Atravessando San Francisco de bike! Day #7

Golden Gate Beach

Oi, gente!

Dei uma paradinha na correria do TCC pra escrever aqui um pouquinho, pois tô achando que esses posts já tão ficando atrasados demais e tô começando a esquecer os acontecimentos! E escrever é minha terapia… tô precisando descontrair!

Tenho uma novidade: apresentei aquele meu projeto da Bosch quarta-feira! Era pro resultado sair até sexta, mas não rolou… então é muito provável que saia na próxima semana (do dia 29/09 ao dia 03/10)! Espero voltar aqui com boas notícias! Torçam por mim!!!

Bom, continuando minha saga californiana: depois de uns bons drinks no bar por causa da falta de táxi na noite anterior, ainda conseguimos acordar cedo, voltar no Píer 39 e alugar umas bikes para conhecer melhor a maravilhosa San Francisco :)

Gente, pensem num dia FRIO. Tava frio pra dedéu! Eu fui de blusa, mas ainda assim o vento tava sacaneando. Lembro que nesse dia meu lábio ficou todo cortado, eu mal conseguia sorrir sem doer, hahaha que fase em pleno mês de julho no hemisfério norte!

Alugamos as bikes numa lojinha bem pequena, não era das mais populares… não lembro quanto pagamos, mas acho que foi uns 30$ cada bike pra ficar o dia inteiro. Começamos a pedalar umas 10 da manhã e tínhamos até às 18h pra devolver em alguma outra lojinha da rede. Como era domingo, o cara disse que estaria um trânsito feio para atravessar a Golden Gate até a cidade de Sacramento, que era o itinerário que eu tinha planejado fazer. Geralmente o pessoal pedala até lá e depois volta de ferry boat, tipo uma balsa. E realmente as ruas estavam cheias de gente, não ia ser tããão legal.

Peguei o mapa de ciclovias e pensei em um outro trajeto: sair do Fisherman’s Wharf, pedalar até a Golden Gate (sem atravessar), pedalar no Golden Gate Park (gigante!), passando pelo Palace of Fine Arts e terminar Haight-Ashbury, o famoso bairro hippie de SF! A distância foi longa, mas valeu muito a pena! Não mudaria por nada esse itinerário!

Nossa primeira parada foi no píer mesmo, onde tem uma vista bem legal de Alcatraz! Depois, fomos pedalando no sentido da Golden Gate. Fiquei procurando uma pedra pra tentar tirar uma foto minha e do Thomas no automático, porque a vista tava bem bonita! Bom, eu não fui uma daquelas pessoas sortudas e super raras que conseguem ver a Golden Gate sem aquela névoa em cima! É impressionante!!!

Estava um dia lindo, apesar de frio. Muito ensolarado… só se via nuvem em cima da ponte! Nunca consegui ver o topo! hahaha! Mas tudo bem, é linda de qualquer jeito!

Paramos na Golden Gate Beach, uma prainha bem pertinho da ponte, cheia de famílias curtindo o sol, numa boa! Achei uma delícia! Se tivéssemos mais tempo, com certeza aproveitaria um pouquinho mais por lá.

Vista do Pier para Alcatraz

Vista do Pier para Alcatraz

Eu e a magrela :D

Eu e a magrela :D

Seguimos na ciclovia até a ponte, tava LOTADO de gente! Um perigo!!! Nessa área da cidade, é muito sinalizado onde os pedestres devem andar ou correr, no caso da galera fitness, e onde as bikes devem ficar. Mas tinha TANTO pedestre na ciclovia e tanta bike na área de pedestres. Parecia o Brasil, rsrs! Aí tinham vários bikers profissionais, querendo ficar correndinho com aqueles shortinhos de lycra no meio da turistada!!! Pelamordedeus. Isso não é lugar de fazer corrida de bike! Sabe aquelas fininhas de velocidade? Aff… turista tá sussa, quer parar, tirar 200 fotos da mesma coisa, num ritmo tranquilo, preocupação zero… e o povo da bike profissional querendo passar voando no meio da galera. Dava uma raiva absurda, pois vi um monte de gente quase ser atropelada e eles já chegavam metendo a buzininha no nosso ouvido, FUEEEIIIN FUEEEEIIINNNNNN! NOSSA me dá um ódio só de lembrar!!! Mas já passou. Vamos focar na paisagem.

Quando você tá quase chegando na ponte (que é uma subida filha da mãe, quase morri, enquanto o Thomas já tava lá em cima, sem nem perder o fôlego… que preguiça desse soldado perto de mim, uma pobre menina que trabalha em escritório sentada o dia inteiro, rsrsrs), já tem um lugar muito legal pra tirar foto, tudo muito bonito!

O que me impressionou é que na própria Golden Gate tem uma ciclovia! As bikes não ficam nem com os carros e nem com os pedestres. Achei tão moderno! Não que eu tenha visitado muitas pontes na vida, mas achei legal.

Ciclovia na Golden Gate

Ciclovia na Golden Gate

Pedalamos um monte, naquele FRIO ABSURDO, eu nem conseguia falar! Ventava absurdamente!!! Fomos até a metade da ponte e paramos pra descansar e tirar algumas fotos. Muito legal tentar enxergar o topo dela no meio daquele nevoeiro! Os carros passam com tudo, dá uma certa adrenalina! Muito legal mesmo! Não me arrependo de ter quase morrido congelada, foi sensacional. Só fiquei meio chateada de não ter dado tempo de ir pra Sausalito, mas tudo bem! Foi demais!

Tranquilo tirar foto com esse ventinho

Tranquilo tirar foto com esse ventinho. Deixamos a bike apoiada no pedal para tirar a foto, ela saiu voando e quase caiu no mar!!!

Olhando pra cima!

Olhando pra cima!

Saindo da ponte, fomos pro Golden Gate Park, passando pelo Palace of Fine Arts. Achei o lugar lindo demais, mas foi só uma passada mesmo, não exploramos muito por falta de tempo.

Palace of Fine Arts

Palace of Fine Arts

Sobre o parque, olha, confesso que eu não estava esperando muita coisa. Achei que fosse um parque comum, mas não!!! Foi tão sensacional! Pedalamos quase tudo lá dentro, pois não encontrávamos a saída! Ou melhor… até encontrávamos, mas só saída de carro, nada de calçada para pedestre e muito menos ciclovias! Aí rodamos horrores!

Lá tem o maravilhoso Conservatory of Flowers, que custa uma penca pra entrar, então só tiramos foto da arquitetura de fora, que é linda! Tem muitas flores, muita gente diferente andando por lá, muitos artistas, turistas e coisas que você, com certeza, só vê em SF.

Conservatory of Flowers no fundo e a gente tampando as flores bonitas

Conservatory of Flowers no fundo e a gente tampando as flores bonitas

Uma hora estávamos lá pedalando felizes e vimos uma aglomeração. E eu adoro um quiprocó, tinha que saber o que tava rolando! Cheguei perto e vi que era uma galera dançando de patins! Era um street dance mesmo, coisa mais legal do mundo! Mas o que me chamou a atenção foi a diversidade do pessoal: tinha criança, adulto, mulher, homem, gente feia, gente linda, magricelos, gordinhos, gente parecendo rica, gente parecendo pobre, gente cabeluda, gente careca, gente dançando no ritmo, gente desengonçada… mas todos ensaiados! ACHEI DEMAIS!

Dançaram a coreografia INTEIRA de Thriller, do Michael Jackson divo, de patins! Que sensa. Aí depois começaram a dançar aquela música The Cupid Shuffle (to the right, to the left, now kick, now walk by yourself)… e eu AMO essa música. Me lembra muito meus tempos de Au Pair, tocava em todas as baladas e eu e as meninas sempre fazíamos a coreografia! Nossa, muito top!!! Fiquei hipnotizada assistindo! Até publiquei um vídeo no Facebook!

Vejam:

Legal, né?

