o thominhas estamos ótimos, benzadeus!!!!!!
      vou ver seu blog!!
      beijo grande!!

  10. Laura   •  

    BIAAAAAAA VOOOOLTA GUUUURIA :(

  11. Pri   •  

    Oi Bia, tudo bem?
    Cara, como eu sou in love pelo seu blog, você é hilária hahaha

    Hoje eu lendo esse post aqui no serviço, quando passei pela parte “segure firme no volante e acerte o pobre bichinho!” e “acelerar ainda mais o carro com o intuito de atropelar o bicho pelas pernas e fazê-lo passar pelo capô”, nao me aguentei, comecei a rir feito idiota aqui. Ainda bem que o escritorio está vazio.

    Estou na ansiedade para ficar online, e acompanho seu blog há mais de um ano. Quando eu comecei a pesquisar sobre o Au Pair, foi um dos primeiros blogs que eu achei, e eu devorei todos os posts em menos de uma semana. O seu com certeza, foi o que mais me incentivou a ir mesmo.
    Enfim, fico sempre esperando um post novo para nos divertir!

    Beijão, Bia!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Pri!!! Muito obrigada!
      Boa sorte no seu processo! Vai dar tudo certo :)

  12. Poliana   •  

    Olá Beatriz,

    Estou amando seu blog e pegando todas as dicas, porque estou para fechar o progrsma de au pair.

    Me divirto muito e anoto todas as suas dicas.

    Um beijo

  13. Karlla   •  

    Voltaaaaaaaaaaaaaaaaa! Saudades de ouvir suas histórias e aventuras :)

  14. Amanda   •  

    Oi, tem como me mandar seu e-mail?

  15. Vitória   •  

    Oi Bea, fiquei sabendo do Au pair faz pouco tempo e já me encantei! Só que andei pesquisando e não encontrei nada relacionado ao Canadá… Você conhece alguma menina que foi Au pair no Canadá ou se existe por lá? Gostaria muito de saber, até porque sou apaixonada por lá! Beijão e obrigada!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Vitória!
      Existem Au Pairs pelo mundo inteiro, existem vários sites de empregos procurando! Porém, eu não recomendaria ir sem agência… e os destinos oferecidos por agências são bem restritos: EUA, Holanda, Alemanha, Áustria e França!

  16. Géssica   •  

    Olá Beatriz, tudo bem?
    Estou lendo seu blog e vi que voce voltou dos EUA antes de completar a extensao que voce tinha pedido para fazer, vc sabe se uma au pair voltar antes de acabar seu prazo como au pair, dos eua, tem algum problema para nos? tipo, no nosso passaporte quando quisermos voltar para os eua?
    Obrigada (:

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi, Géssica!
      Não tem problema algum com seu passaporte nem visto! Você apenas encerra o programa! Você não é uma prisioneira no país e tem a liberdade de ir e voltar quando quiser, não se preocupe :) Única coisa chata é ter que pagar a passagem de volta :/

  17. Bárbara Bruno   •  

    Oi Bia! Gosto muito do seu blog e te acompanho desde os primeiros posts! Adoroo! Parece que eu te escuto falando rsrsrs. Uma perguntinha! Qual é a pior parte da rotina de au-pair, do dia a dia? Cozinhar, lavar, dirigir é obrigatório ou depende da família? Beijos!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Obrigada, Bárbara! :)
      Tudo na vida de au pair depende da família, mas EU, sinceramente, acho que a pior parte é brincar com as crianças… não brincar de futebol, lego, essas coisas… mas brincar de \”irmãs\”, de \”casinha\”, sei lá. Chega uma hora que você tá tão de saco cheio, que não entra no clima… tb é difícil inventar brincadeiras todos os dias, principalmente para as minhas kids, que eram 4 e que não podiam assistir TV, nem nada.
      Cozinhar, nos EUA, se resume a microondas. Então, não se preocupe. Lavar é máquina de lavar… chato é dobrar e guardar. E dirigir é ótimo!!! Melhor coisa é sar um passeio com os kids! :)

  18. Hellen   •  

    Fiquei tensa com esse post hahaha meu deus! Ter que atropelar o bichinho :/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *