Wochenende am Nuremberg!

Frauenkirche

Oi pessoal!

Tá aqui o post que prometi pra esse fim de semana! Ah, falando nele, não lembrava da última vez que tive um fim de semana inteirinho totalmente relax. A MC tá no Brasil, na maior farra, já me mandou áudio bêbada de uma formatura que foi ontem, foto regaço com as meninas, que maravilha! Tá curtindo a vida, fora os rangos que a Ivone (mãe dela diva) deve tá fazendo pra compensar o perrengue que a gente passa aqui. Eu ainda gosto muito de comida alemã, mas ela não! Nem carne de porco come, tadinha. Imagina só! Já tô com saudade da minha parça, mas até que foi bom ficar um pouco sozinha e curtir meus rocks o dia todo (com ela é 100% sertanejo jesus amado, tem que ser muito amiga mesmo! Acho que eu já tava enjoada de ouvir “de copo sempre cheio e coração vaziiiiooo”, “no instagraaaam ela é top na baladaaaa”, “e hojeeeeee mesmo separados sinto que o seu corpo ainda é meeeeeu”, entre outras que acabei decorando de tanto que escuto), mexi no meu scrapbook (esse eu prometo que vou postar aqui pra vocês verem como tá ficando), fiz meus exercícios (#projetonoivagata), lavei roupa, cozinhei umas coisas diferentes, passeei na rua, tirei soneca, falei com a família no Skype… Viajar é bom demais, mas também é bom tirar um tempinho pra você mesma, né? :)

Continue reading…

Mais uma mudança na Alemanha: o divórcio!

Oi gente :)

Tenho algumas novidades pra contar e resolvi escrever esse post curtinho pra não perder o timing!

Bafo: eu e MC estamos nos divorciando! Pois é, não vamos mais morar juntas :(

Claro que tem o lado muito bom dessa mudança e é nisso que estamos focando! Eu vou pedir a guarda das crianças e ficarei com nossa BMW. Ela fica com a casa de praia, a geladeira e o carrinho do supermercado. Acho justo.

Brincadeiras à parte, eu encontrei um lugar melhor pra morar e ela também! Eu comecei a procurar primeiro porque o estágio dela termina no finalzinho de agosto e eu fico aqui na Alemanha até a segunda semana de janeiro, ou seja, quando ela fosse embora, eu ficaria sem ter com quem dividir o apê (quarto, né, apê é coisa de rico) e o aluguel dele é bem caro, não conseguiria bancar sozinha.

Como é extremamente difícil arrumar um lugar decente e que caiba no bolso aqui em Stuttgart, comecei a procurar o meu um pouco antes da hora e, por sorte, achei um bem bacana! E semana passada encontramos um bem gracinha pra ela poder ficar até agosto também! :) Tudo dando certo! Vamos nos livrar daquele lugar apertado, bagunçado e com banheiro nojento! Eba!!! Espero que sejamos felizes nos nossos novos cantinhos, mesmo divorciadas. Vou sentir falta da minha parceirona! É muito bom chegar em casa e ter com quem conversar, dar umas risadas… ficar sozinha é meio chato, mas vamos continuar nos vendo todo dia e com certeza não vou sair da casa dela, ainda mais porque tem uma varandona e o verão tá chegando, e ela tb não sairá da minha! :)

Continue reading…

Resumo rápido da vida na Alemanha!

Minha gente bonita,

Acabei de postar esse texto na página do Facebook, mas como ficou grandão, achei digno postar no blog também, porque não sei se todo mundo que lê aqui, também lê lá…e vice-versa!

Não vou dizer que a vida aqui na Alemanha é mais difícil do que ser Au Pair nos EUA, mas tá ali, viu… “pau a pau”! Mas não reclamo não! Era meu sonho estar aqui, eu consegui e tô muito feliz, pois perrengue tem em todo lugar, não tem jeito… só nascendo em berço de ouro mesmo, o que não foi meu caso! :P
Já aconteceu tanta coisa desde que cheguei aqui, que mal sei por onde começar!
Preciso tirar um tempinho (de onde?) pra contar detalhes aqui no blog, mas já que ele não existe no momento, vai um resuminho básico!
Fora as viagens e a maravilha que é a Alemanha, a rotina aqui não foge muito da que eu tinha no Brasil. Trabalho muiiiiiiito, tem bastante stress, uma chefe mala, um chefe sensacional que já contei pra vocês, colegas bacanas, a língua continua sendo um desafio, mas as aulas de alemão tem ajudado bastante e aprendi bastante coisa desde que comecei :)
A parte mais difícil MESMO tem sido a rotina aqui em casa. Primeiro que não é fácil morar em um quarto dividido. MC é a melhor roommate que uma pessoa pode ter, mas ainda assim o espaço é pequeno pra nós duas, nossas panelas, nossas roupas sujas que acumulam por falta de tempo pra lavar, nossa comida, nossas coisas de limpeza, nossas malas, nossas bugigangas… é como se fosse uma casa apertada em um único cômodo pra 2 pessoas. A cozinha e o banheiro são compartilhados e isso tem nos tirado do sério! Nós sempre deixamos tudo em ordem, tudo limpinho, mas os vizinhos estranhos que passam por aqui não colaboram! Vira e mexe tem tufos de cabelo no ralo e na parede, pêlos na tábua da privada (NOJENTO!), toalha molhada esquecida, a cozinha cheia de comida aberta, farelos por todo lado, louça suja, coisas sem guardar… é tenso. E todo dia temos que fazer nossa própria comida pra economizar dinheiro e tb pra não cair na tentação das gordices (#projetonoivagata). E isso leva tempo, pois não é só cozinhar… é ir no mercado, decifrar os rótulos das coisas em alemão, guardar tudo no nosso quarto, levar td pra cozinha, fazer a comida, lavar toda a louça, limpar o fogão, a pia e a mesa, guardar tudo que usamos de volta no quarto, guardar a comida que sobrou. Aí tem a parte de lavar roupa! Como aqui é frio e não temos muita opção de roupa, lavamos toda hora. A máquina é super pequena, temos que lavar aos poucos! Aí montamos um varal imenso no meio do quarto pra estender tudo, mal conseguimos andar no aperto… essas coisinhas estressam, mas a gente sobrevive! :)
A motivação é chegar no fim de semana e ter uma viagem gostosa pra fazer! Já fui pra Nuremberg, Berlin, Vienna, Londres… logo logo vou pra Áustria de novo e pra Escócia visitar a sogra. Délis! Não vejo a hora!
Fora as viagens, eu e Thominhas temos nos visto com muiiito mais frequência e nos falamos toda hora. Nada como um fuso horário a favor do relacionamento, né? Estou no céu! haha
Bom, esse é o resumo da ópera! Vou tentar me ajeitar pra contar mais coisas pra vocês!
Beijo :*