Só fiquei decepcionada com uma coisa em SF e nos EUA em geral: impressionante como TUDO paga pra entrar. Dentro do parque, tem um jardim japonês, um jardim botânico, entre outras atrações que acho que com certeza seria legal visitar. Mas cada uma delas custava de 10 a 30 dólares pra entrar. Sério! Poxa… pq não ser aberto ao público? Isso é tão diferente na Europa! Por isso que o turismo lá funciona tão bem! A gente tava super sem grana, tivemos que começar a selecionar o que realmente queríamos fazer e o que dava pra passar! E na Golden Gate Park eu confesso que não visitei quase nada que fosse pago! Uma pena. Se alguém aqui foi, compartilhe aí a experiência, pois fiquei bem curiosa :)

Saindo do parque, fomos pedalando até Haight-Ashbury, que é relativamente perto. O lugar de devolver a bicicleta era bem no comecinho da rua! Eu PRECISO lembrar o nome do lugar onde aluguei a bike, pois o preço era menor do que o popularzão e o atendimento foi incrível. Era um buraquinho mesmo o lugar onde devolvemos… o cara perguntou se tivemos algum problema com a bike e eu disse que só uma das marchas estava dando problema, não mudava a intensidade e eu acabei sofrendo na subida. Na verdade, sofri menos porque o Thomas trocou de bike comigo quando o bicho pegou… mas ficou ridículo, porque a minha bike eram uito de meninininha e ela ficou ridículo nela, hahahahaha Aí o cara falou SORRY ABOUT THAT milhões de vezes e nos deu um descontão na hora de pagar!!! Que bom, né? E a bike não era ruim, é que não dava pra saber mesmo que a marcha tava zuada até precisar colocar na intensidade 1 pra subidona… mas ok! Eu devo ter um folhetinho do lugar no meio das coisas que eu trouxe da viagem pra fazer scrapbook!

Quase não tirei fotos no Haight-Ashbury, não sei pq! Eu tinha guardado a câmera na bolsinha da bike e acabei nem lembrando de tirar foto das coisas. Quem me dera ter uma GoPro nessa viagem! Seria perfeito :) Acabei de comprar uma, porque minha irmã foi pros EUA e tal… não vejo a hora de viajar de novo pra curtir a câmera nova :)

Haight Ashbury

Ops, tô desviando o foco… então, gente! Pra mim, o HIGHLIGHT do bairro hippie é a famosíssima e gigantesca Amoeba Music, uma loja de música paradisíaca! Eu sou apaixonada por música, principalmente rock and roll das antigas, como já comentei aqui muitas vezes… e simplesmente PIREI lá. Sério!!! É maravilhoso! Tem coisas raríssimas, vários CDs, DVDs, fitas cassetes, discos de vinil, livros, instrumentos, pôsters… eu viveria naquele lugar. Tem um corredor só de música brasileira! Um CORREDOR. Sabe o que achei lá? CD do Dominó!!!!! Do Molejo!!!! Do Tchakabum!!!! É da época de vocês? HAHAHAHA, morri de rir! Quase falei pro Thomas comprar pra curtir em casa, só de sacanagem. Mas só pela capa do CD ele percebeu que eu tava trolando!

Amoeba!

Amoeba!

Uma parte da coleção Brazilian do lugar hahahaa

Uma parte da coleção Brazilian do lugar hahahaa

Saí de lá querendo comprar tudo, mas resisti e só comprei um CD duplo topíssimo, mágico, lindo e semi-novo (13 doletas) do Whitesnake! A-M-O Whitesnake. Só perde pra AC/DC nessa vida, porque AC/DC não tem como discutir… enfim… fiquei feliz! Só queria ouvir esse CD na viagem! O Thominhas já decorou as músicas! Acho ótimo, pois relacionamento só da certo comigo se o cara gosta de AC/DC e Whitesnake, pois vai ter que ir em todos os shows originais e bandas covers que aparecerem no meu caminho :D

Bom… estávamos mortos de cansaço, pedalamos mais de 16 milhas (uns 30km) durante o dia! Como fomos parando, não pareceu tudo isso, mas é bastante né? Paramos pra comer num restaurante mexicano mara, passeamos nas lojinhas, que já estavam fechando por ser mais de 18h de domingo, pegamos um ônibus e voltamos pro Pier 39, pois queríamos tirar algumas informações sobre o passeio pra Alcatraz que gostaríamos de fazer no dia seguinte. Vou contar detalhes no próximo post :)

Compramos um hot dog, assistimos a um showzinho que tava rolando no píer, visitamos umas lojinhas e voltamos pro hotel. Capotamos e pronto. Game over! hahahaha

Fim do dia 7!

Esse post foi meio chato, porque praticamente a única coisa que fizemos foi andar de bike! Espero que vocês não tenham desistido de ler na metade e tenham chegado até aqui! :)

Beijos e até a próxima!

PS: Pessoal, se vocês tiverem alguma dúvida e quiserem entrar em contato comigo sem ser aqui nos comentários, por favor, utilizem a página do blog no Facebook e falem comigo por inbox, ok!? Eu sempre respondo e tento fazer isso bem rápido! Eu só não consigo responder e nem adicionar todo mundo no meu Facebook pessoal, espero que vocês entendam! <3

Comentários

Comentários

10 Comments

  1. ISIS   •  

    EU aki denovo hehe

    Lembro que em algum post, algum dia vc comento sobre um site da China que revela fotos super mega barato (e que demora uma milhao de anos pra chegar, mas chega!!)… tentei achar aonde vc falo e nao encontrei =( #chora

    sera que vc me fala qual o site? hihi

    bjs e escreve MAISSS (sempre na expectativa dos seus posts) ;)

    • Beatriz   •     Author

      Oiii May!
      Sim, é o TCC e o trabalho…e visita do bofe na última semana, que foi a parte boa!

      Voltarei em breve! Tá complicado!
      Beijos!!!

  2. Thalita   •  

    Olá Bia, cara, como me sinto intima sua rsss
    Juro, passei uma semana( ou menos) e li seu blog do começo ao fim.
    Desde quando teve seu match e tudo mais.
    Você me ajudou bastante em decidir se o que eu quero realmente é ser au pair e hoje eu digo que: sim , querooo!! rss
    Sou muita parecida com você,digo em personalidade e quero poder viver tudo o que viveu, partes boas e ruins, fazem parte.
    Hoje me encontro fazendo faculdade, num relacionamento sério e que é a única coisa que me deixa chateada em saber que não continuará, sim eu sei.
    Enfim, vim só deixar esse recado pra você e fiquei triste de ver que nesse ultimo post nao teve nenhum comentário ? What? rss
    Beijos linda

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oiii Thalita!
      Que fofa você!
      Menina, o post até recebeu vários comentários, mas como rolam muitos spams por aqui, tenho que aprovar pra eles irem ao ar… e nem pra isso tive tempo recentemente!
      Mas as coisas tão ficando mais tranquilas e logo logo eu volto com tudo!

      Beijão e obrigada por comentar! :***

  3. Marcela   •  

    VOOOOOLTA BIA!!!!!!! Saudades dos seus posts! Entro TODA semana torcendo de dedos cruzados pra ter post novo hahahaha Bjo

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oiiiii Marcelaaaaaaa!

      Voltarei em breve! Tá corrido!!! :(

  4. Debora   •  

    Nao falei que eu vinha??? Acredita que depois da msg que te mandei fiquei sem internet??? Tive que usar a do iphone do namorado, mas nao é a mesma coisa né? Mas enfim, volteiiii!!!

    Amei esse post! O mais esperado por mim! Demais demais demais!!!!

    Voltei e agora é pra ficar!!! parabéns de novo Bia! Vc é guerreira (que clichê né? hahaha tipo o que os big brothers falam a toda hora hahaha, brega eu sei, mas aqui vale essa licença poética)!

    Grande beijo

    • Beatriz Morgado   •     Author

      EBAAAA você voltou hahahahaha pensei que tivesse me abandonado!
      Ninguém merece ficar com internet só pelo celular… eu que adoro escrever textos longos, não sobreviveria!
      Welcome back!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *