Diferenças entre o inglês americano e o britânico

Oi pessoal!

Já faz tempo que estou querendo escrever um post sobre isso, mas nunca sai do papel!

Como vocês sabem, fui Au Pair nos Estados Unidos por um tempão e, por isso, aprendi inglês americano, com sotaque americano, tudo americano. No Brasil, nos pouquíssimos meses de Wizard que fiz na vida, também aprendi inglês americano e por aí vai. Aí, arrumei um bofe britânico, casei com o gato e me mudei pro Reino Unido. Já faz 1 ano e meio que moro na Inglaterra e ainda fico impressionada com o tanto de coisas que aprendo em relação à língua!

Inocente que sou, pensava que a diferença entre os dois “ingleses” era só o sotaque chique e a pronúncia de algumas palavras, mas não é, minha gente! Não se iludam com essa bobagem! É um novo dialeto, uma nova cultura, uma nova vida… e muito bullying sofrido se você chega aqui com sua ginga pseudo-californiana perguntando onde tem uma trash can pra você jogar fora sua can of soda!

Eu trabalho com marketing, então comunicação é fundamental pra minha carreira. Nunca pensei que eu chegaria tão longe sendo estrangeira, mas as coisas foram dando certo com muito suor na testa e calos nas mãos (mentira, só stress mesmo) e não posso reclamar das minhas conquistas. As pessoas sempre me falam que meu inglês é super bom, que isso, que aquilo, mas como dependo de falar e escrever bem para progredir profissionalmente, me cobro muito e sempre quero melhorar.

Quando me mudei pra cá, fiquei super insegura e com medo de não entender o sotaque da galera, de fazer papel de troxa na frente do chefe, de falar alguma palavra errada em apresentações importantes, de não conseguir me expressar, de ser motivo de piada e tudo mais. Eu estava certa de ter esses medos, porque tudo isso já aconteceu comigo, mas e daí?

Me agarrei às pessoas que me admiram por conseguir apresentar coisas técnicas e complexas na minha segunda língua, mesmo com alguns deslizes e me concentrei em aprender cada vez mais. Meus colegas mais próximos sempre me corrigem, meu marido sempre me corrige e eu procuro prestar atenção em tudo que falo errado. Eu procuro só ler livros em inglês e assisto seriados com legendas em inglês para aprender também como se soletram as palavras… e acho que tem ajudado bastante.

MAS o principal desafio é “separar” o inglês americano do inglês britânico! Como nunca mais usei o inglês americano e aqui só falo com britânicos, meu sotaque é meio misturado. Para brasileiros que me ouvem falar, eu “tô super British”, mas para os britânicos, eu sou “super American”! Sofro mó bullying por utilizar palavras americanas e ter um sotaque meio caipira, então resolvi fazer uma listinha de algumas palavras, expressões e dicas que aprendi aqui! Se tiverem mais ideias para adicionarem na lista, só deixar aí nos comentários que eu atualizo a lista.

PRONÚNCIA DE CIDADES/CONDADOS

Além do sotaque sensual do Jude Law, tem algumas coisas importantes sobre o sotaque britânico que você PRECISA aprender.E Eu não tô falando aprender para ficar parecendo brtiânico, mas porque aqui é simplesmente o “jeito certo de falar”.

Se quando pedir água/water, você pedir UÓRER em vez de UÓTAH, ok, todo mundo vai te entender. Se falar BÓROU em vez de BÓTOU, todo mundo vai te endenr… o problema é:

Leicester! Bicester! Worcester! Gloucester!

Edinburgh! Oxfordshire! Worcestershire! Plymouth! Thames!

Me digam… como vocês falariam essas palavras? Eu adivinho:

LAICÉSTER? BICÉSTER? WORCÉSTER? GLAUCÉSTER?

EDIMBURG? OXFORDCHAIRE? PLAIMAUF? THÂMES?

Pois é, negada.  Tudo errado. Se vocês falarem que nesse fim de semana vão me visitar aqui em BICÉSTER, OXFORDCHAIRE, ninguém vai entender ou vão dar uma risadinha básica. Digo por experiência própria :)

O certo é:

  • Leicester = LÉSTA
  • Bicester – BÍSTA
  • Worcester – WÓSTA
  • Gloucester – GLÁUSTA
  • Edinburgh – EDIMBRA
  • Oxfordshire – ÓXFORDSHA
  • Worcestershire (eleita a palavra mais difícil do ingles britânico): WÓSTASHA
  • Plymouth – PLÍMAF (ou com o sonzinho do TH da língua presa em vez do F)
  • Thames – TSÊM (esquece o TH da língua presa nesse caso, porque é com o T seco mesmo, como se seguido por um S)

E a regra segue! Então, se você estiver em Londres passeando pelo Leicester Square, já não vai pagar o mico e falar pra sua amiga: “vamos dar um rolé na LAICESTER SCUÉR”, mas sim na “LESTA SCUÉ”. Arrasou!

JEITO DIFERENTE DE ESCREVER

Algumas palavras significam a mesma coisa no inglês americano e outras no britânico, mas o spelling é diferente! Eu sempre fico em dúvida quando vou escrever e-mails e tudo mais, então fica aqui algumas dicas de palavras usadas com bastante frequencia! Nesse caso, não é ERRADO escrever do jeito americano, mas se você tiver falando com algum British ou fazendo uma apresentação para um público britânico, é legal prestar anteção nessas coisas :)

Palavras terminadas em TER/TRE:

Essas são bem comuns! VOcês vão constantemente ver em placas na rua coisas do tipo “Town Centre” ou no posto de gasolina o preço por “litre@. Ah, aqui você vai sempre ao “theaTRE”, nunca ao “theaTER”. Fica a dica ;)

Plavras terminadas em OR/OUR:

Exemplos:

Palavras terminadas em IZE/ISE ou YSE/YZE:

Essa pra mim é a mais difícil de lembrar! Exemplos:

Palavras teminadas com VOGAL + L no passado:

Meu exemplo favorito ;) :) :)

Outros exemplo: fuel – fuelled – fueled!

Palavras soletradas com vogais duplas:

São palavras que raramente usamos, mas vale guardar a dica :)

Palavras terminads em SE/CE:

Essa tô sofrendo muito agora, pois estou tirando minha driver’s LICENCE e toda vez escrevo LICENSE. Força do hábito! Again, não tá errado, mas quando estou mandando emails para o pessoal do trabalho e meu british boss, prefiro mostrar que tô sabendo das coisas… às vezes ele nem sabe que nos EUA escrevem diferente e vai achar que meu inglês que é zuado :P

E por aí vai… se quiserem ver uma lista bem grande de exemplos, vale a pena olhar essa LISTA AQUI.

Agora, o mais interessante, palavras que significam coisas totalmente diferentes no Reino Unido e nos Estados Unidos ou que são usadas com menos frequência por aqui.

PALAVRAS COM SIGNIFICADOS DIFERENTES

Separei por categoria pra ficar mais fácil ;) Se tiver algo para acrescentar ou tiverem dúvidas, me avisem que eu tento esclarecer!

Comida:

Pela rua:

Outros:

Mais alguns itens pra lista que acho bem diferente:

  • Aqui não se fala “bacharolette party” ou “bachelor party”, falam “hen do” e “stag do”!
  • Raramente ouço dizer “farewell party”, mas sim “leaving do” para despedidas!
  • Para CEP, em vez de pedirem seu “zip code”, os britânicos dizem “post code”.
  • Quando você vai checar sua caixa de correio, você chega sua “post box”, não sua “mail box” como nos EUA!
  • Quando você atravessa a rua no Reino Unido, você atravessa numa “zebra crossing”, não na “crosswalk”

E é isso que lembro até agora, pessoal! Espero que tenham gostado das dicas. Não deixem de compartilhar com seus amigos!

Beijos e até a próxima!

Bia

Comentários

Comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *