Diferenças entre o inglês americano e o britânico

Oi pessoal!

Já faz tempo que estou querendo escrever um post sobre isso, mas nunca sai do papel!

Como vocês sabem, fui Au Pair nos Estados Unidos por um tempão e, por isso, aprendi inglês americano, com sotaque americano, tudo americano. No Brasil, nos pouquíssimos meses de Wizard que fiz na vida, também aprendi inglês americano e por aí vai. Aí, arrumei um bofe britânico, casei com o gato e me mudei pro Reino Unido. Já faz 1 ano e meio que moro na Inglaterra e ainda fico impressionada com o tanto de coisas que aprendo em relação à língua!

Inocente que sou, pensava que a diferença entre os dois “ingleses” era só o sotaque chique e a pronúncia de algumas palavras, mas não é, minha gente! Não se iludam com essa bobagem! É um novo dialeto, uma nova cultura, uma nova vida… e muito bullying sofrido se você chega aqui com sua ginga pseudo-californiana perguntando onde tem uma trash can pra você jogar fora sua can of soda!

Eu trabalho com marketing, então comunicação é fundamental pra minha carreira. Nunca pensei que eu chegaria tão longe sendo estrangeira, mas as coisas foram dando certo com muito suor na testa e calos nas mãos (mentira, só stress mesmo) e não posso reclamar das minhas conquistas. As pessoas sempre me falam que meu inglês é super bom, que isso, que aquilo, mas como dependo de falar e escrever bem para progredir profissionalmente, me cobro muito e sempre quero melhorar.

Quando me mudei pra cá, fiquei super insegura e com medo de não entender o sotaque da galera, de fazer papel de troxa na frente do chefe, de falar alguma palavra errada em apresentações importantes, de não conseguir me expressar, de ser motivo de piada e tudo mais. Eu estava certa de ter esses medos, porque tudo isso já aconteceu comigo, mas e daí?

Me agarrei às pessoas que me admiram por conseguir apresentar coisas técnicas e complexas na minha segunda língua, mesmo com alguns deslizes e me concentrei em aprender cada vez mais. Meus colegas mais próximos sempre me corrigem, meu marido sempre me corrige e eu procuro prestar atenção em tudo que falo errado. Eu procuro só ler livros em inglês e assisto seriados com legendas em inglês para aprender também como se soletram as palavras… e acho que tem ajudado bastante.

MAS o principal desafio é “separar” o inglês americano do inglês britânico! Como nunca mais usei o inglês americano e aqui só falo com britânicos, meu sotaque é meio misturado. Para brasileiros que me ouvem falar, eu “tô super British”, mas para os britânicos, eu sou “super American”! Sofro mó bullying por utilizar palavras americanas e ter um sotaque meio caipira, então resolvi fazer uma listinha de algumas palavras, expressões e dicas que aprendi aqui! Se tiverem mais ideias para adicionarem na lista, só deixar aí nos comentários que eu atualizo a lista.

PRONÚNCIA DE CIDADES/CONDADOS

Além do sotaque sensual do Jude Law, tem algumas coisas importantes sobre o sotaque britânico que você PRECISA aprender.E Eu não tô falando aprender para ficar parecendo brtiânico, mas porque aqui é simplesmente o “jeito certo de falar”.

Se quando pedir água/water, você pedir UÓRER em vez de UÓTAH, ok, todo mundo vai te entender. Se falar BÓROU em vez de BÓTOU, todo mundo vai te endenr… o problema é:

Leicester! Bicester! Worcester! Gloucester!

Edinburgh! Oxfordshire! Worcestershire! Plymouth! Thames!

Me digam… como vocês falariam essas palavras? Eu adivinho:

LAICÉSTER? BICÉSTER? WORCÉSTER? GLAUCÉSTER?

EDIMBURG? OXFORDCHAIRE? PLAIMAUF? THÂMES?

Pois é, negada.  Tudo errado. Se vocês falarem que nesse fim de semana vão me visitar aqui em BICÉSTER, OXFORDCHAIRE, ninguém vai entender ou vão dar uma risadinha básica. Digo por experiência própria :)

O certo é:

  • Leicester = LÉSTA
  • Bicester – BÍSTA
  • Worcester – WÓSTA
  • Gloucester – GLÁUSTA
  • Edinburgh – EDIMBRA
  • Oxfordshire – ÓXFORDSHA
  • Worcestershire (eleita a palavra mais difícil do ingles britânico): WÓSTASHA
  • Plymouth – PLÍMAF (ou com o sonzinho do TH da língua presa em vez do F)
  • Thames – TSÊM (esquece o TH da língua presa nesse caso, porque é com o T seco mesmo, como se seguido por um S)

E a regra segue! Então, se você estiver em Londres passeando pelo Leicester Square, já não vai pagar o mico e falar pra sua amiga: “vamos dar um rolé na LAICESTER SCUÉR”, mas sim na “LESTA SCUÉ”. Arrasou!

JEITO DIFERENTE DE ESCREVER

Algumas palavras significam a mesma coisa no inglês americano e outras no britânico, mas o spelling é diferente! Eu sempre fico em dúvida quando vou escrever e-mails e tudo mais, então fica aqui algumas dicas de palavras usadas com bastante frequencia! Nesse caso, não é ERRADO escrever do jeito americano, mas se você tiver falando com algum British ou fazendo uma apresentação para um público britânico, é legal prestar anteção nessas coisas :)

Palavras terminadas em TER/TRE:

Essas são bem comuns! VOcês vão constantemente ver em placas na rua coisas do tipo “Town Centre” ou no posto de gasolina o preço por “litre@. Ah, aqui você vai sempre ao “theaTRE”, nunca ao “theaTER”. Fica a dica ;)

Plavras terminadas em OR/OUR:

Exemplos:

Palavras terminadas em IZE/ISE ou YSE/YZE:

Essa pra mim é a mais difícil de lembrar! Exemplos:

Palavras teminadas com VOGAL + L no passado:

Meu exemplo favorito ;) :) :)

Outros exemplo: fuel – fuelled – fueled!

Palavras soletradas com vogais duplas:

São palavras que raramente usamos, mas vale guardar a dica :)

Palavras terminads em SE/CE:

Essa tô sofrendo muito agora, pois estou tirando minha driver’s LICENCE e toda vez escrevo LICENSE. Força do hábito! Again, não tá errado, mas quando estou mandando emails para o pessoal do trabalho e meu british boss, prefiro mostrar que tô sabendo das coisas… às vezes ele nem sabe que nos EUA escrevem diferente e vai achar que meu inglês que é zuado :P

E por aí vai… se quiserem ver uma lista bem grande de exemplos, vale a pena olhar essa LISTA AQUI.

Agora, o mais interessante, palavras que significam coisas totalmente diferentes no Reino Unido e nos Estados Unidos ou que são usadas com menos frequência por aqui.

PALAVRAS COM SIGNIFICADOS DIFERENTES

Separei por categoria pra ficar mais fácil ;) Se tiver algo para acrescentar ou tiverem dúvidas, me avisem que eu tento esclarecer!

Comida:

Pela rua:

Outros:

Mais alguns itens pra lista que acho bem diferente:

  • Aqui não se fala “bacharolette party” ou “bachelor party”, falam “hen do” e “stag do”!
  • Raramente ouço dizer “farewell party”, mas sim “leaving do” para despedidas!
  • Para CEP, em vez de pedirem seu “zip code”, os britânicos dizem “post code”.
  • Quando você vai checar sua caixa de correio, você chega sua “post box”, não sua “mail box” como nos EUA!
  • Quando você atravessa a rua no Reino Unido, você atravessa numa “zebra crossing”, não na “crosswalk”

E é isso que lembro até agora, pessoal! Espero que tenham gostado das dicas. Não deixem de compartilhar com seus amigos!

Beijos e até a próxima!

Bia

4 dias de férias e um tempinho pra escrever!

Oi gente, tudo bem? Faz teeeempo que não dou as caras por aqui, mas acho que vocês já estão até acostumados com meus sumiços e reaparições inesperadas :)

O último post deu no que falar. Fiquei impressionada com a quantidade de pessoas que me contataram compartilhando suas histórias, o que me fez perceber que eu não tô sozinha no mundo com a tal “síndrome da barriga cheia”! É realmente muito mais comum do que eu pensava… e ó, só de compartilhar tudo aquilo com vocês, já me fez me sentir bem melhor e começar a encarar a vida de outra forma. Claro que tive algumas recaídas, vários altos e baixos, mas naquele fundo do poço eu não chego mais! ;)

Fui para o Brasil no final do ano e passei Natal e Ano Novo com a família. Foi muito bom para recarregar as energias, abraçar todo mundo, comer comida boa e pegar um pouco de sol, porque a coisa tá feia nessa Inglaterra fria e cinza, viu? Mas também foi bem difícil voltar… na primeira semana do ano, de volta ao trabalho, fiquei muito deprê, só chorando e reclamando da vida… mas foi uma fase e logo passou!

Esse ano começou bem apertado e com muito tédio, pra falar a verdade. Além do inverno cinza, das chuvas que nunca param e de muito trabalho, eu e o Thomas estamos em uma contenção de gastos ENORME. Temos passado todos os fins de semana em casa, evitando gastar dinheiro e economizando no que dá! Nossa vida nesses últimos 3 meses se resume a caminhadas no parque, caçar Pokémon na cidade, assistir Homeland no Netflix e cozinhar.

Temos que pagar a última dívida da casa que compramos nesse mês de março, então cada centavo conta! Eu sou muito inquieta, então tem sido muito difícil ficar sem fazer nada, ainda mais porque durante a semana eu fico sozinha, só trabalho e dirijo, então de fim de semana ficar em frente a TV, sem socializar, sem ver gente, sem ver amigos, sem ver família, sem fazer nada, é um martírio pra mim. Eu não tenho ninguém aqui ainda, então não dá pra simplesmente “reunir os amigos” e jogar banco imobiliário, então toda saidinha de casa gasta dinheiro! É cinema, é jantar fora, é comprar uma coisa aqui e outra ali, é gasolina, é estacionamento, é tu-do. Então preferimos ficar aqui no nosso cantinho até as contas ficarem em ordem!

É temporário, ainda bem! Mês que vem tudo já estará quitado e poderemos dar uma agitada na vida novamente e gastar nosso suado salário com entretenimento, não somente com contas e mais contas! Como é difícil virar adulto, gente!

Tenho várias novidades pra contar :)

Estou contando os segundos pra chegar o mês de abril, não só porque o regime gastos-zero vai terminar, mas porque meus pais virão me visitar aqui na Inglaterra e tenho altas coisas planejadas! Minha mãe já veio uma vez para o meu casamento mais ficou pouquinho. Dessa vez, vai ficar UM MÊS INTEIRINHO aqui comigo!!! Eeeeee!!! Meu pai virá pela primeira vez, o que é ainda mais legal, pois tenho cer-te-za que ele vai amar esse país! Imagina meu pai nos pubs? Ele vai pirá! Tô animadíssima e já com o roteiro pronto.

No primeiro fim de semana, vamos a um jogo de Rugby com uns amigos meus da Bosch e com o Thomas! Vai ser demais! Eu nunca fui em um e é uma coisa super britânica. Meu pai ama esportes, então não tenho dúvidas que ele vai amar. Na semana seguinte, vamos para Dublin, na Irlanda, passar 4 dias. Eu nunca fui pra Irlanda, então também estou bem ansiosa pra conhecer. Paguei 30 libras no vôo :O Muito barato!!! Ryanair é tudibão.

Depois de lá, vamos para Manchester, pois o Thomas vai assistir Manchester United & Chelsea com meu pai (ele só conseguiu 2 ingressos, então eu e mamis vamos passear na cidade durante o dia). Depois, vamos para Liverpool e talvez para o Lake District. Aí ficaremos aqui em casa uns dias, onde visitaremos Oxford e o Blenheim Palace e depois faremos o passeio turístico básico em Londres (que não aguento mais, pra falar a verdade hahahaha). Se der tempo, visitaremos o castelo de Windsor. Aí meu pai vai embora, porque tem que trabalhar :( Ah, e eu também volto pro trabalho… mas minha mãe ficará aqui mais 1 semana. Aíííí vai ter um feriadinho em Maio e comprei uma viagem SURPRESA pra ela, pra mim e pro Thomas. Eles não sabem o destino ainda e também não vou contar pra vocês… hehehe vai ser muito legal.

Enfim, já posso prever que abril será o melhor mês do ano e compensará todo esse tédio de janeiro, fevereiro e março. Várias viagenzinhas programadas e ainda com a companhia de papai e mamãe. Não preciso mais de nada, né? :)

E a outra novidade é bombástica, gente… quem me acompanha nos Instagram da vida, já deve saber: saí da Bosch! Pois é, segunda-feira, dia 27, foi meu último dia nessa empresa mara que trabalhei por 3 anos e meio. Estou com coração apertadíssimo, pois a Bosch abriu mil portas pra minha carreira e além do mais, me trouxe grandes amizades e muito aprendizado.

Infelizmente, o escritório aqui da Inglaterra fica meio longe de casa e eu estava gastando muito tempo, energia e dinheiro no trânsito todos os dias. Não só por isso, mas eu já não estava muito contente com algumas mudanças no departamento e também acho que essa distância está prejudicando minha adaptação aqui no UK. Eu praticamente não tenho nadica de tempo livre para ter uma vida social, conhecer pessoas, ir num happy hour, fazer amizades e tal. Eu ADORO o pessoal do escritório, mas nem com eles eu consigo socializar fora do horário de trabalho, porque todo mundo mora longe. E eu preciso de amizades, preciso construir uma vida de verdade aqui… e desse jeito não dá.

De fim de semana eu tava sempre estressada, cansada e me sentindo super sozinha. É difícil depender só do Thomas, eu sempre tive grandes grupos de amigos, uma vida agitada e tudo mais… e sinto falta disso. Então, recebi uma proposta muito boa de uma empresa bem mais perto de casa e decidi aceitar. Estou super feliz com a minha decisão, ainda com medo dessa grande mudança, não sei exatamente o que esperar… mas espero que tudo seja positivo! Recebi muito apoio do Thomas, da minha família e de amigos que sabem que a decisão não foi fácil.

Vou trabalhar na Nielsen, é uma multinacional de pesquisa de mercado com escritório em Oxford. Eu conheço bem o trabalho deles da época que trabalhei na Natura e utilizava seus dados para estratégias de marketing. Será um grande desafio, pois é um pouco diferente do que eu faço hoje como Brand Manager… mas com certeza aprender um monte de coisas novas! Torçam por mim!

Começo na Nielsen dia 6 de março, segunda-feira que vem. Essa semana estou “de férias”, pois segunda-feira foi meu último dia de Bosch, por isso resolvi dar as caras aqui no blog. Nem sempre tenho todo esse tempo de luxo livre! :)

Estou no processo pra mudar meu nome para o de casada, renovar meu passaporte brasileiro e tirar carta de motorista britânica (com direito a aulas de direção e tudo mais). Sinto que preciso arrumar tempo para escrever posts sobre isso, pois vai ajudar muita gente… mas tá difícil!

AHHHHHHH UMA NOVIDADE IMPORTANTE!!!

Eu criei um outro blog e transferi todo o conteúdo do Au Pair nos EUA pra lá, pois num futuro breve pretendo “abandonar” o domínio de Au Pair, pois faz tempo que fui Au Pair, e ficar só com o outro, contando sobre a minha vida morando fora do país. O nome do novo blog é VIDA ESTRANGEIRAvidaestrangeira.com e todos os posts que eu publicar aqui, estarão lá também… até eu migrar de vez.

Ainda estou trabalhando no layout, mas fiquem a vontade para comentarem aqui ou lá, eu respondo e verifico todas as mensagens nos dois :)

Espero que gostem!

Beijos e até a próxima!
Bia