Wochenende am Nuremberg!

Frauenkirche

Oi pessoal!

Tá aqui o post que prometi pra esse fim de semana! Ah, falando nele, não lembrava da última vez que tive um fim de semana inteirinho totalmente relax. A MC tá no Brasil, na maior farra, já me mandou áudio bêbada de uma formatura que foi ontem, foto regaço com as meninas, que maravilha! Tá curtindo a vida, fora os rangos que a Ivone (mãe dela diva) deve tá fazendo pra compensar o perrengue que a gente passa aqui. Eu ainda gosto muito de comida alemã, mas ela não! Nem carne de porco come, tadinha. Imagina só! Já tô com saudade da minha parça, mas até que foi bom ficar um pouco sozinha e curtir meus rocks o dia todo (com ela é 100% sertanejo jesus amado, tem que ser muito amiga mesmo! Acho que eu já tava enjoada de ouvir “de copo sempre cheio e coração vaziiiiooo”, “no instagraaaam ela é top na baladaaaa”, “e hojeeeeee mesmo separados sinto que o seu corpo ainda é meeeeeu”, entre outras que acabei decorando de tanto que escuto), mexi no meu scrapbook (esse eu prometo que vou postar aqui pra vocês verem como tá ficando), fiz meus exercícios (#projetonoivagata), lavei roupa, cozinhei umas coisas diferentes, passeei na rua, tirei soneca, falei com a família no Skype… Viajar é bom demais, mas também é bom tirar um tempinho pra você mesma, né? :)

Como fiquei devendo os posts das viagens que fiz, recebi a sugestão de escrever em ordem cronológica mesmo. Então, vou começar por Nuremberg, que foi a primeira weekend trip que fiz aqui na Europa, desde que cheguei! Pra quem não lembra, quando eu ainda tava no Brasil, ganhei uma passegem de trem de Stuttgart para Nuremberg first class (rycah) das meninas do meu time Bosch Brasil: Camila, Bruna, Maíra, Melina e Mílvia, umas lindas <3 Foi totalmente surpresa e elas me deram no meu almoço de despedida. Nem chorei, né! Magina! Aqui somos nós no dia em que ganhei os presentinhos (nem sei como achei essa foto)!

Eu sou a única que não sei me comportar com essa língua de fora, hehe

Eu sou a única que não sabe se comportar com essa língua de fora, hehe Começando pela esquerda: Melina (chefa), Camilinha meu maior tesouro, Bru minha parceirona, eu sem noção, Vicks muito amada, Maíra linda e Mílvia querida e talentosa :)

Enfim, cheguei na Alemanha e 15 dias depois já tava indo pra Nuremberg. Foi surpresa delas, mas tinha tudo sido esquematizado com a MC, que também comprou uma passagem pra ir comigo! Não poderia ter sido melhor!

Pra relembrar, tá aí a foto! Adorei essa coisa de incorporar posts do Instagram no blog! Economiza um tempão de upload, que tenho a maóóóó preguiça do mundo!

  Nuremberg é uma cidade LINDA, típica cidadezinha européia, com arquitetura divina, castelo, muita história, muitos cafezinhos, barzinhos, igrejas maravilhosas… não tem como não se impressionar. É até sacanagem chamar Nuremberg de cidadeZINHA, pois é a quarta maior da Alemanha, com mais de meio milhão de habitantes. Claro que eu peguei essa informação na internet pra poder encher linguiça aqui no blog. Até parece que eu saberia isso de cabeça, mas finjam que sou super culta. Chegamos lá numa sexta-feira à noite, deixamos as coisas no hotel e fomos passear. Nos hospedamos no Ibis, que fica bem no centrinho, ao lado da Hauptbahnhof – estação de trem principal, onde descemos vindo de Stuttgart. O preço da diária foi uns 60 euros, o que super compensa. Os hostels aqui na Europa custam em torno de 20 a 30 euros por pessoa, a não ser aquelas espeluncas de DÉILÃO, que eu tô pulando, viu. Eu já moro numa espeluncazinha de segunda a sexta, então, quando viajo, quero ficar na melhor opção que couber no bolso. Se dividir o preço da diária do Ibis por 2, fica uns 30 e poucos euros, que é o que eu e MC geralmente pagamos e também o preço de um hostel melhorzinho. Eu super recomendo procurar um Ibis na cidade em que você for visitar, pelo menos a qualidade é padrão, né?  Nada 5 estrelas, mas a cama é sempre boa, o chuveiro é sempre bom e é sempre bem localizado! Porééém, se você for viajar sozinho ou tiver numa vibe de conhecer pessoas e badalar, nada como o bom e velho albergue! Nele você vai pagar menos pela estadia, vai fazer amizades do mundo inteiro e vai acabar participando dos programas que o próprio hostel realiza! Aí depende do seu ritmo e perfil :) Eu tô meio véia, então vou de Ibis mesmo! :P

FIRST CLASS! – Uma foto publicada por beatrizmorgado (@beatrizmorgado) em

Nessa noite, só demos uma volta no centrinho, que já estava com todas as lojinhas fechadas e paramos pra tomar uma cerveja das boas num barzinho chamado Katze. Foi muito bom! Voltamos pro hotel pra descansar e poder curtir melhor o sábado!

Tava beeeeem frio em Nuremberg, finalzinho de janeiro… jesus amado! Mas ainda assim tava tudo uma delícia pra passear! A igreja mais famosa da cidade, St. Lorenz, que foi totalmente destruída na segunda guerra e hoje em dia tá de pé, toda linda, fica bem no centrão, pertinho do nosso hotel, então passávamos por ela toda hora. Só visitamos a parte interior no domingo, pois ela tem horários específicos de funcionamento.

Não só a St. Lorenz, mas quase TODA a cidade foi massacrada durante a guerra e, grazadeus, a maioria das construções medievais foram reconstituídas e hoje parece que nunca foram tocadas. É uma coisa mágica! Admiro muito a recuperação da Alemanha, que perdeu 2 guerras e se reergueu de uma forma impressionante, sendo hoje uma das principais economias da Europa, onde tudo funciona direitinho! Juro que essa frase foi minha, nem peguei da internet, viu gente?

St. Lorenz Kirche

St. Lorenz Kirche

E Nuremberg ficou assim...

E Nuremberg ficou assim…

Um ponto obrigatório pra visitar em Nuremberg é o Memorium Nuremberg Trials (Tribunal de Justiça de Nuremberg), onde fica a Court 600, sala do tribunal onde foram julgados 22 líderes do partido nazista e condenados a crimes contra a humanidade. O julgamento durou mais de um ano e resultou em 12 condenações à morte, sendo que um dos condenados cometeu suicídio. Acho é pouco pelo tamanho do mal que fizeram às pessoas!

Nuremberg Trials

Nuremberg Trials

MC na porta do Tribunal

MC na porta do Tribunal

Nem sempre a Court 600 fica aberta para visitas, pois ela ainda é utilizada para julgamentos de crimes contra a humanidade e genocídios.

Nem sempre a Court 600 fica aberta para visitas, pois ela ainda é utilizada para julgamentos de crimes contra a humanidade e genocídios.

O tribunal foi escolhido pelos Aliados, logo depois da guerra, para ser um modelo internacional de sistema de justiça. Muito top! Por ter sido sede do julgamento dos principais crimes de guerra internacionais, Nuremberg ficou conhecida como um marco de justiça nessa história toda.

Fotos reais dos líderes nazistas executados.

Fotos reais dos líderes nazistas executados.

Foi emocionante a visita ao tribunal. Lá tem uma exposição bem grande que nos faz entender melhor tudo o que aconteceu por lá e porquê Nuremberg é tão citada quando o assunto é guerra. Como pode uma cidade tão linda, cheia de arquitetura medieval, castelos e belezas naturais ter sido sede de algo tão cruel?

O dia foi cheio de informações sobre a Segunda Guerra, inclusive várias que eu nunca tinha ouvido falar. Lembrei muito do meu pai, que é vidrado nesse assunto, ele iria pirar!

Saindo do Tribunal, fomos visitar o Dokumentationszentrum Reichsparteitagsgelände. Pois é, também levei um susto quando li essas palavrinhas básicas no nosso guia, mas, em inglês, elas significam Documentation Centre Nazi Party Rally Grounds, nada mais, nada menos, do que a sede do Partido Nazista! Quando Hitler assumiu o poder, o local foi construído para ser um complexo ENORME, uma arena maior do que o Coliseu, em Roma. Porém, a obra nunca foi terminada. Eu confesso que nunca tinha ouvido falar desse lugar e não tinha noção da grandeza dele…. é chocante! Tudo isso para os nazistas poderem demonstrar seu poder e seu tamanho para o povo alemão, que estava sofrendo de uma terrível lavagem cerebral, graças à falta de esperança e ao lixo que a economia do país se encontrava, onde muitas famílias passavam fome e sofriam com a crise pós-Primeira Guerra. Por isso, viram Hitler como a figura da esperança, sem nem imaginarem o que viria a seguir…

Em frente ao Documentation Centre

Em frente ao Documentation Centre

E essa patifaria aí da foto aconteceu aqui!

E essa patifaria aí da foto aconteceu aqui!

Olha o tamanho!

Olha o tamanho!

Hoje em dia, o tal do lugar construído para ser a sede do partido nazista é um museu gigantesco, super rico em informações sobre a guerra e a ascenção do nazismo. É tão grande, mas tão grande, que eu não tive condições de conseguir ver tudo. Pra ser sincera, não vi nem a metade! Uma hora fica até cansativo e você vai pulando aquelas partes da história que já viu em outros museus. Eu, por exemplo, pulei a parte do julgamento dos líderes nazistas porque tinha acabado de ver um repertório completo lá na exposição do Tribunal.

Também pulei muita coisa sobre os campos de concentração e da vida dos judeus nos Ghettos, pois o Museu do Holocausto em Washington DC, nos EUA, é um dos mais incríveis e completos sobre o assunto e eu visitei 100% dele com a Kainara quando estive lá. Inclusive, vários museus aqui na Alemanha exibem informações que foram tiradas dele. Fica a dica para as Au Pairs nos EUA (amo quando esse blog volta às suas raízes meio sem querer): VISITEM Washington DC, é uma cidade incrível e todos os museus são gratuitos, menos os privados, tipo Madame Tussauds. Os museus de arte e história que fazem parte do Smithsonian Institute são todos free e excelentes! O do Holocausto é, sem dúvida, o mais impressionante!

IMG_4622

O maior fdp da história

 

Como já disse, o Dokumentationszentrum é tão grande que fica difícil ver tudo. Uma das exibições que escolhi ver (não é permanente) foi uma de fotografia, bem no finalzinho, de crianças vivendo em campos de concentração. Totalmente chocante. Enfim, vale a visita ao tribunal e ao Documentantion Center, principalmente se gostar de história e se interessar pelo assunto. Em uma visita pela Alemanha, mesmo que por poucos dias, será impossível não entrar em contato com algo que relembre à guerra, infelizmente.

Homenagem aos judeus que foram para os campos de concentração na segunda guerra. É um trilho de trem tamanho real e cada plaquinha dessas carrega o nome da pessoa, o país de origem e o campo de concentração para onde foi levada

Homenagem aos judeus que foram para os campos de concentração na segunda guerra. É um trilho de trem tamanho real e cada plaquinha dessas carrega o nome da pessoa, o país de origem e o campo de concentração para onde foi levada

Agora, vamos falar de coisa feliz :)

Terminando nosso tour de museus, fomos passear na cidade, tiramos umas fotos em lugares bonitos e paramos pra jantar no Vapiano, um restaurante italiano muito bom que tem aqui, tudo fresh, feito na hora e baratex! Fiz até um  vídeo dele um dia, vou procurar nos meus arquivos pra postar! Vale a pena e tem na Alemanha inteirinha! Passeamos na cidade, passamos na H&M pra comprar um cachecol mais quentinho, porque tava mais frio do que imaginávamos!!!

Nuremberg at night :)

Nuremberg at night :)

 

Aí fomos procurar um barzinho pra curtir a noit e tomar uma cervejinha, mas todos que paramos estavam lotados! Depois de andar muito, fomos parar numa área muito bonitinha da cidade, com umas casinhas típicas alemãs, que pareciam de mentira!

As casinhas!

As casinhas!

Lá, encontramos um barzinho estilo taverna, bem rock and roll, só tocando músicas dos anos 80 e 90! MINHA CARA! :P Aí nos acomodamos lá mesmo, com nossas sacolas da H&M no pé e pronto… a ideia era tomar umas cervejinhas, mas a coisa foi longe :P Tomamos umas 3 caneconas de chopp cada uma, eu já fico mais pra lá do que pra cá, né. Aí passou uma promoter da Jagameister e deu shots de graça pra gente!!! Não sou muito fã de destilados, meu negócio é cerveja… mas de graça, né? Warum nicht? Por que não? SHOT!

Ainda comportadas!

Ainda comportadas!

 

Aí ficamos lá batendo papo… e lá vem a promoter de novo. Dessa vez, ela deu uma CÂMERA pra cada uma de nós, uma câmera de filme descartável!!! Devia ter umas mil poses, porque só lembro que tiramos foto pra caramba e nunca acabava!!! Também ganhamos outro shot grátis e um colar com um shot glass pendurado. TUDO NA FAIXA hahaha aí tomamos outro shot. E aí a noite se foi… sério! Só sei que sentamos na mesa com uns moleques de uns 18 anos lá, um que parecia o Thiago Leifert, sabe?! Aquele que apresenta o Globo Esporte, Esporte Espetacular…. sei lá qual… mas é do esporte! Ah, acho que ele apresenta ou apresentou o The Voice Brasil também!!! Então, aí mostramos pro menino que ele parecia esse cara famoso no Brasil, MC foi lá tirar foto com ele, hahaahahaha foi ridículo. Bêbado é uma bosta mesmo!

Os shots e as câmeras!

Os shots e as câmeras!

MC e Thiago Leifert

MC e Thiago Leifert

Saímos do bar e tava NEVANDO!!!!!!!!!! Coisa mais linda! Não sei de onde veio aquela neve toda, mas os carros tavam branquinhos! Pegamos um táxi e descemos no Ibis, porque naquele estado obviamente não saberíamos o caminho de volta pra casa, mesmo que eu quisesse voltar à pé pra economizar, hahahaha. E sei lá porquê, resolvemos FILMAR nossa situação mai locas que o Batman enquando esperávamos o táxi e, depois, MC fez um outro em frente ao hotel. Só sei que os dois vídeos são CENSURADOS, pois tem muito palavrão!!! Hahahaha! Por favor, não assistam perto dos seus pais, pois o que eles pensarão de mim? E pai e mãe, desculpem postar isso e fazer vocês passarem vergonha, eu juro que sou uma boa menina e não fico falando BOSTA por aí :D Foi só dessa vez!

HAHAHAHAHAHAHA eu não canso de assistir esses vídeos cara! AS SACOLAS DA H&M (que comprou a Ralph Lauren, segundo MC). Alguém me explica? E esse “TÁ nevandUUU seus bosta”? Essa música ficou na nossa cabeça por semanas e semanas! Todo dia que nevava, a gente cantava uma pra outra… tá nevanduuuu seus bostaaaa! Acho que é o recalque de passar frio bagarai aqui e ver o povo postando foto de shortinho e chinelo no Facebook!!! E A MC cantando música o Frozen embaixo da neve?! HAHAHAHAHA! E eu pulando que nem uma doida, querendo comer neve… e falando que nem uma LADY sqn: “vamo que vô mijá nas calça”. Que linguajar é esse! Chocada com o resultado desse Jagameister.

Depois de falar um monte de coisa da segunda guerra, quebrei totalmente o clima com essa chapadisse toda, né. Ah, vocês devem estar se perguntando da câmera… pois é, ela tá aqui em cima da minha mesa do quarto e até hoje as fotos não foram reveladas. Tô com medo!

No dia seguinte, a ressaca foi tanta que me senti uma adolescente! Acho que a última vez que bebi esse tanto foi com o Thominhas em Barcelona, em julho de 2013!!! Não sei quem ficou pior! Minhas amigas me chamam de “Bia auto-controle” porque eu não bebo muito, quando tô ficando meio alegre, eu paro. Eu JAMAIS boto uma gota de álcool na boca quando tô dirigindo. Quando eu era mais nova, fiz essas cagadas, mas agora que tô esperta levo isso super à sério. Pouquíssimas pessoas me viram bêbada nessa vida, pois meu negócio é tomar uma cervejinha em casa com meu pai, curtindo um som… ou um num pubzinho! Agora vocês estão conhecendo um lado raro de Beatriz! Aproveitem, pois não acontece com frequência e tende a diminuir cada vez mais, pois não desejo pra ninguém acordar atropleada por um caminhão e com gosto de cabo de guarda chuva na boca não!

Mesmo naquele estado, tomamos um belo café da manhã e fomos curtir o domingão, último dia em Nuremberg. Por ironia do destino, passamos o dia visitando as igrejas por dentro! Eu tava num estado tão deplorável que fiquei até com vergonha de pedir pra Deus um pouco de piedade e perdão por ter tomado aqueles shots de Jagameister (que nunca mais quero ver na frente), então não pedi nada e só agradeci por estar viva, hehehe! As igrejas principais e maravilhosas de lá são a St. Lorenz, que já comentei no comecinho do post, a St. Sebaldus e a Frauenkirche, que é a de Nossa Senhora. Na St. Sebaldus tava tendo missa quando fizemos a visita e eu postei até um videozinho no Instagram! Vocês viram? Se não, tá aqui:

Missa em alemão!   Um vídeo publicado por beatrizmorgado (@beatrizmorgado) em

Achei super interessante, apesar de não entender nada! É um lugar tão lindo, com uma energia bem forte. Eu amei! Eu e MC ficamos até emocionadas.

Frauenkirche

Frauenkirche

Uma senhorinha rezando! Muito fofa <3

Uma senhorinha rezando! Muito fofa <3

St. Lorenz

St. Lorenz

Eu e as costas da St. Sebaldus só pra vocês terem uma ideia do tamanho!

Eu e as costas da St. Sebaldus só pra vocês terem uma ideia do tamanho!

Depois das igrejas, fomos visitar o Kaiserburg, o castelo da cidade, que é uma gracinha! Ele é uma marca registrada da cidade, pois fica bem no alto e dá pra ter uma vista linda da cidade! Ele foi construído na Idade Média e foi ums dos mais importantes palácios imperiais da época. Nós visitamos as salas do imperador, todas decoradinhas com móveis, quadros e tapeçarias dos séculos XVI e XVII (dezesseis e dezessete, pra quem também tem dificuldade de ler números romanos como eu, hahahaha). Eu acho meio “mais do mesmo” essas coisas, só entramos porque era gratuito com o nosso Nuremberg card (já já falo dele)! Se não fosse por isso, não recomendaria…

Chegando no Kaiserburg

Chegando no Kaiserburg

 

A torre ali :)

A torre ali :)

O castelo é mais interessante por fora do que por dentro! Eu amo a arquitetura da Idade Média, então fico babando nesses castelos, torres, muros, pedras etc. Além da vista para a cidade, que é muito legal! Vale a visita até lá!

Por dentro do Kaiserburg

Por dentro do Kaiserburg

Saindo do Kaiserburg, fomos para o Museu do Brinquedo :D Parece bobo, mas foi o máximo!!! Resolvemos dar uma passadinha porque tava incluso (free admission) no nosso Nuremberg Card e era caminho para o hotel! Gente, que sensacional! 3 andares de brinquedos desde o século XVI! Bonecas, casas de boneca, carrinhos, cavalinhos, autoramas, miniaturas… as casas de boneca são o highlight! Eu fiquei um tempão observando os detalhes daquelas casinhas com tudo pequenininho e feito à mão séculos atrás. Eu tentei tirar várias fotos, mas infelizmente os vidros atrpalham um pouquinho e também não dá pra ter uma referência do tamanho das coisas, é tudo muito nanico e detalhadinho, vejam só:

Na foto, parece algo comum, não sei explicar! Ah, no último andar tem uma salinha de brinquedos cheia de jogos, mesinhas… tava cheia de pais brincando com filhos. E eu e MC resolvemos entrar na brincadeira: jogamos jogo da memória e desenhamos com lápis de cor, hahaha tem que viver intensamente, né? :)

Pais, filhos, MC e eu hahaha

Pais, filhos, MC e eu hahaha

Nossa última parada foi um café maravilhoso que tem na praça da Frauenkirche, memso lugar onde acontece o Christmas Market de Nuremberg, que é um dos mais famosos da Alemanha. Sentamos lá pra tomar um cafezinho, comer um bolo maravilhoso (e caro!!!) e assistir a neve cair lá fora. Também fiz um vídeo disso e coloquei no Instagram! Como o Vimeo tá meio lerdo pra subir os vídeos e quero colocar logo o post no ar, tá aqui o link dele… pena que só dá pra mostrar 15 segundos :(

Schnee! Snow! Neve! ❄️⛄️ Um vídeo publicado por beatrizmorgado (@beatrizmorgado) em

Ahhh, lá na praça da Frauenkirche é onde fica a Schöner Brunnen, uma fonte todinha dourada construída em 1385, que já foi restaurada vááárias vezes. Na segunda guerra mundial, ela foi cercada por uma parede de concreto e sobreviveu aos bombardeios completamente intacta!

Ela tem 19 metros de altura e é famosa por uma lenda que se você girar o anel de ouro 3 vezes, você terá muita sorte! Uma outra lenda da mesma fonte diz que alguém que está noivo deve girar o anel vezes a quantidade de filhos que quer ter! PENA que descobri essa segunda lenda só depois que já tinha girado o negócio 3 vezes… queria só dois filhos, gente!

Schöner Brunnen

Schöner Brunnen

Eu e meu 1 metro e meio de altura tentando girar o anel

Eu e meu 1 metro e meio de altura tentando girar o anel

DICAS:

– Nuremberg card: você compra no centro de informações turísticas, que fica na Königstrasse, praticamente em frente a Hauptbahnhof. Ele custa 25 euros e tem validade de 2 dias inteiros, perfeito pra uma weekend trip como a nossa! Ele tá dá acesso free a praticamente TODOS os museus da cidade, incluindo o Kaiserburg, Documentation Center e o Tribunal. E o melhor de tudo: com esse card, você pode andar A VONTADE de trem, ônibus e tram, que é tipo o bondinho. Ele é super útil, principalmente para ir ao Documentation Center, que fica meio longe do centro.

– Não deixe de comer a famosa Nuremberger BRATWURST! Até a MC que não come carne de porco a-mou! Tem em todo canto da cidade! Com certeza você vai passear na Königstrasse, que é onde fica a St. Lorenz, o centro de informações turísticas etc… lá tem vários restaurantes de Bratwurst. Por uns 7 euros você come bastante!

– Tenha sempre um mapa em mãos (geralmente os hotéis tem) pra você se localizar, fazer um roteiro bacana e não perder tempo “se achando”. Eu sempre faço círculos coloridos no mapa onde fica o hotel e onde ficam os principais pontos turísticos e lugares que quero conhecer. Todos os mapas de viagem que já peguei aqui na Europa vem com o mapa dos trens, metrôs e trams. Super útil :)

– Se beber, não faça vídeos.

– IMPORTANTE! Em uma cidadezinha ao lado de Nuremberg, fica o castelo da Faber Castell, que é um dos principais motivos pelo qual eu queria TANTO visitar essa cidade! Eu fiquei muito chateada de não ter feito a visita, pois descobri que ele só abre para visitação no terceiro domingo de cada mês e eu fui no quarto :( Minha tia já foi lá e disse que é maravilhoso! Ah, não precisa reservaar com antecedência. Mais informações, veja o site aqui.

E Nuremberg foi assim, gente :) Encantadora! Super recomendo a visita. Já viajei outras vezes aqui na Alemanha e, ainda assim, Nuremberg e Dresden são minhas cidades favoritas SO FAR! Dresden foi uma cidade que visitei em 2009 quando vim pra cá com meus pais e nunca mais esqueci. Tô planejando voltar pra lá soon, aí conto pra vocês!

Espero que tenham gostado do post e não tenham achado essa coisa toda de história entediante. Eu me interesso muito por esse assunto, então achei bacana contar pra vocês um pouquinho do que vi e aprendi!

Fiquem à vontade pra tirarem dúvidas comigo aqui no blog que eu tento responder o mais rápido possível.

Beijo e boa semana pra todos!

Comentários

Comentários

20 Comments

  1. Ana Caroline   •  

    Socorro Biaaaa!!! Morri de rir com vocês bêbadas!! Hahahahahahahahhah

    Achei muito fofa essa cidade, fiquei curiosa pra conhecer. Me encanto por essas coisas de história e é incrível imaginar que esse lugar já passou por TANTA coisa né??

    Beijoss!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Hahahahahahaviu só a que ponto o ser humano consegue chegar?
      Nao tá fácil pra ninguém :P

      Nuremberg é muito fofa mesmo! Nao deixe de vsitar se um dia vier pra Alemanha!
      Beijao!

  2. Gabriella Garcia   •  

    Bia que cidade linda!!!!

    Estudo arquitetura então já viu né, pirei nas fotos… hahaha

    Beijos :*

    • Beatriz Morgado   •     Author

      É linda demais mesmo, Gabi!
      Eu que nao estudo arquitetura já piro nessas coisas hahahah imagine voce!
      Um beijo!

  3. ISIS   •  

    HAHAHAHA RI ALTISSIMO com esse post e seus videos :p

    Que saudades eu tenho dessas noites de bebada com amics em bares na Europa haha e olha eu TBM sou assim quanto a bebida…no passado bebia pra kct e TBM tenho videos que rio ate hoje de memorias que o alcool me trouxe eu lembro vagamente hahahhaa mas hoje nao bebo mais assim, nem lembro da ultima vez que fiquei mais doida que o batman em final de festa open bar, hoje bebo sussa umas cervejas ou umas tequila sunrise…so que quando da o BRILHO ja paro, tomo agua e fica por ai mesmo haha

    Adorei a legenda: O maior fdp da história! E seu post me da aquela vontade de visitar Alemanha….quem sabe um dia….

    Bjs ;***

    • Beatriz Morgado   •     Author

      hahahahaha essa noite foi muito por acaso!
      Eu nunca fui de beber muito, mas quando voce é adolescente, acaba entrando na onda e passando do limite, né? hahahaha
      Bjo Isis :***

  4. Gislaine   •  

    Nossa show de bola o poste, ri paks…

    Amei a aula de historia, gosto como vc escreve fico imaginando os lugares e tal.

    Incríveis os museus, em Amsterdam tbm tem um cartão desse…pena que no dela não inclui todos os museus…

    Bjs, aguardando o próximo poste rsrsrs

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oiii Gi!
      Eu quase sempre compro esses cartoes da cidade se os lugares que escolhi visitar tiverem inclusos! Voce acaba conheendo coisas que nem imaginava, já que é \”de graca\” haha
      Beijos e aguarde que logo logo tem post novo :)
      Beijao!

  5. Carol Ramos   •  

    Oi Bia, to muito feliz que redescobri o blog essa semana, falo isso porque lá pra 2011 era leitora assídua, até divulguei pra alguma amigas. Mas depois que você voltou dos EUA achei que tinha parado de atualizar. Ai esses dias olhando meus favoritos achei o link do blog e vi que você tinha voltado a escrever !!!!!!!!!!! Tô lendo ainda os post da California agora não largo mais. Um grande abraço Bia porque agora tenho uns 20 posts pra ler (:

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oiiii Carol!
      Adoro quanto as laitoras das antigas reaparecem pro aqui! :) Que demais!
      Espero que voce goste dos posts!
      Beijao :***

  6. May   •  

    HAHAHAHAHAHAHAHA Bia, morri de rir com os vídeos, to com a musiquinha na cabeça tbm agora hauahu

    E que lugares lindos caraa, fiquei in love com as imagens, deve estar sendo maravilhoso aí né (tirando a neve) ahah

    Faltando 21 dias pro meu embarque meuuuu!

    Beijoo no core!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oiiii May!
      HAHAHA essa música gruda na cabeca mesmo, nao tem jeito! Eu só parei de cantar porque parou de nevar. Mas agora, quando chove, me pego \”cantando em silencio\”: tááá chovendUUU seus bosta hahahahahaha
      Tá td maravilhoso aqui e até de neve eu gosto, mas agora só no final do ano! A temperatura já subiu bastante :)

      Nossssa já?
      Falta pouco hein!
      Vai com tudo!!!

  7. Camila   •  

    Nossa, quanto tempo que não comento aqui!!

    Nuremberg é linda demais, né!! Fui no final do ano, pirei no mercado de Natal!! Ganhei uns 10 kg fácil nessa viagem.

    Bia, sabe o que eu queria te perguntar? Como ta sendo morar na Europa vs. ter morado nos EUA?

    Eu comentei aqui que ia me mudar pra Marburg e tal, mas deu TUDO errado. Faltam dois anos pra eu terminar meu curso eterno da facul e eu ia transferir pra terminar lá, mas mudaram o language requirement de Deutsch A2, que é o que eu tenho, pra C1 hahahhaha vê se pode. Quem sabe na próxima vida se eu nascer na Alemanha né, só assim :D

    Enfim, consegui transferir pra Portugal! Me mudo em agosto :) O bom é que vou ficar mais perto do namorado… mas estamos com a possibilidade de ir pros EUA de volta (onde nos conhecemos). E sinceramente não sei onde prefiro, porque ainda não moro na Europa pra comparar hahaha. Como ta sendo pra vc?

    Beijo!!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oii Camila! Nuremberg é demais mesmo e eu quero muito voltar pra conhecer o mercado de natal!
      Entao, todo mundo me faz essa pergunta e tenho parado muito pra pensar nisso… nesse fim de semana mesmo conversei com a família o Skype e tanto meu pai quanto meu tio perguntaram: E aí, EUA ou Alemanha?
      Eu to amando morar na Europa, mas também amei morar nos EUA. Mas de uma forma geral, pensando onde eu moraria pro resto da vida, depende muiiiiiiiiiito, mas muiiiito mesmo das circunstancias: onde trabalhar, onde onde morar, quanto ganhar. Eu só conheco a Alemanha como lugar para MORAR. O resto da Europa é bem diferente, nao dá pra generalizar.
      Há alguns dias, eu diria EUA pelo conforto, facilidade de ter uma casa confortável, salário bom em qualquer emprego, foi inclusive o que respondi pro meu pai. Mas agora, depois de uma conversa que tive com uma amiga que já tá aqui há 3 anos, escolheria Alemnha pela qualidade de vida. Nos EUA nao existe férias, na Alemanha tem até demais haha nos EUA é td mundo muito workaholic, entao se voce for trabalhar em uma empresa, ta ferrado… mas se for freelance ou algo do tipo, EUA é ok. Na Alemanha é td mais flexível, mas tb tem o problema da língua… pra mim tá sendo uma grande issue. É complicado nao conseguir se comunicar bem na lingua nativa do país, sofremos um certo preconceito. Já nos EUA, chegou uma hora que eu já me senti “em casa”. Acho que quando eu mudar pra Inglaterra, já vou sentir essa diferenca.
      A cultura das pessoas aqui na Alemanha é extremamente diferente e acho que nos EUA é bem mais parecida. Mas Portugal, Itália e Espanha, mais ainda. Por isso é complicado falar de Europa tendo vivido só na Alemanha.
      Depois de 3 meses aqui, minha conclusao é:
      Escolheria Alemanha se ganhasse bem e pudesse morar numa casa confortável, porque só experimentei morar mal aqui, só espelunca, lugar velho, carésimo… nao to nem falando de casona, mas algo bonitinho e aceitável! Tb escolheia Alemanha se conseguisse falar alemao direito, pq isso complica mto minha vida, principalmente com coisa relacioanda à saúde. Tive mta dificuldade de achar um médico e um dentista que falassem ingles quando precisei. A maioria fala, mas vc liga no consultório pra marcaar a consulta e a secretária nao fala um A.
      Escolheria os EUA se pudesse ter um trabalho mais flexível, com direito a férias e se eu morasse em um estado bacana, pois eu vejo os EUA como um continente e cada estado como um país! Nada daqueles estados frios pra dedéu, tipo Minnesota ou Wisconsin! Apesaer de eu amar frio, lá é frio DEMAIS, mais uqe a Alemanha haha
      Espero ter ajudado de alguma forma. Acho que voce vai amar Portugual 
      Beijos e bo sorte!

  8. Fernanda   •  

    apenas chorando de rir com os videos de vocês :’D uhiahuaihoiahuaihauihau

    nossa, fiquei muito curiosa pra conhecer esses museus que vc comentou, esse assunto das guerras mega me interessa!

    nuremberg (e a alemanha no geral) parece ser um lugar muito bonito! super queria conhecer, mas sempre fico meio com o pé atrás de ir pra algum lugar que não entendo o idioma (sempre acho que vão me enrolar, mas acho que é mania de brasileira desconfiada/ressabiada hahuiaha). fiz uma aula experimental de alemão uma vez, acho que fiquei metade da aula sem entender bosta nenhuma, ficava apenas repetindo tudo que o colega do lado falava HUIAOHIAUHAUIHAIU sorte que era um senhorzinho mega simpático que me explicou melhor depois as coisas, ele falava alemão super bem :) geralmente tenho rpoblemas pra falar números em outro idioma, mas em alemão é de outro mundo!!!!!! pra falar um simples 22 é uma palavra de 5km!!!!!!!!!!!! *exagerada* HOAIUHAIUHAUI enfim, espero que vc esteja indo way better than me no alemão, bia :D

    ia comentar mais coisas, mas dai comecei a falar outra coisa e esqueci, dã

    beijos bia :*

    adoro o blog!!!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oiii Fernanda!
      Que nome lindo, nome da minha irma!
      Super recomendo conhecer Nuremberg, é uma cidade linda mesmo e cheia de história! Aliás, qualquer lugar da Alemanha que voce passa, acaba descobrindo algo interessante. Esse país é demais!
      A língua é realmente um desagio, mas nao precisa ficar com pé atrás! Estou no meu quarto mes de sobrevivencia e tá tudo dando certo hahahaha
      Eu tb tenho problemas com numerous, sabia? Até 100, ok… mas passou de 100 eu já me confundo toda!!!!
      Beijosss e ve se volta aqui pra comentar quando lembrar do que ia falar :P

  9. Cyndi Rodrigues   •  

    Biiiiiia olha a Cyndi maluquinha ( do insta ) por aqui.. Apareci só pra constar que li o blog tooooodinho essa semana E que não pretendo te abandonar mais! Meu boyfriend está no exército brasileiro (inclusive na escola de cadetes em Campinas) e quando vi que você acabou noivando com o seu ingles soldado achei muuuito legal! Estarei sempre por aqui, acostume-se! Beeeeijão <3

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oiii Cyndi! Seja bem-vinda! Agora vou precisar postar mais pra nao te deixar na mao, né? Hahahaha!
      Pode voltar sempre! :)
      Beijaoooooo!

  10. Jayne   •  

    Biiia! Nenhuma postagem em abril poxa! Estou com saudade de saber das suas aventuras rs Bjs!

    • Beatriz Morgado   •     Author

      Oi Jayne!
      Tenho um post pronto há mais de 1 mes, só nao consigo sentar pra revisar e colocar as fotos e vídeos que eu quero!!!
      Abril foi um mes tenso, trabalhando horas extras que nem louca… nao tá fácil, viu! Mas agora o ritmo deve melhorar e coloco os posts em dia!
      Beijao e obrigada por aparecer por aqui :)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *